domingo, 31 de maio de 2015

Festa do Pau da Bandeira reúne multidão em Barbalha e abre os festejos juninos do Ceará

O cortejo do Pau da Bandeira reuniu, nesse domingo (31), mais de 200 mil pessoas na abertura dos festejos de Santo Antônio, padroeiro de Barbalha. Além da grande multidão de anônimos, a festa atraiu políticos e lideranças para o evento que já faz parte do calendário de comemorações do Nordeste.

No ponto alto da festa, o governador Camilo Santana, filho político de Barbalha, foi carregado em cima do mastro que mede 23 metros e pesa quase 3 toneladas. Acompanhando o governador, o secretário de Cultura do Estado, Guilherme Sampaio, aproveitou para anunciar a abertura dos festejos juninos do Ceará.

Entre os políticos presentes ao evento, o senador Eunício Oliveira, adversário de Camilo nas últimas eleições, fez duras criticas ao governo. Eunício voltou a apontar o que foi prometido e, segundo ele, hoje está provado que era mentira. O senador destacou as promessas da refinaria, cinturão das águas e o metrô de Fortaleza.

Após o cortejo do Pau da bandeira os visitantes assistiram a vários shows artísticos em palcos espalhados pelo centro da cidade. A festa de Santo Antônio prossegue até o dia 13 deste mês de junho.


A nota triste da festa foi a morte de um dos carregadores do Pau da Bandeira. Cícero Ricardo, de 35 anos, era um dos coordenadores e já participava do carregamento há 15 anos. Ele teve a cabeça esmagada pelo mastro, durante uma queda descoordenada.

Cícero Ricardo foi socorrido ao Hospital Santo Antônio, mas já chegou sem vida. Cícero era conhecido como Careca e trabalhava como atendente na portaria da emergência do Hospital São Vicente de Paulo, em Barbalha.

(Fotos: Site Miséria).

sexta-feira, 29 de maio de 2015

Barbalha: 300 mil pessoas esperadas para a Festa do Pau da Bandeira

A cidade de Barbalha se prepara para mais uma edição da Festa de Santo Antônio, padroeiro do Município. Para a abertura, nesse domingo (31), a organização da Festa do Pau da Bandeira espera cerca de 300 mil visitantes, vindos de várias cidades do Nordeste e outras regiões do País.

Segundo informações da Prefeitura, através da Secretaria de Cultura, foi investido cerca de R$ 700 mil. Desse valor, R$ 250 mil é a contrapartida do Governo do Estado. As principais ruas e avenidas da cidade, com foco no chamado Corredor Cultural, já receberam ornamentação. O corredor tem mais de 3 km de extensão.

A festa será aberta no domingo às 9 horas, com Missa na Igreja Matriz. Em seguida, cerca de 60 grupos folclóricos passam pelo Corredor Cultural. Antes, ainda, no sábado (30), acontece a tradicional "Noite das Solteironas". 

Na tarde do domingo, a festa atinge o ápice das comemorações. Centenas de homens carregam um angico de 23m pesando quase 3 toneladas.  Os carregadores do pau percorrem as ruas com o mastro até o hasteamento no pátio da Igreja Matriz. O cortejo é seguido por uma multidão ao som de bandas cabaçais e outros ritmos.

A Prefeitura informou que a segurança será feita por agentes de trânsito, guardas municipal, além de policiais Civis e Militares. A organização será da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Estado (SSPDS) e Prefeitura. A festa será encerrada no dia 13 de junho.

Crítica: “Reforma política precisa servir aos interesses da democracia”, diz Guimarães

O deputado federal José Guimarães (PT), líder do Governo na Câmara, concedeu entrevista nessa quinta-feira (28), onde criticou a aprovação de parte da Reforma Política. “A Reforma política precisa servir à democracia, não pode ser uma reforma que sirva apenas para vereadores, prefeitos, deputados, governadores, senadores e presidente”, disse Guimarães.

Para Guimarães, a população exige a “moralização da vida partidária” e o fim da corrupção eleitoral. O líder do Governo salientou que a opinião da sociedade civil não foi levada em conta na votação que permitiu doações empresariais aos partidos políticos. “Houve pouca discussão com entidades representativas, como a CNBB e a OAB”, declarou Guimarães.

A bancada do PT na Câmara considera a possibilidade de entrar com mandado de segurança contra a aprovação de doações empresariais apenas para os partidos políticos. Os petistas alegam que houve uma quebra de acordo e que não foi obedecido o Regimento Interno da Casa.

Para José Guimarães, a emenda aglutinativa deveria ter sido inadmitida. Isso é o que manda a boa prática legislativa e o regimento”, comentou Guimarães. A matéria será votada em segundo turno e, ainda, precisa ser apreciada e votada pelo Senado. Para Guimarães muita coisa pode acontecer, inclusive, novas alterações.

Juazeiro: “O relatório do MPF é a constatação do que todos já sabiam”, disse Gledson

O relatório do Ministério Público Federal (MPF) sobre a intervenção na Secretaria de Saúde de Juazeiro do Norte repercutiu na Câmara, durante sessão dessa quinta-feira (28). O assunto foi levantado pelo vereador Gledson Bezerra (PTB) que avaliou a auditoria como: apenas uma constatação do que todos já sabiam.

O vereador usou o grande expediente para ressaltar que o problema da saúde não atinge apenas o Município de Juazeiro do Norte. “Saúde, educação e segurança, fazem parte de um sistema falido. Juazeiro faz parte desse sistema”, disse Gledson, ressaltando que o Município é dependente de recursos federais.

Gledson observou que Juazeiro já gasta acima do permitido, mas gasta mal. “E isso já vem de longe. O ex-prefeito Manoel Santana gastava 30% e Raimundão gasta 28% da arrecadação. Não resolve porque não há controle desses gastos”, disse o vereador, observando que é preciso transparência da administração dos recursos.

Outro problema apontado pelo vereador é a falta de compromisso de alguns servidores. Gledson citou o exemplo de alguns médicos, segundo ele, apadrinhados e que não trabalham. “É preciso ter coragem para abrir processos administrativos e colocar na rua. Tem que dar o exemplo”, disse.

Ao final do seu pronunciamento, o vereador Gledson afirmou que, caso o prefeito Raimundo Macedo não seja candidato a reeleição, é preciso fazer o básico: não roubar e não deixar roubar.

Panes nas aeronaves da Avianca

O vereador Normando Sóracles (PSL) requereu enviou de ofício ao Ministério Público Federal (MPF) para que investigue as causas de frequentes panes nas aeronaves da empresa aérea Avianca. O vereador pede que o MPF solicite informações junto a Agencia Nacional de Aviação Civil (Anac), sobre manutenção das aeronaves.

Segundo Normando está se tornando frequente aeronaves da Avianca em situação de pane no Aeroporto Regional Orlando Bezerra, em Juazeiro. “Há poucos dias havia duas aeronaves em solo com problemas. Já no sábado passado, aconteceu o que todos nós vimos, um susto aos 116 passageiros que se destinavam a São Paulo”, disse Normando.

Normando disse, ainda, que o mesmo problema com as aeronaves da Avianca acontecem e outros aeroportos do Brasil. “A aeronave que deu problema na semana passada, ainda, está em solo. É preciso saber qual a situação da manutenção desta aeronave”, ressaltou Normando.

Para o vereador, igual a outros setores do País, a aviação civil está em crise. “Precisamos evitar o pior”, disse o vereador. Normando solicitou, ainda, envio de ofício à Infraero para saber informações sobre a situação da brigada de incêndio do aeroporto local.

Colégio Militar para Juazeiro

Durante a sessão dessa quinta-feira, o plenário da Câmara recebeu o Capitão da Polícia Militar, Agra Filho, para falar sobre a implantação do Colégio Militar em Juazeiro do Norte. Capitão Agra usou a tribuna e falou sobre a necessidade de se ter uma instituição pública para concorrer as escolas particulares.

Capitão Agra defendeu que os colégios militares estão entre as melhores instituições públicas de ensino do Brasil. Para Agra Filho, a fusão entre a Polícia Militar e a educação, proporciona segurança social.

Agra informou que o estudo para a viabilização da vinda do colégio está sendo feita em Fortaleza. Segundo ele, a possibilidade é que o colégio seja sediado no antigo Cirão, hoje, Cere. O governador Camilo Santana, teria colocado a possibilidade durante vinda a Juazeiro do Norte.

quinta-feira, 28 de maio de 2015

MPF apresenta relatório da intervenção na saúde de Juazeiro do Norte

O Ministério Público Federal (MPF) apresentou, nessa quinta-feira (28), relatório sobre a intervenção na Secretaria de Saúde de Juazeiro do Norte. A primeira fase da auditoria aconteceu de 14 de abril a 26 de maio, última terça-feira. A audiência pública aconteceu no auditório do Colégio Paraíso.

Nessa primeira fase dos trabalhos, o MPF nomeou como auditora a professora da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), doutora em saúde pública, Ângela Oliveira Carneiro. A auditora apontou, entre outros, problemas na distribuição dos remédios e a falta de controle dos recursos financeiros.

Durante a audiência pública, o procurador federal Rafael Rayol, apontou problemas na gestão da saúde e sugeriu ajustes para o bom funcionamento do setor. Rafael Rayol falou em desordenamento e desvio de função hospitalar. Ele citou os casos dos hospitais Maria Amélia e Tasso Jereissati, como exemplo.

Entre as sugestões para correção dos problemas, o MPF sugeriu a reestruturação do sistema de saúde do município, com a reabertura de hospitais, reforma nos setores, além de capacitação de profissionais e, até, mudanças em cargos estratégicos. Para a auditora, esses são alguns caminhos para driblar a má gestão da saúde em Juazeiro.

O prefeito Raimundo Macedo, presente ao evento, não ficou calado diante das muitas criticas. Ele disse que toda essa situação, identificada pelo MPF, é motivada pela falta de recursos que deveriam vir do Governo Federal.

Na verdade, a defesa teve pouca repercussão. Certo mesmo é que o prefeito terá seis meses para fazer as correções. Isso, sob pena de enfrentar ação de improbidade administrativa movida pelo MPF.

(Foto: Site Miséria).

Crise no PSDB: “Nós não temos um projeto de País”

Uma carta do vice-presidente nacional do PSDB, veiculada na última terça-feira (27), expões a divisão interna do partido e, mais que isso, colocou o dedo na ferida dos tucanos. Eles não aguentam ouvir sobre a falta de propostas para o Brasil. Alberto Goldman enviou a carta à direção do partido com um título arrasador: "Nós não temos um projeto de país".

Para Goldman o partido, até agora, não conseguiu explicar ao eleitorado o que teria feito se tivesse vencido as eleições presidenciais. O maior partido da oposição se limita a detonar o governo petista. Nada é mais dolorido para um partido de oposição que a constatação da falta de propostas. Torna-se uma oposição sem propósito. É a chamada oposição por ocasião. O vice-presidente tucano insinua, na carta, que enfim a ficha caiu para os tucanos.

O homem bomba Goldman, fala da ausência de debate interno durante o comando recente de Aécio Neves. “Até agora, o PSDB não discutiu sua posição sobre a reforma política e o ajuste fiscal”. Na votação do Projeto de Reforma Política, apresentado pelo presidente da Câmara, Eduardo Cunha, 21 tucanos foram a favor, mas 28 votaram contra. Segundo Goldman, até o último momento os tucanos não sabiam o que fazer.

Goldman finaliza expondo as relações do PSDB com os presidentes da Câmara, Eduardo Cunha, e do Senado, Renan Calheiros, com o único propósito de desgastar a presidenta Dilma Rousseff. Para Goldman, a cada dia sua agonia, no ganha e perde da guerra política, parece não ter fim.

Servidores de Várzea Alegre ameaçam paralisação

Os servidores municipais de Várzea Alegre se reuniram no ultimo sábado (23), com membros do Sindicato dos Servidores Públicos do Município para debaterem o reajuste salarial proposto pelo prefeito Vanderlei Freire (PSD).

As categorias representadas pelo sindicado reivindicavam reajuste de 10%. Como contraproposta, o prefeito enviou à Câmara Municipal reajuste um de 7,4%. Vanderlei justifica o reajuste como estando dentro das condições do Município.

A direção do sindicato acabou acatando a proposta do prefeito. Decisão, inclusive, anunciada pelo presidente do sindicato, Erialdo Abraão. O problema é que categorias como merendeiras e vigias, com vencimento abaixo de um salário mínimo, não aceitaram a decisão e ameaçam paralisar suas atividades na próxima sexta-feira (29).

O Município de Várzea Alegre enfrenta uma greve dos Agentes de Transito que dura mais de seis meses, sem qualquer perspectiva de acordo. O prefeito Vanderlei Freire é acusado de falta de dialogo com a categoria. O temor é que a greve das merendeiras vigias se estenda e prejudique o setor da educação.

Lavras da Mangabeira: Dr. Tavinho, um prefeito Turista

Cansado dos muitos problemas que enfrenta a frente da administração de Lavras da Mangabeira, o prefeito Dr. Tavinho resolveu tirar férias. Disse aos mais próximos que iria fazer turismo nos Estados Unidos da América. A dúvida é o local onde está refugiado o prefeito. Em Lavras já existem bolsas de apostas para especular o paradeiro do Dr. Tavinho.

A outra dúvida foi sobre quem assumiria o comando do Município. O vice-prefeito cometeu suicídio e o site oficial do Município não traz qualquer informação sobre a transferência do cargo. É claro que o prefeito passou o cargo, afinal, sua assessoria jurídica deve ter informado que ao sair do País a passagem de cargo é obrigatória sobre pena de afastamento. No comando da prefeitura deve estar o presidente da Câmara.

quarta-feira, 27 de maio de 2015

Prefeitos marcham para Brasília

Gestores de todo o Brasil estão em Brasília desde o dia 25 para a Marcha dos Prefeitos. Eles devem apresentar e entregar documento ao Governo Federal sobre as demandas debatidas nas Jornadas Municipalistas. No Cariri, a jornada aconteceu em Juazeiro do Norte no último dia 12.

A articulação do vice-presidente da Associação dos Prefeitos do Estado do Ceará (APRECE) e prefeito de Mauriti, Evanildo Simão, levou vários gestores ao Hotel Verdes Vales. No encontro foram debatidas propostas para sanar a falta de recursos nas áreas da Saúde e da Educação.

Para o debate foram convidados 42 gestores do Cariri e Centro Sul do Estado. Propostas, opiniões e considerações sobre as reais necessidades das prefeituras, fazem parte do documento. Outro debate levantado pelos prefeitos é o Pacto Federativo. A marcha vai até o dia 28, quinta-feira.

Greve paralisa obras da Transposição do São Francisco no Cariri

Os trabalhadores da empreiteira Serveng, responsável pelas obras da Transposição do rio São Francisco na região do Cariri, estão em greve. A decisão aconteceu nessa segunda-feira (25), durante assembleia geral do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção de Estradas, Pavimentação e Obras de Terraplenagem do Ceará.

A assembleia reuniu cerca de 2 mil trabalhadores que decidiram paralisar as atividades por tempo indeterminado. Os trabalhadores reivindicam reajuste de 13%, mais aumento de R$ 250 para R$ 350 no valor da cesta básica. A empreiteira ofereceu 8%, recusado pela categoria.

Atualmente, os trabalhadores têm vencimentos de R$ 1.300 e, além do reajuste salarial, o sindicato reivindica mais segurança, plano de saúde e transporte. A empresa, ainda, não se posicionou sobre o assunto.

Estão paralisadas as atividades do lote 5, que compreende os municípios de Brejo Santo e Jati, no trecho que inclui a construção de um dos principais canais com extensão de 120 km. A previsão de entrega da obra é para o final de 2016.

Prefeito de Campos Sales anuncia colapso no fornecimento de água

Repercute entrevista do prefeito de Campos Sales, Moésio Loyola (PSD), ao jornalista Eliomar de Lima. O prefeito se disse preocupado com a situação hídrica do Município e avisou que, caso nada seja feito, até agosto não terá água para o consumo humano.

O prefeito observou que as últimas chuvas não mudaram a situação da Barragem do Acampamento, principal reservatório do Município. Sobre a possibilidade de colapso, o Moésio disse já ter procurado o governador Camilo Santana.

No encontro, o prefeito sugeriu a construção de uma adutora ou uma nova barragem no Distrito de Carmelópoles. Moésio não falou sobre a resposta do governador.

Cariri: MPF pede que Prefeitura de Barbalha aumente repasse para o HCC

O Ministério Público Federal (MPF) enviou recomendação a Prefeitura de Barbalha, sugerindo o aumento do teto de financiamento para os atendimentos de média e alta complexidade (MAC) do Hospital do Coração do Cariri (HCC).

A recomendação é direcionada ao prefeito Zé Leite (PT) e a secretária de Saúde do Município, Desiree de Sá Barreto. O procurador da República Celso Costa Lima Verde Leal, diz que, segundo informações do Ministério da Saúde, confirmadas pelo município, há sobra de recursos na MAC.

A sobra dos recursos seria decorrente da inexecução dos serviços no Município. A verba para o custeio dessas ações não estaria sendo repassado, em sua totalidade, pelo prefeito Zé Leite (PT). Segundo o MPF, o gestor está repassando apenas um percentual de 76,19%.

O HCC reclama prejuízo de R$ 2,2 milhões com atraso nos repasses de serviços já realizados. A recomendação é resultado de procedimento instaurado a partir de representação formulada pela Fundação Otília Correia Saraiva, mantenedora do HCC.

A Fundação comunicou que, com o teto financeiro disponibilizado pelo Sistema Único de Saúde (SUS), estaria impossibilitado de continuar a prestar os serviços especializados.

Na recomendação, o procurador Celso Costa estabelece o prazo de 10 dias para que a prefeitura se manifeste. Em caso de omissão na resposta da Prefeitura, o MPF observa que tomará as medidas judiciais cabíveis.

terça-feira, 26 de maio de 2015

PCdoB recebe pedido de expulsão da presidente da Câmara de Altaneira

O secretário de Organização do PCdoB de Altaneira, Antônio Maciel de Nelis (Antônio de Neli) protocolou representação contra a presidente da Câmara do Município, vereadora Lélia de Oliveira. O militante comunista pede a expulsão dos quadros do PCdoB da parlamentar.

Antônio de Neli protocolou o documento em Fortaleza, no Diretório Estadual do Partido. Lélia é a atual presidente do Diretório Municipal e não aceitou receber o documento em Altaneira. Em Fortaleza, o militante falou sobre o que estava acontecendo na Câmara, durante a gestão da vereadora do PCdoB.

Segundo Antônio de Neli, a presidente Lélia é acusada por colegas de cometer irregularidades na gestão Câmara. Uma comissão designada pela direção estadual vai investigar as denúncias. Lélia nega as acusações.

Enquanto isso...

Longe da Crise que se abate sobre a Câmara, o prefeito de Altaneira Delvamberto Soares, reinaugurou o Hospital Municipal Euclides Nogueira. Delvamberto foi acompanhado pelo secretário ajunto do Gabinete do Governador, Fernando Santana. O secretário adjunto representou Camilo.

Chineses querem ressarcimento de despesas não apresentadas pelos ex-donos do Bic Banco

Os chineses do Banco de Construção da China (CCB), que compraram o bando brasileiro, BIC Banco, tentam fechar um acordo com os antigos controladores e com os acionistas minoritários para reduzir o valor final da transação. O negócio foi fechado em outubro de 2013 por R$ 1,6 bilhão. O valor representa 72% do capital da instituição.

Os chineses reclamam uma redução no valor de R$ 288 milhões. A diferença foi apurada após uma auditoria para estimar possíveis perdas na Justiça com ações cíveis e trabalhistas. A auditoria descobriu, ainda, constituição de provisões e de baixas contábeis devido a calotes.

Na semana passada, durante visita oficial do premiê L
i Keqiang, os chineses tentaram acordo com a família Bezerra de Menezes, ex-proprietária, mas as conversas não avançaram. A família contesta os valores das perdas estimadas pela auditoria, argumentando que os gestores chegaram a um valor patrimonial do banco de R$ 1,79 bilhão.


A informação está na edição do Jornal Folha de S. Paulo, desta terça-feira (26).

MP quer suspensão de duas empresas no Porto do Mucuripe

O Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), em Fortaleza, entrou com uma Ação Civil Pública nessa segunda-feira (25) contra as empresas Raizen Combustíveis S/A e Petrobras Distribuidora S/A. O MP quer suspender as atividades de recebimento, armazenamento e expedição de combustíveis no Porto do Mucuripe.

A ação pede, ainda, que o Estado do Ceará seja condenado a promover todas as medidas necessárias para que as empresas não dêem continuidade às suas atividades no local.

Em 2012, o Governo do Estado, por meio do decreto, estipulou o dia 31 de dezembro de 2014 como prazo final para que as empresas que exercem as atividades. O decreto transferia os estabelecimentos das empresas para o Complexo Industrial e Portuário do Pecém (CIPP) nos municípios de Caucaia e São Gonçalo do Amarante.

Para o promotor Raimundo Batista de Oliveira, a permanência das empresas no local representa grande risco. A região onde estão instaladas é densamente povoada, o que, eleva as proporções de eventual acidente. Caso o governo não promova as medidas necessárias para a suspensão das atividades no local, a multa é de R$ 5 mil por dia.

Farias Brito: Contagem de alunos pode ter 500 a menos

O prefeito de Farias Brito, Vandevelder Francelino, deve enfrentar um novo debate sobre educação nos próximos dias. Tem vereador fazendo recontagem do número de alunos da rede pública municipal. A Secretaria de Educação tem informado que a rede conta com 5 mil alunos. O parlamentar acredita que a lista erra em, pelo menos, 500 alunos.

O problema para Vandevelder vai além do desgaste na Câmara Municipal. O vereador que, por enquanto prefere o anonimato, promete levar o caso ao Ministério da Educação (MEC) e ao Ministério Público Federal (MPF). Na Câmara, o prefeito tem maioria e a denúncia deve ser arquivada. Vandevelder não tem a mesma certeza do MPF e MEC.

segunda-feira, 25 de maio de 2015

Piloto da Avianca fala sobre incidente com o voo em Juazeiro do Norte

O piloto do Airbus A318, da empresa Avianca, Fernando Dias, falou ao site Miséria sobre o aconteceu com o voo ONE 6377, saindo de Juazeiro do Norte com destino a São Paulo, na manhã do último sábado (23). Segundo o piloto, a aeronave sofreu um “Estol do Compressor” ao iniciar a decolagem. Ele explicou que um rolamento rompeu dentro do motor e causou o defeito.

Fernando Dias disse que o caso acontece raramente, quando as condições não estão favoráveis para o voo. O piloto apontou “ventos contrários” como prováveis causas do problema. Para ele, poderia ter acontecido desde uma simples perda de potência até a quebra de peças.

A explicação desmentiu as informações, veiculadas no fim de semana de que um motor da aeronave teria explodido durante a decolagem. Ele negou, ainda, que houvesse qualquer sinal de fumaça nos motores.

Ainda, sobre as informações veiculadas no fim de semana, ficou apenas o cancelamento do voo e o pânico causado aos passageiros. Eles deixaram a aeronave pelas saídas de emergência com o avião, ainda na pista.

Sobre as condições da aeronave, o piloto disse que ela foi construída em 2008 e que é relativamente nova se considerarmos uma vida útil de 20 a 40 anos para esse tipo de avião.

sábado, 23 de maio de 2015

Eunício diz que Camilo e Dilma mentiram na campanha eleitoral

O senador Eunício Oliveira (PMDB), partiu para o ataque e disse que o governador do Ceará, Camilo Santana, e a presidenta Dilma Rousseff, ambos do PT, mentiram durante a campanha eleitoral. A acusação foi feita durante o “I Encontro Regional do PMDB” de 2015, realizado nessa sábado, no Município de Camocim, litoral cearense.

Sobre o debate travado na campanha eleitoral, Eunício disse que percorreu todo o estado falando a verdade, que a saúde do Ceará era a pior do Nordeste brasileiro. “Eles (Camilo, Cid e Ciro) disseram que não tínhamos problemas na saúde. Na propaganda do PT a saúde do Ceará era a melhor do Brasil. Tudo mentira. Tudo construído por um marqueteiro que custou R$ 50 milhões”, disse Eunício.

Na avaliação de Eunício, agora a saúde do Ceará é a vergonha do Brasil, mostrada em rede nacional por vários dias. “E agora? Ou Camilo mentiu na campanha, ou ele acabou com a saúde do Estado em apenas 120 dias”, disse Eunício, ressaltando que outras mentiras como a Refinaria, o pólo metal mecânico e o Acquario foram desmascaradas.

Para Eunício a realidade é investimentos perdidos em obras faraônicas e corredores de hospitais lotados. “Passamos hoje pela vergonha nacional do corredômetro. São mais de 400 pessoas sendo atendidas no chão. Agora eles têm que vir a público admitir a mentira e pedir desculpas à população”, desafiou Eunício.

Sobre a presidenta Dilma, Eunício lembrou que durante a campanha a presidenta disse que “nem que a vaca tussa” iria tirar direitos dos trabalhadores. “Ela (Dilma) disse que não teríamos crise econômica. Tudo mentira”, lembrou Eunício, ressaltando que já existe no Congresso Medida Provisória para tirar direitos dos trabalhadores.

“Eles estão com a vida ganha”

Ao analisar a situação dos irmãos Cid e Ciro Ferreira Gomes, o senador Eunício Oliveira disse que eles não estão preocupados com a situação do povo. Para Eunício Cid e Ciro estão com a vida ganha. “Enquanto o irmão mais velho (Ciro) ganha R$ 250 mil por mês para presidir uma empresa que ele contratou quando ocupava cargo público; o outro (Cid) joga dominó em Sobral”, ressaltou Eunício.

Sobre as tensões com os irmãos Ferreira Gomes, o líder do PMDB, disse que não tem medo. “Não tenho medo de uma pessoa que nunca deu um dia de serviço e sempre viveu do poder. É apenas um falastrão que não tem o que fazer e passa os dias nas redes sociais falando mal de pessoas de bem”, afirmou Eunício.

Os debates com a população

Sobre o primeiro encontro do partido em 2015, Eunício destacou que o PMDB tem história e tradição de fazer o debate junto à população e, para ele, isso é fazer política. “Na verdade, os encontros servem para ouvir os anseios da população e debater a transformação das realidades das pessoas”, disse o senador Eunício.

Estiveram presentes ao evento os deputados estaduais do PMDB, Daniel Oliveira, Agenor Neto, Dra. Silvana e Carlomano Marques. Participaram, ainda, o deputado federal Mauro Benevides e mais vereadores, prefeitos, ex-prefeitos e lideranças de toda a região.

quinta-feira, 21 de maio de 2015

Direção do HCC anuncia suspensão de cirurgias por falta de pagamento do SUS

A direção do Hospital do Coração do Cariri (HCC) reuniu a imprensa, na manhã desta quinta-feira (21), para anunciar a suspensão das cirurgias eletivas que aguardam na fila. A partir desta data o hospital atenderá apenas casos de urgência e emergência.

A decisão foi motivada por um débito do Sistema Único de Saúde (SUS) de mais de R$ 2,1 milhões com o hospital. O HCC, que é referencia em procedimentos cardíacos, tem 70% dos seus atendimentos voltados para pacientes SUS. Segundo demonstrativo, são cerca de 2.041 internamentos SUS, o que representa 87% da capacidade instalada.

No caso de procedimentos como cirurgias cardíacas, implante de marcapasso e angioplastia, o hospital tem um teto de R$ 276.421,24. Nestes casos, o excedente de produção já ultrapassa os R$ 809 mil, representando 105 procedimentos (prontuários). Somente o excedente com diárias coronarianas, já ultrapassa os R$ 308 mil.

Existem, ainda, outros problemas como custos com dieta parenteral, com débitos orçados em R$ 300 mil, além de aquisição de órteses e próteses, que acumulam dívidas com fornecedores da ordem de R$ 662.392,99. No caso das órteses e próteses já existe a possibilidade de paralisação no fornecimento. Os dados são referentes, em sua maioria, aos anos de 2014 e 2015.

Sobre os atendimentos que excederam o teto estabelecido, foi informado que eles passaram por auditorias do Ministério da Saúde e todos os procedimentos foram identificados como necessários. O Governo Federal reconhece a necessidade de aumento do teto, através de portarias oficiais, mas até o momento não efetuou qualquer pagamentos referente à dívida pendente.

Segundo um dos diretores do HCC, Egberto Santos, responsável pela explanação, os serviços prestados a sociedade pelo hospital não paralisaram graças aos atendimentos particulares. O diretor reconhece a precariedade dos recursos, mas diz que não pode deixar de atender pacientes necessitados.

“Na verdade, hoje administramos contas a pagar. Primeiro é garantido os salários dos profissionais que colaboram com o hospital e o restante e administrado como se pode”, disse Egberto, ressaltando que a falta de pagamento compromete, ainda, o melhoramento da estrutura física e de equipamentos.

Estiveram presentes a coletiva, os fundadores do hospital, João e José Correia Saraiva. Eles destacaram a importância social que o equipamento de saúde desempenha junto à população mais carente.

O vereador de Juazeiro do Norte, Normando Sóracles (PSL), presente ao evento, sugeriu que fosse feito uma mobilização com as Câmaras Municipais da região para, conjuntamente, cobrar uma solução para o problema. “Temos que nos mobilizar para evitar o fechamento desse equipamento tão importante para a região”, disse Normando.

O vereador de Barbalha, Rildo Teles (PSL), falou da luta do parlamento barbalhense em prol da saúde no Município. Rildo destacou a viajem á Brasília, feita por uma comitiva composta de quatro parlamentares de Barbalha e um de Missão Velha. “Fomos atrás de recurso, mas em Brasília tudo gira em torno de promessas. Estamos esperando”, disse Rildo.

Também presente a coletiva, o diretor do Sindicato dos Médicos do Ceará (Simec), Meton Soares de Alencar Filho, observou que está sendo solicitado um levantamento de todas as filas de espera de vários hospitais do Estado. Segundo Meton, o Simec quer saber a real situação para atuar em favor das instituições.

Sobre a possibilidade de recorrer à justiça para garantir o pagamento, a assessora jurídica do HCC, Marta Otoni, disse que já noticiou a situação ao Ministério Público Federal (MPF). A assessora diz não acreditar em resultados positivos pela via jurídica por se tratar de uma divida da fazenda pública que são submetidos a precatórios.

Na avaliação da assessora quando se trata de precatórios, os governos pagam como querem. “Entre a decisão e o recebimento dos valores, poderíamos esperar até 20 anos”, avaliou Marta Otoni, ressaltando que o MPF ficou de marcar uma Audiência Pública para discutir o assunto, mas até o momento nada foi definido.

O Hospital do Coração do Cariri pertence à Fundação Otília Correia Saraiva e foi fundado em janeiro de 2001. Hoje o hospital atende a paciente de 44 Municípios do Cariri e outras regiões vizinhas. Tem uma demanda populacional, estimada mais de 1,5 milhão de habitantes.

quarta-feira, 20 de maio de 2015

Vereadores de Juazeiro aprovam projeto polêmico sobre convocações

Após intenso debate os vereadores de Juazeiro do Norte aprovaram, em sessão ordinária nessa terça-feira (19), Projeto de Lei que prevê punição aos servidores públicos que não comparecerem a Casa quando convocados. O projeto recebeu oito votos favoráveis, cinco contra e outras quatro abstenções.

O projeto, de autoria do vereador Normando Sóracles (PSL), chamou a atenção pelas muitas opiniões divergentes acerca da sua constitucionalidade. Durante mais de trinta minutos, os vereadores se alternaram entre posições favoráveis e contrarias a aprovação do projeto.

O vereador Darlan Lôbo (PMDB), disse que já existe Lei para punir os servidores públicos que não comparecerem a Câmara. Para ele, o que falta é fazer cumprir a lei. Já o vereador Capitão Vieira Neto (PTN), líder do prefeito, disse que é preciso respeitar a hierarquia das leis. Capitão Vieira ressaltou que existe uma lei federal com o mesmo objetivo. O vereador chegou a pedir a retirada do projeto para melhor analise.

O vereador Cláudio Luz (PT), disse que faltou atenção da assessoria jurídica da Casa para embasar melhor os vereadores. Cláudio defendeu o projeto observando que a lei pode ser criada. Para ele, o que não pode é haver choque com a lei federal. Avaliou que não há inconstitucionalidade e disse que a Câmara precisa ser mais dura.

Com a palavra, o vereador Gledson Bezerra (PTB), disse que a Câmara não pode criar crimes. Segundo ele, as penalidades para esse tipo de conduta já estão previstas na lei de improbidades. Para Gledson a intenção é boa, mas já existe lei punitiva para os atos previstos no projeto em questão.

Durante o debate o assessor jurídico da Câmara foi solicitado a se manifestar pelo vereador Normando. Segundo Erivaldo Oliveira, o projeto não cria uma conduta criminal. Para o assessor jurídico, a lei é administrativa e o município pode criar ato administrativo contra servidores.

O vereador Adauto Araujo (PSC), disse que estava se sentindo em um tribunal, em meio a um julgamento, com advogados de defesa e acusação, promotores e juízes.

Cagece investigada

O presidente da Câmara, vereador Danty Benedito (PMN), iniciou a sessão autorizando a assessoria jurídica da Casa a proceder com processo contra Companhia de Águas e Esgotos do Ceará (Cagece).

Segundo Danty o processo deve investigar e avaliar as várias denúncias contra a Cagece. O vereador quer que a empresa cumpra com as clausulas contratuais da concessão e, se necessário, iniciar processo para rever a concessão da empresa.

Limpeza milionária

O vereador Cláudio Luz, denunciou a licitação para a compra de material de limpeza para a Secretaria de Saúde de Juazeiro. O valor da compra será de R$ 2,3 milhões. Segundo o vereador a vencedora do pregão, empresa Supermercado Econômico, já forneceu merenda escolar ao município e foi beneficiada com a doação de um terreno.

Cláudio pediu que fosse enviado ofício de notificação, com cópia da licitação, ao Ministério Público Federal que mantém intervenção na Secretaria.

“Vou ser um vereador quetim”

A frase é do vereador Normando Sóracles, durante um pronunciamento sobre a situação da distribuição de medicamentos pelo Serviço de Assistência Médica Especializada (Same).

O vereador se referia aos casos em que é proibido seu acesso aos locais públicos para verificar in loco denúncias. “Se disserem: não pode entra no Hospital Regional, vou dizer: sim senhor! Se disserem: não pode fiscalizar o Same, vou dizer: Pois não senhor!”

Normando falou da situação caótica em que se encontram as instalações do Same e as condições que são mantidos os medicamentos distribuídos pelo órgão. Segundo o vereador, faltam remédios controlados e sobram anticoncepcionais. São mais de 129 mil anticoncepcionais próximos de se vencer; enquanto falta Gardenal.

Normando pediu maior controle na distribuição, com a instalação de um programa de computador. Segundo o vereador há denúncias de que pessoas que fazem uso de drogas ilícitas estão se aproveitando da falta de controle.

Sessão extraordinária

Ainda na terça-feira, foi realizada uma sessão extraordinária para votar o reajuste dos agentes de saúde e a suplementação de R$ 1,3 milhão para a Secretaria de Assistência Social. Ambos os projetos foram aprovados.

Técnicos do Banco Mundial fiscalizam obras na região do Cariri

Técnicos do Banco Mundial estão na região do Cariri desde a segunda-feira (18), fiscalizando obras financiadas em parceria com o Governo do Estado. A fiscalização abrange nove cidades da região com obras de infraestrutura urbana. O secretário-adjunto das Cidades, Quintino Vieira, acompanha a equipe.

Foram agendadas visitas nas cidades de Juazeiro do Norte, Crato, Barbalha, Caririaçu, Farias Brito, Jardim, Nova Olinda, Santana do Cariri e Missão Velha. Segundo informações previas da inspeção, os técnicos estão satisfeitos com o andamento dos trabalhos. As obras estão orçadas em R$ 132 milhões.

Crise na Saúde: Camilo Santana pede ajuda ao Governo Federal

O governador do Ceará, Camilo Santana (PT), desembarcou na manhã desta quarta-feira (20) em Brasília. Camilo cumpre agenda com a presidenta Dilma Rousseff (PT), onde apresenta a real situação da saúde publica do Estado.

Segundo a assessoria do governador, serão apresentados os investimentos que o Estado fez nos últimos oito anos. A ideia, ainda segundo a assessoria, é fortalecer os argumentos para pedir ajuda federal.

Camilo está acompanhado do secretário da Fazenda, Mauro Filho, que o acompanha em reunião com o ministro da Fazenda, Joaquim Levy. Mauro Filho fará um comparativo entre os anos de 2006, quando a cada R$ 1 da União, era investido R$ 1 investido do Estado. Segundo o secretário, em 2015, a proporção aumentou para R$ 4 do Estado a cada R$ 1 aplicado pela União no setor.

Maria da Penha cumpre agenda no Crato

A ativista pelo direito das mulheres, Maria da Penha, fez palestra na cidade do Crato na manhã dessa quarta-feira (20). A ativista participa da programação do Seminário: “Gênero, Mulher e Violência: Luta e Resistência no Cariri Cearense”.

Maria da Penha proferiu palestra sobre a temática, na Escola Profissionalizante Violeta Arraes. À tarde, a ativista fará visita ao Centro de Referência da Mulher. O evento é realizado pela Prefeitura Municipal do Crato, em parceria com o Projeto Mulheres da Paz e Conselho Municipal da Mulher Cratense.

Em entrevista, Maria da Penha, agradeceu a recepção dos cratenses e ressaltou a importância do Seminário para o fortalecimento da Lei 11.340/2006 que leva seu nome.

Ceará: Quatro pedidos de CPI esperam análises na Assembleia Legislativa

Repousa na Assembleia Legislativa do Ceará (AL) quatro requerimentos pedindo a instalação de Comissões Parlamentar de Inquérito (CPI). As comissões querem investigar o tráfico de drogas, exploração sexual, seguro DPVAT e Acquario.

Durante a sessão plenária dessa terça-feira (19), os deputados fizeram intenso debate sobre a necessidade de investigar as denúncias. Nesta quarta-feira (20), o presidente da Casa, deputado Zezinho Albuquerque (Pros), comentou o debate ocorrido no dia anterior.

Segundo Zezinho Albuquerque, a AL irá seguir o trâmite estabelecido pelo Regimento Interno da Casa para a instalação das CPIs. “Nós jamais faríamos algo diferente do que está prescrito no regimento, assim como jamais permitiríamos manchar o nome da AL por quaisquer motivos”, assegurou Zezinho.

Zezinho Albuquerque explicou que os requerimentos necessitam de um número mínimo de assinaturas. Segundo ele, após ser protocolada, a CPI segue para a Procuradoria da AL, para que seja avaliada a constitucionalidade do pedido. Depois, o requerimento segue para a Mesa Diretora, para que ela dê um parecer sobre o pedido.

O Regimento Interno da AL prevê que, no máximo, duas CPIs podem ser instaladas ao mesmo tempo. Mas, Zezinho garantiu que todas serão analisadas. Entre as CPIs, a mais esperada é a Acquario de Fortaleza. O presidente fez um apelo para que os parlamentares “não transformem a situação em um cavalo de batalhas”.

Amaju assume o lixão de Juazeiro

A partir da próxima sexta-feira (22) a Autarquia Municipal de Meio Ambiente de Juazeiro do Norte (AMAJU) vai assumir a gestão do lixão de Juazeiro do Norte. O superintendente Eraldo Oliveira esteve reunido na manhã dessa terça-feira (19) com setores públicos para definir organização.

Compareceram a reunião representantes do Ministério Público, Conselho Tutelar, Secretaria de Saúde, Cooperativa de Recicladores, Secretaria do Meio Ambiente, Centro de Zoonoses, Secretaria de Ação Social e cerca de 150 recicladores.

Segundo Eraldo, nessa fase a intenção é promover o diálogo e cumprir o que está posto na Lei Nacional de Resíduos Sólidos. Para o superintendente, algumas ações precisam ser efetivadas e, para isso, agendou duas novas reuniões para traçar planos.

A Autarquia pretende delimitar ações a curto e médio prazo, entre elas, a proibição do trabalho noturno no lixão. Outra meta é afastar os catadores das condições insalubres. Segundo Eraldo, a intenção é qualificar com treinamentos e inserir o catador na cadeia produtiva evitando a figura dos atravessadores.

terça-feira, 19 de maio de 2015

TSE: Ministro pede vista do processo e eleição de Araripe continua indefinida

O Ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Gilmar Mendes, pediu vistas ao processo que julga o prefeito afastado de Araripe, Humberto Germano (PSD). O Pleno do TSE se reuniu na noite desta terça-feira (19), para apreciar recurso do prefeito afastado contra decisão do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de cassação do mandato.

Durante a sessão, o ministro João Otávio de Noronha, relator do processo, votou favorável ao pedido de Humberto Germano. Antes do pedido de vistas, os ministros Admar Gonzaga, Maria Thereza e Henrique Neves, já haviam declarado voto contrário ao prefeito afastado e pela manutenção da cassação.

Com o pedido de vistas, a matéria deve voltar à pauta do TSE na próxima sessão da quinta-feira (21) ou na terça-feira (26). Faltam declarar voto os ministros Gilmar Mendes e Luiz Fux. Em caso de empate, o presidente Dias Toffoli dará o voto de minerva.

Germano teve o mandato cassado pelo TRE, por abuso de poder político nas eleições de 2012. O prefeito, candidato à reeleição, contratou 240 servidores temporários durante o pleito. A eleição, contra o candidato Dr. Giovane (PT), foi decidida por 45 votos de diferença.

Na decisão, o TRE entendeu que as contrações interferiram diretamente no resultado. Foi marcada uma nova eleição para o dia 17 deste mês, mas uma decisão monocrática do ministro João Otávio, suspendeu a eleição até o julgamento do mérito pelo Pleno.

Ônibus perde a direção e invade casa em Juazeiro do Norte

Um ônibus da empresa Lobo entrou em uma casa, após quebrar a barra de direção. O acidente aconteceu no bairro Brejo Seco, na manhã desta terça-feira (19) e deixou apenas danos materiais. Com o impacto, parte do teto e paredes da residência vieram a baixo. Por sorte, não havia ninguém no local no momento do acidente. Entre os passageiros apenas o susto.

O detalhe é que a Câmara Municipal debateu, na última semana, a situação caótica das empresas que prestam o serviço de transporte público urbano de Juazeiro. Na mesma semana, foi realizada uma Audiência Pública para discutir o assunto. Parece que as autoridades de Juazeiro precisam se apressar nos resultados dessas discussões.

(Com informações e foto do Site Miséria).

Calote do Governo Federal compromete atendimento no Hospital do Coração do Cariri

A crise na saúde na região do Cariri aumenta e mais um hospital ameaça reduzir atendimentos até fechar as portas. O problema é causado por uma divida superior a R$ 2 milhões que tem comprometido a manutenção do Hospital do Coração do Cariri (HCC), em Barbalha.

Segundo informação da direção do HCC, a dívida vem se acumulando a mais de dois anos. Para resolver o problema, a direção já procurou autoridades em nível municipal, regional, estadual e nacional, mas não obteve sucesso.

O diretor administrativo, João Correia Saraiva, salienta que o hospital cobra procedimentos já realizados e que o Sistema Único de Saúde (SUS), não tem efetuado os pagamentos.

Sobre a comunicação com a classe política, o diretor ressalta que tenta, ainda, corrigir distorções nos repasses do SUS que tem colocado em dificuldade o custeio de hospitais e Santas Casas em todo o País. Eles têm reduzido atendimentos e até fechado por falta de recursos.

Para esclarecer melhor a situação real do HCC, a direção promete uma coletiva de imprensa na próxima quinta-feira (21), às 8 horas, no Hospital Santo Antônio, em Barbalha.

Prefeitura de Santana do Cariri contesta sindicato dos servidores

A Prefeitura de Santana do Cariri, através da sua assessoria de imprensa, enviou nota a este blog contestando informações do Sindicato dos Servidores Municipais, veiculadas na matéria “Professores de Santana do Cariri fazem Apitaço e prometem greve”.

Na nota, o secretário de Educação, José Cidade Nuvens, diz que o reajuste proposto pela administração contempla a classe de professores. Para o secretário o percentual de 13,01% não é aumento salarial, é ajuste ao piso nacional.

Sobre o encontro dos professores com a prefeita Danieli Machado, a nota destaca que foi oferecida uma correção de 6,42% e que o ajuste linear causará distorções.

Veja a nota na integra:

O Secretário de Educação do Município de Santana do Cariri, José Cidade Nuvens, esclarece que o posicionamento da Secretária de Educação do município, em relação ao ajuste do Piso Salarial do referido município, que contempla a classe de professores municipais é de que da classe de professores.

Que o percentual de 13,01% não é aumento salarial e sim um ajuste ao piso da classe em referência ao ano de 2014.

Recebemos membros da comissão de negociação da classe de professores, durante um encontro que os mesmos tiveram com a prefeita Daniele de Abreu Machado, e foi oferecida uma correção aos salários acima do Piso Nacional de 6.42% e que aqueles professores que ainda não estavam dentro do referido Piso Nacional, seriam elevado a ele.

Que o ajuste linear de 13.01% acarretará uma maior distância de salário entre os professores que ingressaram nos últimos concursos com os professores de carreira.

Na reunião em que a comissão foi recebida pela Gestora Municipal Danieli de Abreu Machado, além da proposta acima mencionada ficou pactuado a reorganização e atualização do Plano de Cargos e Carreira. E que ao final da Reunião ficou acertado pelos representantes dos professores uma Assembleia que definiria a posição dos professores quanto à proposta discutida no encontro.

Assessoria de comunicação do Município.

Cariri: apenas três municípios já fizeram o Plano Nacional de Educação

Os municípios cearenses devem mobilizar suas comunidades para elaborar e aprovar seus planos municipais de educação. A data limite estabelecida pelo MEC, para entrega do Plano Nacional de Educação é 24 de junho. O apelo foi feito pelo senador José Pimentel (PT), relator do PNE durante sua tramitação no Congresso.

No Cariri, apenas os municípios de Baixio, Brejo Santo e Potengi já concluíram todo o processo do Plano Nacional de Educação. No Ceará, 72 municípios têm documentos-base elaborados, 60 têm diagnóstico concluído, 33 instituíram a comissão coordenadora e 12 realizaram consulta pública.