terça-feira, 18 de maio de 2010

FILME: Cinto de Segurança

video

OPINIÃO: HUMANO FERIDO

Francisco Dias Filho
Educador, Comunicador e Pós-Graduado em Gestão e Planejamento Estratégico

Qual é a blindagem que te protege? Pois na execução das nossas tarefas, sempre encontramos inimigos. E, conforme seja a sua blindagem, ele pode te ferir ou, até mesmo, te abater. Sugiro a dos Efésios: Tomai a armadura de Deus, para que possais resistir nos dias maus e manter-vos inabaláveis no cumprimento do vosso dever. Efésios 6, 13. Agora, tenha calma... Só ela não basta. Pois, para seguir em frente e vencer, devemos fazer uso do “poder do discernimento”. Ele nos ajuda a se defender e fazer escolhas.

A dor e amargura em nós, provocados pelo o ódio dos nossos inimigos, nos faz ver a miséria humana. Amigo (a), só hoje, percebo quanto as palavras dos Efésios me fazem sentido, espero que sirvam também para você. Pois, infelizmente, não sabemos quando vem o dia mau e nem onde estão as ciladas dos maquiavélicos. Não tenha dúvida, o dia mau vem e o inimigo prepara armadilhas contra você todos os dias. Bem, com a armadura de Deus, nos protegemos dos ataques surpresa.

Já, com o “poder do discernimento”, podemos reconhecer os nossos inimigos, e antecipar às suas maldades. Para tanto, pare, silencie e pense no que fará. Ouça a voz que vem de dentro. Assim também, faça suas escolhas, pois uma escolha inserta pode ser suicídio. Pior do que seus inimigos é você ser inimigo de si mesmo. Digo isso, para você que é meu amigo (a).

Porém, aos meus inimigos, faço uso do dito latino, utilizado para falar dos seres irracionais, “Similis cum Similibus”, semelhantes com seus semelhantes. E, rezo esta bela oração indiana: “Que todos os seres que têm vida fiquem livres de dores!”.