terça-feira, 31 de julho de 2012

Agenda dos candidatos – 31.07


Crato

Marcos Cunha (PT)
Pela manhã o candidato do PT, faz panfletagem no Bairro do Seminário. À tarde visita lideranças do Bairro da Caixa D’água e a noite caminha com militantes e eleitores no Bairro São Miguel.

Cícero França (PV)
A partir das 8h00, o candidato do PV faz visita ao bairro Pinto Madeira. À tarde visita à Vila São Bento e, a partir das 16h00 faz caminhada e reunião com os moradores do bairro Novo Crato.

Juazeiro do Norte

Raimundo Macedo (PMDB)
Pela manhã, o candidato do PMDB, faz reunião política com o vice Luiz Ivan no Verdes Vales Hotel. À tarde, a partir das 17h00, carreata com caminhada no bairro do Horto, com concentração e saída do comitê central na Rua Rui Barbosa. À noite faz reunião pública na Rua Joda Dias, 69, Tiradentes.

Demontieux Fernandes (PSOL)
A partir das 17h00, o andidato do PSOL faz mais reunião pública (Esquina do Trabalhador), no cruzamento das ruas São Paulo com Leão XIII.

Manoel Santana (PT)
Pela manhã o candidato do PT, faz reunião política na Rua Noêmia Cruz, 461, Antônio
Vieira e visitas no mesmo bairro. A tarde, a partir das 17h30, faz reunião política na Rua São Tomé, 65, bairro do Horto. À noite, 19h00, faz reunião pública na Av. Leandro Bezerra, 448, Socorro (Prox. a Pracinha).

Os outros candidatos não enviaram agenda para divulgação. (As agendas podem ser enviadas para o e-mail: madson.vagner@gmail.com).

Aumenta diferença entre Moroni e Inácio em Fortaleza


Nova pesquisa Ibope, contratada pela TV Verdes Mares, indica que a diferença, entre os dois primeiros colocados, na corrida eleitoral para prefeito de Fortaleza aumentou. Se as eleições fossem hoje, os candidatos Moroni Torgan (DEM), com 32% das intenções de votos, e Inácio Arruda (PCdoB), com 15%, estariam no segundo turno.

A pesquisa foi divulgada ontem (30) e aponta ainda, Heitor Férrer (PDT), com 11%, seguido de Renato Roseno (PSOL), com 10%, Roberto Cláudio (PSB), com 8%, Marcos Cals (PSDB) 6%, Elmano Freitas (PT) 4%, Gonzaga (PSTU) e professor Valdeci, com 1%. O candidato André (PPL), não foi citado pelos eleitores. Os votos brancos e nulos somam 6% e os eleitores que não quiseram opinar também somam 6%.

O Ibope ouviu, também, os eleitores sobre a rejeição aos candidatos. Em primeiro lugar, com o maior índice de rejeição, aparece Moroni, com 34%, seguido de Inácio (27%), Elmano (22%), Gonzaga (21%), Marcos Cals (16%), Valdeci e Roberto Cláudio (15%), Roseno (14%), André (13%) e Heitor (12%).

A pesquisa foi realizada entre os dias 27 e 29 deste mês e ouviu 602 eleitores. Está registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) com o número 0006-2012, e tem uma margem de erro de quatro pontos para mais ou para menos.

O mesmo parâmetro

O mais importante para o candidato do DEM nesse momento, em que a pesquisa indica sua subida, é o crescimento no mesmo instituto. O Ibope foi o responsável pela primeira pesquisa de Fortaleza neste ano e agora fez a pesquisa da TV Verdes Mares. É a mesma metodologia.

Quanto às duas últimas duas pesquisas, Moroni sobre em dez dias o equivalente a 5% pontos percentuais. O problema é que sua rejeição também aumentou de 27% para 34%, ou seja, na medida em que cresce sua aceitação aumenta sua rejeição.

Inácio ainda é uma grande incógnita. De primeiro colocado na primeira pesquisa, despencou para a segunda colocação e já está com 17% atrás de Moroni. Mas, esse é o menor dos seus problemas. Apesar de Heitor se manter com os seus 11% da última pesquisa, quem assusta mesmo é o candidato do PSOL, Renato Roseno, que já está com 10%. Roseno subiu 4% pontos nesses dez dias e tem uma das menores rejeições entre os candidatos.

O candidato do PCdoB está estagnado e se o crescimento de Roseno continuar na mesma proporção pode empatar com Inácio, já na próxima pesquisa. Resta saber se Roseno terá condições para dar volume na sua campanha na medida em que a população passar a acreditar mais. Ainda acredito que Roseno é um nome pode dar trabalho aos chamados grandes.

No mais, destaque apenas para o crescimento de 3% pontos para o candidato do governo, Roberto Cláudio que já vê a sua frente o segundo pelotão. Além disso, as posições não tiveram grandes alterações. Marcos Cals, Elmano, Gonzaga e professor Valdeci, estagnaram e terão que remar muito para chegar no pelotão da frente.

Certo mesmo dessas duas pesquisas é que Moroni está cada vez mais perto do segundo turno e Inácio está cada vez mais ameaçado por Heitor e Roseno. E isso, é porque nem começou o horário eleitoral onde o candidato do PCdoB, terá apenas 50 segundo. Então vamos esperar para ver o que acontece.

Curtas


CID NA RUA: Vinte e três dias depois de iniciada oficialmente a campanha eleitoral, o governador Cid Gomes (PSB) foi às ruas pedir votos de seu candidato à Prefeitura de Fortaleza, o deputado estadual Roberto Cláudio (PSB). Na manhã de ontem, Cid esteve na Praia do Futuro ao lado de Roberto adesivando carros e conversando com eleitores.

MAIS IMPUGNAÇÕES: Os candidatos à Prefeitura de Redenção, Manoel Bandeira (PDT) e Ana Paula (PSB), tiveram ontem (30), negado o pedido de registro de suas candidaturas junto à Justiça Eleitoral. O juiz da 52ª Zona Eleitoral, David Ribeiro de Souza Belém, indeferiu o registro das candidaturas por falta de documentos e descumprimento de prazos, respectivamente.

COBRANÇA: O senador Eunício Oliveira (PMDB), presidente da CCJ do Senado, fez cobranças a Comissão da Verdade. Segundo ele, os fatos que ainda estão obscuros e devem vir a tona para conhecimento da sociedade brasileira.

DISSE ME DISSE: Muito comentado no Cariri o empréstimos feito por um candidato de Juazeiro, junto a agiotas do Crato. Segundo os comentários o valor estaria em R$ 500 mil. Ate aí tudo bem, o problema é que a garantia dada já está penhorada por um bando. Será que o agita sabe disse?

segunda-feira, 30 de julho de 2012

Agenda dos candidatos – 30.07


Crato

Ronaldo Matos (PMDB)
Pela manhã, o candidato do PMDB, faz corpo a corpo na Feira do Crato. À tarde participa de reunião com Lideranças do Centro e à noite, a partir das 19h00, participa de jantar com Lideranças do PCdoB.

Juazeiro do Norte

Raimundo Macedo (PMDB)
O candidato do PMDB, Raimundão, se reúne às 17h30 com membros da Igreja Mãe Rainha no Conjunto Pirajá, Bairro José Geraldo da Cruz. À noite, a partir das 19h00, participa de ato religioso na Rua do Cruzeiro, 1617. Às 20h30, faz reunião política na Rua Joana Bezerra dos Santos, 40, Bairro Aeroporto.

Demontieux Fernandes (PSOL)
Com agenda somente à tarde, o candidato do PSOL, faz a partir das 17h00, mais uma Esquina do Trabalhador, na Rua do Limoeiro, 1976, na Pracinha do Sol.

Manoel Santana (PT)
Pela manhã, o candidato do PT toma café com o ex-presidente LULA na capital paulista. Ainda pela manhã, a partir das 10h00, faz gravação de programa eleitoral e seção de fotos com o ex-presidente Lula.

Os outros candidatos não enviaram agenda para divulgação. (As agendas podem ser enviadas para o e-mail: madson.vagner@gmail.com).

Movimentos de campanha no Crajubar


Os três maiores municípios do Cariri (Crato, Juazeiro e Barbalha), estão em pleno desenvolvimento de ações de campanha e nesse fim de semana deram uma grande demonstração de força com a realização de grandes eventos.

Confronto de lideranças na Barbalha

No sábado (28), a cidade de Barbalha assistiu ao início dos grandes eventos nas campanhas que devem polarizar a disputa. Os candidatos do PT e do PPS colocaram suas campanhas na rua e juntaram um grande número de eleitores em seus eventos.

O petista, Zé Leite, candidato a reeleição, reuniu no bairro do Rosário, lideranças como o Senador José Pimentel, o deputado mais votado da última eleição e atual secretário das Cidades, Camilo Santana, o ex-prefeito João Ilário e outras lideranças locais, para um comício que reuniu cerca de 3 mil pessoas, entre militantes e eleitores.

O candidato do PPS, Argemiro Sampaio, inaugurou seu Comitê no Centro, e reuniu lideranças como os deputados federais Manoel Salviano (PSD), João Ananias (PCdoB) e André Figueiredo (PDT); além do ex-prefeito Rommel Feijó. O candidato do PPS conseguiu reunir, também, um grande número de eleitores e militantes, algo em torno de 3 mil pessoas.

O candidato do PSOL, não nos informou nada de sua agenda e, ao que aparentou não teve movimento de destaque no sábado.

Inaugurações de comitês e caminhadas marcaram o fim de semana no Crato

Os quatro candidatos a prefeito do Crato, promoveram muitas ações de campanha no fim de semana. Autoridades políticas, candidatos e muitos militantes fizeram do contato direto com o eleitor a máxima das ações.

No sábado, o candidato do PV, Cícero França, fez caminhada pelas ruas do centro e inaugurou seu comitê na Rua Duque de Caxias. O prefeito Samuel Araripe esteve sempre ao lado do candidato e dos militantes.

No mesmo sábado, o petista Marcos Cunha, também, fez caminhada pelas ruas do Centro ao lado do senador José Pimentel que foi bem recepcionado pelos trabalhadores do comercio.

Na sexta à noite e no sábado pela manhã, Sineval Roque, candidato do PSB, também inaugurou seu comitê central na Avenida Padre Cícero, saída para Juazeiro, e no centro, na conhecida Rua da Vala.

Já o candidato do PMDB, Ronaldo Matos, no sábado pela manhã fez visita ao comercio e a noite corpo a corpo no Bairro da Batateira. No domingo caminhou pelo Bairro do Seminário, onde foi bem recepcionado por moradores da Rua Diógenes Frazão.

Reuniões e corpo a corpo foram opções dos candidatos juazeirenses

Os candidatos a prefeito de Juazeiro investiram no corpo a corpo com o eleitorado e na participação de eventos com grande aglomeração de pessoas.

O petista Manoel Santana, prefeito e candidato a reeleição, no sábado fez corpo a corpo na feira livre da vila São Francisco e participou de reunião política no Jardim Gonzaga.

O candidato do PMDB, Raimundão, no sábado fez caminhada no Bairro Pio XII e, no domingo prestigiou a corrida de jumentos no Sítio Amaro Coelho.

O candidato do PSOL, Demontieux Fernandes, mudou seu foco da Esquina do Trabalhador e participou também da corrida de jumentos no Sítio Amaro Coelho.

Presidente do PSDB mineiro diz que Ciro traidor


O presidente do PSDB de Minas Gerais, deputado Marcus Pestana, disse em entrevista ao Último Segundo, site www.ig.com.br, que o ex-ministro Ciro Gomes é um traidor, está no ostracismo e não esconde o incômodo com a projeção nacional do ex-governador de Minas Gerais, senador Aécio Neves (PSDB-MG) e do presidente nacional do PSB e governador de Pernambuco, Eduardo Campos.

A afirmação foi uma reação às declarações de Ciro que, em entrevista ao Jornal O Estado, apoiou a reeleição da presidenta Dilma Rousseff em 2014. Ciro defendeu que os socialistas só entrem na disputa pelo Palácio do Planalto em 2018.

"O Ciro está visivelmente incomodado com a projeção do Aécio e do Eduardo Campos e com o seu papel marginal na política", afirmou Pestana. O presidente do PSDB argumentou ainda que Ciro "traiu o povo do Ceará" ao ceder aos apelos do ex-presidente Lula e mudar seu título de eleitor para São Paulo, em 2009. "Ele (Ciro) deu às costas ao povo do Ceará."

Quando as palavras perdem o controle

Que Ciro Gomes tem vivido de polemicas, isso é verdade. Mas, que suas intervenções estariam causando tanto impacto, isso é novidade. Na verdade, parece que o presidente do PSDB mineiro perdeu a paciência e a noção do que político de projeção regional e nacional. Ele, por exemplo, é um político de projeção regional, enquanto Ciro há muito tempo se projeta nacionalmente.

Além do mais, também há muito, Ciro optou pelos partidos de esquerda. Tem sido assim desde que saiu do PSDB e ingressou no PPS e depois no PSB. E, é inegável que o crescimento do PSB começou com a sua entrada. Então chama-lo de traidor por ter apoiado uma tese da base de esquerda com mais possibilidade de vitória é, no mínimo, ciúmes por tê-lo perdido.

Ciro não faz mais parte da articulação da direita em que está inserido o PSDB e, na verdade, Aécio Neves, sequer, tem entrado no debate do senado. Ao contrario de quando era governador, Aécio tem ficado no anonimato e sem qualquer influencia em Brasília. Então as acusações do deputado Marcus Pestana, mas parecem uma tentativa de colocar Aécio na mídia.

Quanto a Ciro ter transferido seu título para São Paulo, nada de mais. Ele é filho de São Paulo, mas nunca escondeu que é cearense de coração. E mesmo com filiação na capital paulista, jamais abandonou o Ceará.

Ciro Gomes é um político experiente. Foi candidato à Presidência da República por duas vezes (1998 e 2002). Ele não escondia sua pretensão de concorrer novamente em 2010, mas soube enxergar outras possibilidades dentro do contexto. Isso é normal e da conotação de que Ciro está sempre aberto às discussões.

Justiça cassa candidato a prefeito em Brejo Santo


A Justiça Eleitoral de Brejo Santo indeferiu na última quinta-feira (27), por decisão do juiz Alexandre Santos Bezerra Sá, os registros das candidaturas de Samuel Marcos e Dalton Vidal, respectivamente, candidatos a prefeito e a vice-prefeito do município. Ambos pertencem ao Partido da República (PR).

A decisão, publicada no Dário da Justiça, teve como base a, também, cassação do mandato de Samuel Marcos como vereador de Brejo Santo. Na época o mandato foi cassado pelo colegiado do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) e ratificado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Desta vez o pedido de indeferimento foi provocado pelo Ministério Público e pela coligação “Pra Fazer Ainda Mais”.

Segundo a sentença judicial, a condenação por órgão judicial colegiado pela infração prevista no artigo 41-A da Lei nº 9.504/97 acarreta, automaticamente, a inelegibilidade do impugnado. A Justiça entendeu ainda que Dalton Vidal, candidato a vice, apesar de preencher todos os requisitos legais exigidos para o deferimento do registro, faz parte da chapa e essa foi indeferida por completo.

As brechas da lei

Para início de conversa, a justiça nem deveria aceitar sequer a inscrição do candidato, já que, havia um dispositivo legal que o tornava inelegível. Mas, esse é o famoso sentimento de impunidade que nos rodeia e que a justiça terá que trabalhar muito para mudar. Ora, o sujeito é cassado como vereador e ainda acredita que poderá ser candidato a prefeito. Simples assim. Isso é, realmente, um absurdo.

No computo geral, ainda são muitas as candidaturas analisadas pela justiça e poderemos ter muitas surpresas. Agora é bom reforçar novamente, o papel da população; do eleitor nesse processo. É notório que a justiça não terá tempo para julgar todos os processos e cabe ao eleitor procurar saber quem continua sob júdice e analisar se vale votar nessas candidaturas que possivelmente serão impugnadas lá na frente.

Não se trata de se perder o voto, afinal voto não se perde. Todo voto é uma vitória do eleitor e da democracia. Mas, essa é uma questão bom senso. E a analise sobre o bom candidato deve levar em conta todas as nuances que envolvem seus nomes. Agora, nos resta esperar que a justiça consiga cumprir os prazos para que não precisemos começar os novos mandatos com representantes eleitos ainda sob suspeita. Isso desgasta o regime democrático e a cabeça do povo.

sexta-feira, 27 de julho de 2012

Agenda dos candidatos – 27.07


Crato

Ronaldo Matos (PMDB)
O candidato do PMDB almoça com lideranças do Distrito de Ponta da Serra. À tarde, às 16h00 faz corpo a corpo na Sagrada Família e à noite, a partir das 19h00, faz reunião política na Rua Maria Júlia.

Cícero França (PV)
Pela manhã o candidato do PV, faz visita ao bairro Pantanal. A tarde, a partir das 14h00, visita o bairro Vila Alta e a noite, 19h30, faz Caminhada pelo bairro Seminário.

Sineval Roque (PSB)
O candidato do PSB tem como agenda única, às 18h00, a inauguração do Comitê Central da Campanha, na Avenida Padre Cícero, 33. Próximo ao viaduto saída do Crato.

Marcos Cunha (PT)
Durante o dia inteiro, manhã e tarde, o candidato do PT faz corpo a corpo no centro do Crato. À noite acontece o jantar de adesão da campanha, com a presença do Senador Pimentel, a partir das 20h00, no Crato tênis Clube.

Juazeiro do Norte

Demontieux Fernandes (PSOL)
A partir das 16h30h, o candidato do PSOL estará em mais uma Esquina do Trabalhador, no cruzamento da Av. Floro Bartolomeu com Rua Santa Rita, no bairro Juvêncio Santana.

Manoel Santana (PT)
À tarde, a partir das 16h00, o candidato do PT faz caminhada na Rua São Pedro, com concentração na Rua São Pedro com Rua Rui Barbosa (Próximo ao CREDE 19). Após a caminhada haverá um ato político na Praça Padre Cícero. À noite, 19h00, faz reunião na CDL com empresários. Em todas as atividades as presenças do Deputado Manoel Salviano e o Senador José Pimentel.

Raimundo Macedo (PMDB)
Pela manhã, a partir das 8h00, o candidato do PMDB faz visitas na comunidade do Campo Alegre. À tarde, a partir das 17h30, faz caminhada no Bairro Triangulo com saída da Rua Maria Aurora, 236, por trás do Hospital de Fraturas. À noite, às 21h00 faz reunião política na Rua Campos Elisios, 820, entre as ruas São Benedito e 1º de Maio, no bairro Franciscanos.

Os outros candidatos não enviaram agenda para divulgação. (As agendas podem ser enviadas para o e-mail: madson.vagner@gmail.com).

STF investiga Raimundo Macedo por crime contra o sistema financeiro


O candidato a prefeito de Juazeiro do Norte, Raimundo Macedo (PMDB), é o único parlamentar cearense na lista dos 36 parlamentares investigados pelo Supremo Tribunal Federal (STF). A informação é site congressoemfoco.uol.com.br e do blog do Eliomar.

Segundo a informação, dos 92 congressistas que vão disputar as eleições de outubro, 40% são alvos de investigação na mais alta corte do País, onde tramitam as acusações criminais envolvendo congressistas e outras autoridades federais.

No total, são três senadores e 32 deputados federais com alguma pendência judicial postulando cargos de prefeito; há ainda um deputado investigado concorrendo a vice-prefeito.

O deputado Raimundo Macedo está licenciado da Câmara desde 7 de fevereiro. Ele é réu na Ação Penal 664, que trata dos crimes contra o sistema financeiro nacional.

Nenhuma novidade

A pergunta é: qual a novidade? Raimundo Macedo está sendo investigado por isso a muito tempo. O problema é o julgamento que não anda. Tem sempre um membro da justiça disposto a liberar uma liminar para garantir isso ou aquilo. Permitir a candidatura de alguém investigado por um motivo tão sério como esse é o mesmo que garantir que possibilidade de entregar o galinheiro a raposa.

Não estou condenado ninguém, até porque não tenho esse poder, mas isso, na verdade, já está cansando quem quer um país sério e comprometido com as causas justas. A Lei da Ficha Limpa está aí, mas infelizmente temos uma parte da justiça viciada em liminares e subterfúgios que acabam favorecendo ao mau político em detrimento a vontade do povo. Num país onde 68% da população são analfabetos funcionais, não podemos dizer que o resultado de eleições representam de forma consciente a vontade do povo.

Garantir o direito a todo é qualquer cidadão de ser candidato é licito e justo. Mas, esse principio deve ser garantido àqueles que tem uma vida ilibada. Para pleitear ser governante é preciso ter passado limpo. Claro que todos têm o direito a defesa e apresentar suas explicações. Mas, não dá para fazer isso, enquanto almeja ser prefeito. A justiça erra quando permite os candidatos sob suspeita de cometer crimes, principalmente, que envolvem recursos financeiros.

Agora o STF anuncia essa investigação e promete punir os culpados. Mas, sobre isso, ainda cabe algumas indagações: Não seria melhor julgar antes da eleição? É se, por acaso, Raimundo Macedo for julgado culpado e perder o direito de ser candidato? Já imaginaram a confusão na cabeça do eleitor?

Mas, se alguém tem dúvida com relação a esse processo, e tomar como base de observação o caso dos prefeitos de Abaiara e Caririaçú, vai concluir que nada vai acontecer. Mas, vamos para frente.

Candidato do PCdoB desiste de candidatura em Jati


O município de Jati foi surpreendido na tarde dessa quinta-feira (26) com a desistência do candidato do PCdoB, o médico Ediceu Justino. Segundo informações, ele teria apontado a falta de estrutura de campanha e poucos apoios de lideranças, como motivo da desistência.

Ediceu Justino deve partir para o apoio ao candidato do atual prefeito Arlindo Rocha. A coligação do candidato Luciano Bezerra (PRB), ganha o apoio de mais três partidos, (PCdoB, PSDB e PTB) que, junto aos cinco da coligação, somam oito partidos.

Além do apoio de partidos como PT e PMDB, o grupo ganha ainda o apoio do ex-prefeito Filgueira.

(Colaboração Bruno Morais)

Falta planejamento

Na verdade, essa é uma falha de vários candidatos no Brasil inteiro. O planejamento, que deve ser feito antes da eleição e, é de primordial importância para identificar a potencialidade de uma candidatura. Mas, ao contrario, o que se vê são candidatos insistindo em candidaturas sem possibilidades. Veja-se o caso de Alcymar monteiro em Juazeiro.

O problema desse tipo de aventura é que o candidato acaba se queimando para pretensões futuras. Desistir de uma candidatura no meio de um processo eleitoral é perder, para sempre, a segurança do eleitor de que pode chegar em outra ocasião.

Mas, esse tipo de caso é mais comum do que imaginamos. Em outros casos, vemos pré-candidaturas colocadas apenas para sentir o potencial e acabam sendo retiradas na hora “H”. Não são pré-candidaturas discutidas na base da sociedade. Elas nascem do desejo pessoal ou do desejo de potencializar uma futura negociação. Em Juazeiro temos pelo menos meia dúzia de situações como essa. Isso confunde a população e acaba diminuindo, também, a confiabilidade do eleitor.

Tirar uma candidatura no meio do processo eleitoral é, acima de tudo, desrespeito ao eleitor que já havia se definido. Agora, com que cara esse candidato vai dizer ao seu eleitor que o projeto do adversário é melhor que o seu. É como assinar uma carta de incompetência.

Curtas


PROMETENDO: Em entrevista ao programa Debates do Povo (rádio O POVO) Francisco Gonzaga, candidato a prefeito de Fortaleza pelo PSTU, disse sua eleição significaria o fim das greves em Fortaleza. O problema é que dirige a greve da construção civil, categoria à qual pertence o candidato. Ou seja, greve em Fortaleza virou, assumidamente, instrumento político.

SILÊNCIO: A campanha eleitoral em Barbalha ainda continua no mais profundo silêncio. Parece que os candidatos estão reservando suas forças e dinheiro para gastarem nos últimos dias. Os eventos de campanha são esporádicos e pontuais. A cidade vive um clima de paz.

quinta-feira, 26 de julho de 2012

Agenda de candidatos – 26.07


Ronaldo Matos – Crato
O candidato do PMDB faz corpo a corpo no Conjunto Novo Horizonte, a partir das 16h00.

Cícero França – Crato
Pela manhã, a partir das 8h00, o candidato do PV fez visita ao bairro Vila Lobo. À tarde, a partir das 14h00, faz visita ao bairro Pinto Madeira e a noite, às 19h30, caminha no bairro do Seminário.

Demontieux Fernandes – Juazeiro
A partir das 16h30, o candidato do PSOL faz ato público, chamado Casa do Trabalhador, Av. Paraíba, 697, residência de Assisão, Bairro João Cabral.

Manoel Santana – Juazeiro
Pela manhã, às 6h30, o candidato do PT faz reunião com participantes de atividades físicas na Praça da Bíblia. Às 8h30 visita as famílias da Cidade de Deus, Rua Zé Ferino Pedro dos Santos, 979. Às 12h00 almoça na casa de pai Miguel, na Av. Ministro Colombo de Sousa, 604. Às 17h30 faz volta a Praça da bíblia. A Noite, a partir das 18h30 faz reunião política na Av. Dr. Floro, 1184, São Miguel. Às 19h30 faz reunião política na Rua Capitão Domingos, 1173, Limoeiro.

Raimundo Macedo – Juazeiro
Pela manhã o candidato do PMDB tomou café comunitário na Vila Três Marias. À tarde, a partir das 16h00, se encontra com moradores da Rua Sebastião Regis, Vila São Francisco. Às 17h30, faz caminhada no Bairro Tiradentes, com saída prevista para as 19h00 da Rua do Ancião, 109. À noite, inaugura comitê do vereador Roberto Sampaio (PSB) na Rua Joaquim de Souza Menezes, 624, Bairro Romeirão. Às 21h00 participará de reunião na Rua Doutor Osvaldo Juca Neto, 49, Bairro Frei Damião.

Os outros candidatos não enviaram agenda para divulgação. (As agendas podem ser enviadas para o e-mail: madson.vagner@gmail.com).

Prefeitos de Caririaçú e Abaiara denunciados pelo Tribunal de Justiça do Ceará


Os prefeitos de Caririaçú, José Edmilson Leite Barbosa (PSB), e Abaiara, Francisco Joaquim Sampaio, tiveram aceitas denuncias, junto as Câmaras Criminais Reunidas do Tribunal de Justiça do Ceará (TJ-CE), nesta quarta-feira (25). Segundo informações da assessoria de imprensa do TJ-CE, outros cinco prefeitos do Estado também tiveram denuncias aceitas pelo órgão.

De acordo com o Ministério Público do Estado do Ceará (MP-CE), as denuncias se referem à dispensa de licitação, doações e contratações irregulares. Ainda segundo o MP-CE, os gestores teriam cometido crimes contra a administração pública.

Além dos prefeitos caririenses, foram denunciadas irregularidades nas administrações de Gilson José de Oliveira (Quixelô), Marcos Camelo Marques (Pires Ferreira), Araújo Marques Ferreira (Jijoca de Jericoacoara), Raimundo Melo Sampaio (Ipueiras) e Eliene Leite Araújo Brasileiro (General Sampaio).

O TJ-CE deve abrir processo contra os prefeitos e, caso, se confirme as denuncias os gestores podem ser afastados dos cargos.

No apagar das luzes

Na verdade, por mais que a justiça mereça aplausos pelos trabalhos realizados recentemente, é importante ressaltar a dificuldade em finalizar esse tipo de processo. Nos casos do Cariri, os dois prefeitos já estão na reta final dos mandatos e só agora foi feita a denuncia.

O prefeito de Caririaçú, Edmilson Leite, em 2006, teria repassado R$ 659.768,00 à Câmara de Vereadores, mas a quantia correta, segundo a Promotoria de Justiça, seria R$ 689.286,77. É claro, o prefeito se manifestou pela improcedência da denúncia. Mas, veja que o ato aconteceu em 2006, ou seja, há 6 anos atrás.

No caso de Joaquim Sampaio, prefeito da Abaiara, o tempo é ainda maior. No ano de 2004, o gestor não remeteu a prestação de contas mensal do município no prazo legal, além de não realizar licitação para locação de veículos e promoção de shows, entre outros. Um verdadeiro festival de irregularidades. Mas, apenas 8 anos depois, ele é denunciado.

O que a sociedade espera é que os gestores que cometem irregularidades sejam punidos com mais celeridade. Puni-los no apagar das luzes de seus mandatos é passar a impressão de que o crime compensa. É claro que reconhecemos o esforço desses profissionais, como, também, entendemos que eles são poucos e que precisam de ajuda. O governo precisa contratar conforme o aumento da demanda. E isso não é apenas na justiça. A educação, por exemplo, precisa urgentemente de mais professores e melhores salários. A sociedade cresce, mas o poder público não acompanha.

Certo mesmo, é que agora o Tribunal de Justiça começa a investigar e isso ainda deve levar um tempo para ser concluído; ou seja, corre-se o risco desses prefeitos terminarem os mandatos antes da punição. Esse não é o Brasil que queremos, mas, é o Brasil que temos.

Bicha Muda é avaliada por psiquiatra

O candidato a vereador pelo PRB, João dos Reis Filho, a “Bicha Muda”, foi submetido, ontem (25) a exame de sanidade mental. O pedido foi feito pelo promotor José Carlos Felix como forma de avaliar as capacidades do candidato para exercer o cargo, caso eleito.

O exame aconteceu no consultório do psiquiatra Pedro Jorge Malzone, no Cariri Medical Center. Estiveram presentes, a presidente do PRB, Ana Paula Cruz, o promotor José Carlos Felix, o Juiz 119ª Zona Eleitoral de Juazeiro do Norte, Djalma Sobreira Dantas Júnior, os advogados do candidato José Baoventura Filho e José Nildo Rodrigues, além da imprensa e curiosos.

Após o exame Dr. Pedro Jorge malzone, disse ter ficado satisfeito com o desempenho do candidato, já que todas as perguntas foram respondidas com segurança, mas o laudo final será entregue amanhã (27) a justiça.

No caminho certo

Durante o exame foi usado um interprete da Língua de Sinais Brasileira de Sinais (libras) e a Bicha Muda se saiu muito bem, sem precisar de interlocutor. Esse é o caminho. Nós estamos numa democracia, mas isso não quer dizer que todos podem ser candidatos. Acertou o promotor José Carlos Felix e acertou o partido que disponibilizou um tradutor. Para nos representar a pessoa tem que, no mínimo, mostrar que pensa por si só.

Tudo indica que a Bicha Muda deva ser aprovada no exame. Agora é preciso muito cuidado para que o resultado de todo esse processo não vire uma bandeira eleitoral. E os eleitores têm um papel muito importante nesse momento. O fato de ter sido questionado sua capacidade, não pode ser combustível para favorecimento da sua candidatura. Antes é preciso analisar suas propostas.

Agora, ninguém pode negar que os casos do Tirica, em São Paulo, e da Bicha Muda, em Juazeiro, nos dão animo para esperar que o fato se torne rotineiro, já que temos muitos políticos que também merecem uma análise profunda.

Mas, certo mesmo de tudo isso é a demonstração do grau em que nossa democracia está. Garantir o espaço a todos, desde que capazes, é o primeiro passo para nos tornarmos uma democracia madura. E creio que esse tipo de analise está apenas começando.

Curtas


EM SEGUNDO PLANO: O candidato a prefeito de Fortaleza Moroni Torgan (DEM) disse ontem (25) que, se eleito, colocará “em segundo plano” a liberação de recursos públicos para eventos religiosos, como a Marcha para Jesus e a Caminhada com Maria. Ele disse que dará a esses eventos religiosos, o mesmo tratamento que dará a Parada Gay.

TODOS QUEREM: Maiores impulsionadores de votos entre eleitores de Fortaleza, o ex-presidente Lula e a presidente Dilma Rousseff, estão sendo disputados pelos candidatos Inácio Arruda (PCdoB) e Elmano de Freitas (PT). Ontem, a juíza Maria do Livramento Alves Magalhães, da 82ª Zona Eleitoral, decidiu que o senador Inácio Arruda (PCdoB) não poderá utilizar a imagem dos petistas na campanha.

ESCLARECIMENTO: A assessoria do candidato a prefeito do Crato, Ronaldo Gomes de Mattos (PMDB), escreveu à nossa redação para esclarecer que o casal Jô e Sergio, não foi afastado da sua campanha, como também, nunca foi contratado para exercer nenhuma função na sua candidatura. Esclarece que Jô e Sergio são voluntários e potenciais colaboradores da campanha.

ESCLARECIMENTO II: O Mosteiro de Nossa Senhora da Vitória, tendo sido informada do que foi publicado no dia 21 de julho, AGENDA DOS CANDIDATOS, comunica que não tem conhecimento desse evento em prol da construção da igreja e não autoriza o uso de seu nome para qualquer finalidade.

quarta-feira, 25 de julho de 2012

Agenda de candidatos – 25.07


Ronaldo Matos – Crato
O Candidato do PMDB abre a manhã com reunião com Lideranças na Vila Alta, às 8h00. À tarde, 14h00, visita fábricas na mesma Vila Alta. Às 16h00 se reúne com lideranças do bairro Muriti. Às 18h00 faz reunião com lideranças no Conjunto 10 de Fevereiro. À noite, a partir das 19h30 faz reunião na Igreja Evangélica do São Bento.

Cícero França – Crato
Hoje pela manhã fez caminhada no Alto da Penha. À tarde, a partir das 14h00, o candidato do PV faz visita ao Parque Recreio. À noite, a partir da 19h30, faz caminhada no Bairro Seminário.

Demontieux Fernandes – Juazeiro
A partir das 16h30, o candidato do PSOL faz ato público, chamado Esquina do Trabalhador, no cruzamento das Ruas Santa Luzia com Santa Tereza.

Manoel Santana – Juazeiro
Pela manhã, a partir das 8h00, o candidato do PT participa de Seminário com portadores de HIV no SESC. Às 9h00 acompanha a Missa de Encerramento da festa de São Cristóvão no bairro do Aeroporto. Às 11h30, almoça com Cooperados do Engenho do Lixo no Juvêncio Santana. À tarde, 15h00, reunião pública na Rua Poeta Vitorino Vicente, bairro Frei Damião e às 18h00 a reunião é na Rua Coronel Nery, 566, Pio XII. À noite, a partir das 19h00, faz outra reunião pública na Rua São Geraldo, 527, Franciscanos. E encerra as reuniões na Rua Teodomiro Rocha, 1038, nas Timbaúbas.

Raimundo Macedo – Juazeiro
O candidato do PMDB participa de reunião pública a partir das 16h30 na Rua Geisa Sobreira, 64, Bairro Tiradentes. Às 17h30 faz caminhada com concentração no cruzamento das Ruas Moésio de Souza e Travessa Cícero Gonçalves, Bairro São José. À noite, a partir das 21h00, os candidatos participam de encontro na Rua Ioni de Castro, 60, na Vila Nova.

Os outros candidatos não enviaram agenda para divulgação. (As agendas podem ser enviadas para o e-mail: madson.vagner@gmail.com, supertempoeleicoes2012@gmail.com, eleicoesmiseria@gmail.com).

Campanha no Juazeiro esquenta de vez


A campanha eleitoral no município de Juazeiro do Norte esquentou de vez. As atividades e ações dos candidatos a prefeito e vereadores tiveram um grande impulso nesse início de semana.

Caminhadas, reuniões e pequenos comícios mostram, além da força dos candidatos, as grandes estruturas disponibilizadas. O candidato do PT a reeleição, Manoel Santana, e o ex-prefeito Raimundo Macedo (PMDB), têm o maior número de ações e as maiores estruturas. Demontieux Fernandes (PSOL) tem registrado apenas uma atividade por dia, mas também está nas ruas.

Na tarde de ontem, terça-feira (24), Manoel Santana realizou grande caminhada pela Rua São Benedito e 22 de julho, finalizando com comício na Rui Barbosa com Ernestina Sobreira. A agenda contou com as participações dos deputados federais Manoel Salviano (PSD) e José Guimarães (PT).

Além das atividades de caminhadas, comícios e reuniões, o candidato Raimundo Macedo, já conta com um grande número de ativistas nas ruas da cidade com bandeiras e material impresso.

O candidato do PSOL, Demontieux Fernandes, tem investido no contato direto com o eleitor em atividades denominadas Esquina do Trabalhador.

Durante toda a semana as agendas devem continuar com muitas atividades e nas ruas devemos ver cada vez mais ações dos candidatos, tanto a vereador, quanto a prefeito.

A polarização

Na verdade, o que veremos a partir de agora é a polarização das candidaturas com maiores estruturas. O que se viu ontem com o candidato do PT, Manoel Santana, e no decorrer da semana com o candidato do PMDB, Raimundo Macedo, nos dá a clara impressão de como será essa campanha.

Serão duas grandes estruturas disputando palmo a palmo e, correndo por fora, a candidatura do PSOL, com Demontieux Fernandes, investindo no corpo a corpo e no debate das ideias. Esse panorama deve ser a tônica da campanha. A própria previsão de gastos já indicou isso no TSE.

Agora há de se destacar a montagem dos palanques. Ao lado de Raimundo Macedo estão lideranças como o deputado federal Arnon Bezerra (PTB) que, inclusive emplacou o vice na chapa, o ex-deputado estadual Vasques Landim (PR), o senador Eunício Oliveira, apesar de ainda não ter vindo a nenhum evento, e muitos outros. Já, ao lado de Santana estão nomes como os deputados federais Manoel Salviano e José Guimarães, vice-presidente nacional do PT, além de outras lideranças populares.

Mas, o que é mais destacado pelos populares nesse início de campanha é a inversão desses apoios. Na eleição passada, estavam Manoel Santana e Raimundo Macedo contra Manoel Salviano. Nesse ano a coisa se inverteu e Santana e Manoel Salviano enfrentam Raimundo Macedo. Ou seja, nada mais surpreende o eleitor de Juazeiro daqui para frente.

Quanto ao motivo, ele é simples: Raimundo Macedo conseguiu romper com os seus dois últimos aliados. Nos dois embates com Salviano, ganhou um e perdeu outro. O problema é que Salviano, quando perdeu continuou na base e indicou o vice. Já Raimundo Macedo, quando perdeu, brigou, abandonou Salviano e ajudou a eleger Santana. Na política, saber perder e ganhar é mérito.

Certo mesmo, é que este ano a eleição ainda pode reservar grandes surpresa. Primeiro porque ninguém ganha de véspera e segundo e segundo porque não se pode menosprezar qualquer que seja a estrutura ou o candidato. A final, quem escolhe é o povo.

Curtas


FORA: O deputado estadual Perboyre Diógenes (PMDB) é a primeira vítima da Lei da Ficha Limpa no Ceará. A candidatura dele à Prefeitura de Saboeiro foi indeferida pelo juiz da 80ª zona eleitoral, Ricardo Alexandre da Silva, última quinta (19). Perboyre teve contas da sua gestão como prefeito, desaprovadas pelo TCU e TCM-CE.

PRESO: O candidato a prefeito de Nova Russas, Chiquinho Edgar (PSDC) foi preso ontem (24), por suspeita da prática de furto, roubo e formação de quadrilha. Chiquinho Edgar foi preso na própria residência. O curioso é que o candidato pertence ao partido do mais destacado repórter policial do estado, hoje, deputado estadual Ely Aguiar.

TREINAMENTO: O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) está realizando um treinamento à distância com funcionários dos cartórios eleitorais sobre todos os sistemas a serem introduzidos na urna eletrônica para as eleições de outubro. Na primeira quinzena de agosto, em Fortaleza, será realizado um treinamento presencial com o mesmo objetivo.

QUEM PAGOU: O jornalista Donizete Arruda, Jornal do Cariri, traz em sua coluna desta semana, um grave questionamento. Segundo ele, a Associação Comercial e Empresarial do Crato, que contratou a pesquisa de opinião do Crato, não mostrou de onde veio o recurso que pagou o Ibope Inteligência, instituto responsável pela consulta. A suspeita é que o financiador tenha sido um candidato.

terça-feira, 24 de julho de 2012

Agendas dos candidatos - 24.07


Ronaldo Matos – Crato
O candidato do PMDB, pela manhã, faz visitas a Indústrias e Fábricas. Almoço no Seminário com Lideranças. À tarde faz corpo a corpo na Vila Lobo e a noite faz reunião com a equipe para traçar estratégias.

Demontieux Fernandes – Juazeiro
A partir das 16h30, o candidato do PSOL faz ato público, chamado Esquina do Trabalhador, no cruzamento da Rua São Benedito com Av. Carlos Cruz.

Manoel Santana – Juazeiro
Pela manhã o candidato do PT, faz reunião pública na Rua Dom Almeida, 109, Jardim Gonzaga. À tarde, a partir das 15h00, a reunião é na Rua Jose de Alencar, 250, bairro Santa Tereza. No fim da tarde, a partir das 17h00 terá caminhada com concentração na Rua São Benedito com Av. Castelo Branco, no Limoeiro. A caminhada terá a presença do deputado federal José Guimarães.

Os outros candidatos não enviaram agenda para divulgação. (As agendas podem ser enviadas para o e-mail: madson.vagner@gmail.com).

Partidos do Cariri se preparam para propaganda gratuita


A grande maioria dos partidos que disputam cargos eletivos no Triangulo Crajubar (Crato, Juazeiro e Barbalha), já se preparam para os programas eleitorais que serão transmitidos no rádio e na televisão, a partir de 21 de agosto até dia 4 de outubro.

Segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a partir de 21 de agosto, os candidatos já poderão veicular no rádio e na TV suas propostas. O espaço é destinado a apresentação de propostas montadas pelas coligações para o legislativo e executivo.

No município de Juazeiro do Norte, onde as coligações terão acesso a propaganda de TV, já é visível o acompanhamento de cinegrafista junto aos candidatos para coleta de imagens que ajudarão na montagem dos programas.

As propagandas serão veiculadas nas rádios e televisões locais. No caso da televisão, somente o município de Juazeiro contará com a veiculação. Uma reunião na justiça eleitoral deverá definir as emissoras geradoras e a elaboração do plano de mídia. Na reunião também deve ser definida a divisão do tempo dos partidos e coligações, além da ordem de exibição dos programas.

O gratuito que sai caro

Na verdade, a propaganda eleitoral gratuita, para alguns partidos se torna um verdadeiro pesadelo. Os motivos são o alto custo, principalmente, onde tem televisão. Mas, a propaganda gratuita está se tornando cada vez mais decisiva no resultado final das eleições. É claro, que nas cidades maiores essa influencia aumenta significativamente.

O outro problema é a falta de profissionais qualificados, principalmente, pela alta demanda da época. Fazer uma propaganda de qualidade requer tempo, dedicação e interação entre equipe, candidato e projeto. Mas, essa interação acaba sendo dificultada porque o mesmo profissional finda se dividindo entre vários municípios e candidatos.

Agora o fator mais positivo da propaganda eleitoral é a informação que o eleitor recebe sem sair de casa. E aí, quanto mais qualificada essa informação, mais possibilidade de ganho para o candidato.

Outro fator positivo da propaganda gratuita é a possibilidade do debate diário entre os candidatos envolvidos na disputa. Conhecer as propostas e intenções dos candidatos é fundamental para que o eleitor decida seu voto. O que se percebe é que nos principais municípios do Cariri, a indecisão dos eleitores ainda é muito alta. Esse eleitor deve usar a propaganda eleitoral para ajudar na sua decisão. Ou seja, ela pode decidir a eleição.

Repercute resultado da pesquisa O Povo em Fortaleza


Ainda repercute na imprensa do estado o resultado da pesquisa O Povo/Datafolha, divulgada no domingo (22). Entre os dados obtidos, destaca-se o fato dos candidatos considerados fortes como Roberto Cláudio (PSB) e Elmano de Freitas (PT) serem desconhecidos por 68% dos eleitores.

A pesquisa mostra, ainda, que os mais conhecidos são os mesmos que lideram as intenções de voto. Os dois primeiros colocados, Moroni Torgan (DEM) e Inácio Arruda (PCdoB), são também os mais lembrados entre os fortalezenses – 92% dos eleitores disseram já conhecê-los de alguma forma. O terceiro colocado, Heitor Férrer (PDT), vem em seguida, sendo conhecido por 75% dos eleitores.

Pela mesma razão, Renato Roseno (Psol) também leva vantagem sobre Marcos Cals (PSDB). Os dois têm 6% das intenções de voto, mas Roseno é menos conhecido e, em tese, tem margem maior para crescer, se reverter o “anonimato”.

Lembrando que o Datafolha ouviu 831 eleitores em 18 e 19 de julho. A margem de erro é de três pontos percentuais e a pesquisa está registrada no TRE com o número CE-00004/2012.

O que está dando errado?

A matéria do Jornal O Povo, traz ainda, a informação de que Roberto Cláudio e Elmano de Freitas têm as maiores coligações, as maiores estruturas de campanha e os principais cabos eleitorais do Estado e do Município. Mesmo assim, os candidatos seguem desconhecidos por 68% dos eleitores.

A questão é que as decisões não estão sendo tomadas baseadas em consultas junto a população. O que estamos vendo é a imposição de lideranças que nem sempre têm afinidades com o povo. A população não tem a obrigação de engolir as decisões tomadas dentro dos gabinetes tomadas com base em teimosia e de cunho pessoal. Liderança nasce do seio da população e não das cabeças “brilhante”, de meia dúzia de políticos comprometidos, principalmente, com suas vaidades.

As maiores forças políticas de Fortaleza estão dando uma demonstração de como não se fazer política popular. Elmano nunca foi experimentado nas urnas, é claro que existiria uma dificuldade de emplacar seu nome; Roberto Cláudio entrou no último instante e, apesar de ser deputado, também, é pouco conhecido em Fortaleza.

Quando o povo diz que não conhece, não quer dizer que nunca ouviu falar. Ele quer dizer que não reconhece sua atuação como liderança; como pessoa representante de um projeto político capaz de melhorar a vida da população. Liderança não pode nascer de dentro para fora. Não pode ser imposta. E o problema maior para Cid e Luizianne é descobrir agora, depois da pesquisa que, não basta torna-los conhecidos como pessoas; Cid e Luizianne terão que convencer o povo que seus candidatos são lideranças. A questão é se eles terão tempo para isso.

Curtas


APELO: Existe candidato a vereador que está ultrapassando o limite do aceitável, em terno de apelo. Tem candidato colocando a foto do filho, recém-nascido, pedindo voto para o pai. Acredito que a justiça deveria olhar esse tipo de propaganda. Ela é, no mínimo, passível advertência.

BEM VINDO: O candidato do PSDB à Prefeitura de Fortaleza, Marcos Cals, em comentário ao resultado da pesquisa O Povo/Datafolha, apontando que 62% do eleitorado não votariam no candidato apoiado pelo ex-senador tucano, Tasso Jereissati, disse que “a participação de Tasso Jereissati em nossa campanha será do tamanho que ele quiser”.

SEM DIREITO: Estão fora do primeiro debate na televisão os candidatos à prefeitura de Fortaleza, André Ramos (PPL) e Gonzaga (PSTU). Eles não poderão participar porque seus partidos não têm representação parlamentar. É motivo de reflexão sobre a importância desses partidos que não conseguem se inserir no debate político da sociedade.

segunda-feira, 23 de julho de 2012

Crato-CE: Ronaldo Matos intensifica ações de campanha no fim de semana


O candidato do PMDB no Crato, Raimundo Gomes de Matos, intensificou suas ações de campanha neste fim de semana. Caminhadas, visitas e reuniões fizeram parte das ações que movimentaram vários bairros e comunidades do município.

No sábado, pela manhã, Ronaldo Matos e o vice, Raimundo Bezerra Filho, fizeram corpo a corpo no Centro da cidade e almoçaram no calçadão. À tarde, a partir das 16h00, os candidatos participam da plenária do PCdoB no palácio do Comércio, onde recepcionaram o deputado federal João Ananias (PCdoB).

No domingo, pela manhã, os candidatos participaram da largada da Jornada da Juventude na Praça da Sé. O evento contou ainda com a presença do Bispo Dom Fernando Panico. À tarde fizeram caminhada no bairro do Seminário, percorrendo a extensão da Rua Lavras da Mangabeira, finalizando na Praça dos Quatro Bancos.

Segundo números da organização os candidatos conseguiram contato com mais de 10 mil pessoas com as ações do fim de semana.

Novo ritmo

Na verdade, a campanha do PMDB, do Ronaldo Matos, estava estagnada por motivo de troca de comando no marketing. Saiu o Luiz Santos e entrou a publicitária Raquel Barros. Raquel é da “Dez Comunicação” e já repaginou todas a peças de publicidades. O que se comente é: quem disse que não se mexe em time que tá ganhando.

Agora, o que não se pode negar que a campanha do PMDBista foi às rua com vontade. São em média oito eventos e encontros políticos por dia. A dúvida é se eles, Ronaldo e Raimundo Filho, conseguirão manter o ritmo. Acredito que o volume das atividade deve diminuir no decorrer dessa semana. Foi algo como recuperar o tempo perdido.
Entre os eventos, Ronaldo fortaleceu a plenária do PCdoB que, apesar de não ter coligado na majoritária, deixa claro o apoio ao PMDBista. Agora, o que não se pôde deixar de notar foi a pouca capacidade de mobilização dos comunistas do Crato. O número de participantes só melhorou com a chegada da turma do Ronaldo.

Mas, certo mesmo, é que os outros candidatos do Crato terão que correr atrás, já que, o PMDB deu, nesse fim de semana, o tom do ritmo de como será daqui para frente.

Pesquisa do Jornal O Povo aponta Moroni liderando em Fortaleza


Pesquisa O Povo/Datafolha, divulgada neste domingo, mostram o início da corrida eleitoral para prefeito de Fortaleza com a liderança isolada de Moroni Torgam (DEM), com 27% das intenções de votos, seguido de Inácio Arruda (PCdoB), com 14%, e Heitor Férrer (PDT), com 11%.

Empatados na quarta posição estão Renato Roseno (PSOL) e Marcos Cals (PSDB), ambos com 6% das intenções. A pesquisa mostra ainda que o candidato do governador Cid Gomes, Roberto Cláudio (PSB), tem 5%, e o que tem apoio da prefeita Luizianne Lins (PT), Elmano de Freitas (PT), tem 3%. O professor Valdeci (PRTB) tem 1%, André Ramos (PPL) e Francisco Gonzaga (PSTU) não atingiram 1%.

Eleitores que declararam intenção de votar em branco, nulo ou em nenhum somam 6%. E os que ainda não decidiram somaram 21%. O Datafolha ouviu 831 eleitores de Fortaleza nos dias 18 e 19 de julho e a pesquisa está registrada no Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE) com o número CE-00004/2012.

O que será?

O que será que se passa na cabeça do eleitor de Fortaleza? Com certeza, essa é a pergunta que devem estar se fazendo o governador Cid e a prefeita Luizianne. E é bom que os dois tratem de tirar um grande coelho da cartola ou, nessas eleições, morrerão abraçados. E não foi por falta de avisos.

E não adianta lembrar Luizianne em 2004. Pelo menos, diz um ditado que “Um raio não cai no mesmo lugar duas vezes”. Agora a conjuntura é outra e a sua rejeição também. A prefeita tem 39% de rejeição. Quanto ao governador Cid, ele foi obrigado a arrumar um candidato de última hora e, consequentemente, partiu bem atrás. Resta saber se haverá tempo para recuperar o atraso.

O que não é surpresa é a colocação de Moroni. Para prefeito sua votação sempre esteve entre 20% e 30%. O problema é que esses números não sobem muito no segundo turno. Moroni tem a maior aprovação, mas também a maior rejeição. Ela chega a 27% das opiniões. Mas, pode ser que a estratégia de dividir DEM e PSDB dê resultado no segundo turno.

A grande surpresa da pesquisa é a queda de Inácio Arruda e Heitor Férrer. O candidato do PCdoB, além de cair para segundo, estando 14%, está empatado, tecnicamente, com Heitor Férrer, com 11%. A margem de erro da pesquisa é de 3 pontos percentuais. Ambos caíram mais cerca de 10%. Tanto Heitor como Inácio tem pouco tempo de Rádio e TV e isso pode acentuar a queda quando começar a propaganda gratuita. Os dois correm sérios riscos de ficarem pelo caminho.

Mas, dos nomes que correm por fora, o que pode surpreender é Renato Roseno do PSOL. Ele se manteve com 6% e aparece em quarto, empatado com Roberto Cláudio, candidato do governo. O eleitorado de Fortaleza, desde a era Tarso, tem votado preferencialmente em candidatos de esquerda. Na reta final isso pode fazer a diferença.

Agora certo mesmo, é que a eleição vai se decidir nos votos indecisos que somam os incríveis 21%. E, nesse momento, saber para onde irá esses votos é praticamente impossível. Mas, vamos esperar para ver o que acontece.

Agenda de candidatos – 23.07


Ronaldo Matos – Crato
Os candidatos a prefeito e vice da coligação PMDB/PPS, Ronaldo Matos e Raimundo Bezerra Filho, pela manhã tomam café e fazem corpo a corpo na Feira Livre e bairro Zacarias Gonçalves. Ainda pela manhã visitam lideranças no Muriti. Às 12h00 almoçam na Bebida Nova. À tarde, fazem visitas no bairro Alto da Penha e corpo a corpo no São Miguel. No fim da tarde tomam café na Praça Siqueira Campos e reúnem lideranças do bairro Pinto Madeira. À noite reúnem equipe para avaliação da campanha.

Demontieux Fernandes – Juazeiro
A partir das 16h30, o candidato do PSOL, Demontieux Fernandes, faz atividade política no cruzamento da Rua São Paulo com Av. Carlos Cruz. O evento é denominado Esquina do Trabalhador.

Manoel Santana – Juazeiro
Não terá agenda. Estará em Fortaleza.

Os outros candidatos não enviaram agenda para divulgação. (As agendas podem ser enviadas para o e-mail: madson.vagner@gmail.com).

Curtas


FALTARAM: Muita gente sentiu falta dos candidatos Raimundo Macedo e Demontieux Fernandes na Missa em Ação de Graças aos 101 anos de Juazeiro do Norte, ontem (22), na Igreja dos Franciscanos.

CONFUSÃO: A página do jornalista Felipe Patury, site da revista Época, informa que a prefeita de Natal, Micarla de Souza, quando deixar a administração, pretende abrir uma igreja. O problema é que no titulo da nota, em vez de Natal, diz que a prefeita é a de Fortaleza.  O que não é o caso. Só para efeito de curiosidade, Luizianne foi Testemunha de Jeová e na adolescência, realizava pregações de casa em casa. Ela afastou-se depois de ingressar no movimento estudantil.

DESTAQUE: O candidato a prefeito de Fortaleza pelo PSB, Roberto Cláudio, e o ex-ministro Ciro Gomes subiram no palanque oficial do evento que marcou a Marcha para Jesus, caminhada que congregou evangélicos no último sábado. Os dois falaram sobre paz e apregoaram uma cidade contra as desigualdades sociais. O problema é que o discurso da paz só está teoria.

AMEAÇA: O PSB de Missão Velha está ameaçando entrar com pedido de impugnação da candidatura do petista Tardine Pinheiro. Entre os motivos estaria a aliança formada pelo PT, PSDB, DEM e PPS. O outro motivo seria a inclusão de Tardine na Lei da Ficha Limpa. Ainda vai dar muito o que falar.

sábado, 21 de julho de 2012

Agenda de candidatos – 21.07


Manoel Santana e Atson Salviano - Juazeiro
Pela manhã o candidato do PT participa de evento em prol da construção da Igreja
Mosteiro Novo Juazeiro, faz adesivaço no Centro e se reúne com lideranças nas Timbaúbas. À tarde faz reuniões políticas na Zona Rural (Sitio Carneiros) e a noite faz reunião Rua Teodomiro Rocha,124, no Bairro Pio XII.

Ronaldo Matos – Crato
Pela manhã o candidato do PMDB faz corpo a corpo no Centro. Almoça no calçadão e faz reunião no Comitê a partir das 14h00. À tarde, a partir das 16h00, participa da plenária do PCdoB. À noite faz reunião com Moto-Taxistas e reúne equipe para avaliação.

Os outros candidatos não enviaram agenda para divulgação. (As agendas podem ser enviadas para o e-mail: madson.vagner@gmail.com).

sexta-feira, 20 de julho de 2012

PSB move ação contra coligação petista em Fortaleza


A direção do PSB de Fortaleza e a coligação “Para Renovar Fortaleza” que tem a frente o candidato a prefeito Roberto Cláudio, anunciou que entrará com ação junto ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Ceará contra a coligação de Elmano Freitas e o secretário Ademar Gondim.

A ação seria motivada pela participação do titular da Autarquia Municipal de Trânsito (AMC) e da Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor), Ademar Gondim, em visita do candidato a prefeito do PT ao Terminal do Papicu, na última quarta-feira, 18.

O PSB alega que o secretário infringiu a legislação eleitoral que veda a participação de gestores públicos em atos de campanha Durante o horário de trabalho e no local de trabalho. A coligação petista não quis comentar o assunto. Por meio da assessoria, informou que aguardará a notificação da Justiça para se pronunciar sobre o caso.

Para o secretário Ademar Gondim, o ato não pode ser considerado campanha eleitoral. Ele justifica que sendo titular da Etufor tem a responsabilidade, caso solicitado, de explicar o funcionamento do sistema de transporte de Fortaleza, a qualquer cidadão, seja ele candidato ou não.

Virou pessoal

O que parece é que PT e PSB desenvolverão uma campanha de acusações e embates judiciais. E tudo leva a crer que eles vão se digladiar até o último instante. O que não dá para esconder é que até bem pouco tempo, eles eram aliados e falavam a mesma linguagem. E esse é o problema dos políticos de hoje. Eles não discutem mais em torno de um projeto. Eles fazem uma discussão fria e calculista, ou pragmática, na simples ocupação do poder.

O PT e PSB da capital estão achando que estão sozinhos na disputa quando, na verdade, existem outros oito candidatos e, pelo menos, três a frente deles. Quando se fala na disputa para a prefeitura de Fortaleza, ainda não existem adversários definidos. Essa definição só ocorrerá na reta final, por volta dos últimos vinte dias. Escolher um adversário agora, pode deixar ambos os partidos com poucas possibilidades de disputarem o segundo turno e, caso um dos dois vá ao segundo turno, a radicalização e o tensionamento do primeiro turno pode eliminar as  possibilidades de aliança.

Para exemplificar o tencionamento que está acontecendo, na última segunda-feira, o PSB informou que moveria ação contra o deputado Eudes Xavier (PT), por ele ter levantado suspeitas sobre o financiamento da campanha de Roberto Cláudio, insinuando possíveis “falcatruas” na Casa Civil do governo do Estado. No episódio, errou o petista que não tem nada que fazer denuncias sem provas e agora erra o PSB que não pode acusar de favorecimento, já que, o secretário estava no exercício da função e apenas atendeu a um pedido. O que poderia ser feito, era o candidato do PSB, Roberto Cláudio, fazer o mesmo pedido. Se, caso, não fosse atendido, aí sim, poderia reclamar e até mover ação.

Mas, certo mesmo de toda essa tenção entre PT e PSB é que os outros candidatos agradecem e seguem com foco no segundo turno. É bom lembrar que são 10 candidato e não dá para eleger adversário agora. A não ser que o problema seja de ordem pessoal, motivado pelo rancor.

Agenda de candidatos – 20.07


Ronaldo Matos e Raimundo Filho – Crato
Pela manhã o candidato do PMDB faz visitas no Bairro Seminário, às 8h00, Vila São Bento, às 10h00, e almoça no mercado. À tarde visita a Ponta da Serra, ás 17h00, e a noite faz reuniões no São Gonçalo, às 18h30, nas Cacimbas às 20h30.

Demontieux Fernandes – Juazeiro
Com agenda única, o candidato do PSOL, faz ato político, às 16h30, na Praça da Estação do Metrô, na Vila Fátima. O ato é chamado Esquina dos Trabalhadores.

Manoel Santana e Atson Salviano – Juazeiro
Pela manhã, às 6h00 o candidato do PT assistiu a Missa do Padre Cícero, na Capela do Socorro; às 09h30 visitou o Bairro Antônio Vieira e Mutirão. À tarde, às 15h00, se encontra com liderança políticas no Comitê e a noite faz visita ao Bairro Novo Juazeiro.

Os outros candidatos não enviaram agenda para divulgação. (As agendas podem ser enviadas para o e-mail: madson.vagner@gmail.com).

Curtas


IMPUGNAÇÕES: O prefeito de Caucaia, Washington Góis, e a ex-prefeita, Inês Arruda, tiveram suas candidaturas impugnadas por problemas em coligação e desaprovação de contas, respectivamente. É o festival de impugnações que o Ministério Público e o TRE-CE estão promovendo. Parabéns!

IMPUGNAÇÕES II: O mesmo Ministério Público do Estado do Ceará, apresentou mais 16 ações de impugnação contra pedidos de registro de candidatura nos municípios de Iguatu e Quixelô. São dois candidatos a prefeito e 14 candidatos a vereador. Os candidatos a prefeito impugnados foram: José Gilson de Oliveira (Quixelô) e Aderilo Antunes Alcântara Filho (Iguatu).

INAUGURAÇÃO: O candidato do PDT/PPS à Prefeitura de Fortaleza, Heitor Férrer, inaugura hoje, sexta-feira, às 19 horas, no bairro Aldeota, seu comitê central de campanha. Nos bastidores, a dúvida é se o candidato a vice-prefeito, o empresário Alexandre Pereira, aparecerá. Desde que começou a campanha, Pereira não ainda não apareceu.

quinta-feira, 19 de julho de 2012

Juazeiro-CE: Candidatos a prefeito vão às ruas


Os candidatos, Manoel Santana (PT) e Raimundo Macedo (PMDB), foram às ruas na noite desta quarta-feira (18). Caminhadas, carreatas e reuniões abertas deram o tom do início da campanha em Juazeiro do Norte.

Manoel Santana aproveitou a noite para realizar reunião na Rua Coronel Fernandes, Pirajá. Cerca de 150 pessoas ouviram as palavras dos candidatos a prefeito e vice. Santana e Atson Salviano falaram sobre os avanços administrativos e a importância de se dar seguimento ao projeto.

Raimundo Macedo fez concentração, às 17h30, na rua Rui Barbosa, altura do n° 87, para sair em carreata pelas principais ruas do bairro Romeirão. A partir da Rua Paraíba a carreata se transformou em caminhada até a Rua da Paz, altura do n° 743, onde a atividade foi encerrada com um pequeno comício.

O candidato do PSOL, Demontieux Fernandes, fez atividade de campanha no Cruzamento das ruas Pio IX e São Pedro ao lado do Mercado José Teófilo Machado. Demontieux esteve acompanhado do seu vice, Valdir Barbosa, e do ex-vereador Fábio José.

Blocos na rua

Parece que as campanhas em Juazeiro, enfim, ganharam às ruas. Manoel Santana e Raimundo Macedo, até agora, protagonizam uma visível polarização nas intenções dos eleitores juazeirenses. Ambos declararam o mesmo custo de campanha, R$ 2 milhões, e, também, começam a campanha pelo contato direto com os eleitores. No mesmo passo Demontieux, começou priorizar uma agenda de contato com os eleitores.

Na verdade, campanha é assim mesmo. Começa em marcha lenta e vai progredindo aos poucos. No caso de Juazeiro, o que se pereceu é que um esperava pelo outro. Mas é claro, que isso não aconteceu; eles estavam mesmo era organizando suas equipes e esperando, principalmente, material gráfico que, vale salientar, a maioria dos candidatos ainda não dispõe.

Agora, uma coisa fica clara, nesse início de campanha, os discursos já começam bem definidos. Santana parece investir nas obras que, segundo ele, ninguém teve a coragem de fazer; Raimundão fala em retornar ao passado ressaltando sua primeira administração; enquanto Demontieux critica as duas gestões e procura apontar para uma nova direção administrativa.

Se os discursos continuarão assim, até o fim da campanha, só o tempo nos dirá. Mas, uma coisa é certa, é melhor que Santana e Raimundão tratem de falar do futuro e Demontieux priorize seu projeto de mudança, afinal, o que passou não deve interessar tanto os eleitores de uma cidade que aponta constantemente para o futuro.

Crato-CE: Marcos Cunha faz corpo a corpo no Seminário


O candidato do PT, Marcos Cunha, e seu vice, Pedro Lobo, subiram ao bairro do Seminário, acompanhado com cerca 30 militantes e candidatos a vereador, para fazer um corpo a corpo na rua Diógenes Frazão, principal via do bairro que é o maior da cidade.

A caminhada percorreu toda a extensão da rua com o candidato abordando pedestres e moradores. Durante as abordagens era conversada parte das propostas de governo e a importância de um novo governo para cidade.

No final da caminhada, por volta das 19h30, houve reunião na residência do senhor Zé Francisco, ainda no Seminário. A reunião atraiu cerca de 70 pessoas que ouviram e também falaram sobre as condições do bairro.

Tentando esquentar

Na verdade, a campanha do Crato ainda continua em ritmo de pré-campanha, o que é natural. Apesar de se projetar como a campanha mais cara do Cariri, os candidatos do Crato continuam fazendo pequenas reuniões e visitas pontuais.

As outras candidaturas estão no mesmo ritmo, agora o que se percebe nos petistas, é uma tentativa de esquentar a campanha, até porque, eles precisam avançar nas intenções de votos. Para quem está na frente a ideia é deixar como está. Mas, para quem está atrás não existe milagre, é partir para o enfrentamento.

Marcos Cunha tomou a iniciativa e acredito que os outros que, também, estão atrás devem fazer o mesmo nesses dias. É esperado eventos de médio e grande porte para o fim de semana. A partir de sábado deveremos ter outra atitude nas campanhas.

Agenda candidatos - 19.07


Demontieux Fernandes – Juazeiro
O candidato do PSOL dedica o dia a reuniões com a equipe de divulgação e marketing para decidir sobre layouts das peças publicitárias.

Os outros candidatos não enviaram agenda para divulgação. (As agendas podem ser enviadas para o e-mail: madson.vagner@gmail.com).

Curtas


INAUGURAÇÃO: Quem abriu as portas do seu Comitê, no domingo (15), foi candidato do PMDB de Caririaçú, João Marcos. O evento contou com a presença do deputado estadual Daniel Oliveira (PMDB), do vice Bosco Machado e reuniu autoridades locais, militantes e populares. Foi o pontapé da campanha.

PROMESSA: Marcos Cals, candidato do PSDB à prefeitura de Fortaleza, está propondo a instalação, em todos os Terminais de ônibus, de “Shoppings de Serviços” para a emissão de documentos como CPF e Identidade; serviços bancários, registros de B.O. Pagamentos de contas, etc.

ONDE ESTÁ: Muita gente no Crato tem se perguntado onde está o candidato do prefeito Samuel Araripe, o advogado Cícero França. Depois de poucas aparições na ExpoCrato, o candidato ainda continua sem aparecer e sua campanha parece estar estacionada, pelo menos, para a imprensa e população.

quarta-feira, 18 de julho de 2012

Bicha Muda continua candidata


O candidato a vereador João dos Reis Filho, conhecido por “Bicha Muda”, deve continuar candidato a vereador de Juazeiro, pelo menos, até 5 de agosto. O prazo é para a Justiça Eleitoral divulgar parecer sobre a apresentação de contestação, feito pelos advogados da coligação a qual o candidato faz parte.

O documento de contestação foi entregue ontem (17) e refere-se a decisão do Promotor de Justiça, José Carlos Félix, da 119ª Promotoria Eleitoral de Juazeiro do Norte, que pediu impugnação da candidatura, baseado na Constituição Federal e no Código Eleitoral, entendo que o candidato não tem capacidade de exprimir sua vontade.

Segundo o juiz da 119ª Zona Eleitoral de Juazeiro do Norte, Djalma Sobreira Dantas Júnior, a candidatura continua, mas é importante frisar que ainda está sob júdice.

Junto com o pedido de impugnação, o promotor José Carlos Feliz, requereu uma perícia com profissional psiquiatra para atestar a capacidade civil do candidato, além de comprovação de que o mesmo é alfabetizado na língua de sinais (libras). As periciais deverão ser feitos durante a instrução do processo.

João dos Reis Filho é filiado ao PRB e concorre a uma vaga na Câmara pela coligação “Juazeiro Independente”. Um dos advogados da coligação, José Nildo Rodrigues, disse acreditar que se trata de um caso de “bullying político” e afirmou que o candidato não é incapaz.

Nova modalidade

Seria essa uma nova modalidade de bullying? E quem a estaria cometendo? A própria justiça que existe para coibir esse tipo de coisa? É difícil tomar partido e, principalmente, acreditar em bulliyng político.

O advogado José Nildo, faz apenas a sua parte ao defender seu cliente. Mas, é importante que se tenha muita calma nessa hora. Acusar a justiça de bullying não acredito que seja o caminho. O que vejo é um profissional de promotoria comprometido com defesa da lei para o bom andamento das causas da sociais e da justiça.

A medida é compreensível e, o mais importante, o candidato está tendo o direito de provar que é capaz. A medida não é arbitrária e, vale salientar, a argumentação do promotor é persistente. Como alguém se propõe a defender os interesses populares, se não é capaz de exprimir as próprias vontades. Mas, isso deve ficar esclarecido após as perícias.

Um caso parecido aconteceu com o deputado federal Tirica. Ele teve que provar que era alfabetizado para assumir a cadeira na Câmara Federal. Ele conseguiu provar que sabia escrever e tudo se resolveu. Agora, não consigo é entender a dimensão que a coligação e o presidente da entidade que defende os homossexuais, querem dar ao caso. A coisa é simples, o candidato vai a perícia e se for comprovado a sua capacidade intelectual e civil, então tudo estará resolvido.

É importante ter cuidado para não dar uma dimensão maior que o caso realmente merece. A dica é que a coordenação da campanha ou da coligação contrate um interprete na língua de sinais e deixe que o candidato fale sem precisar interlocutor como, inclusive, vem acontecendo. Na verdade, outras pessoas é que têm falado por ele. Talvez aí a dúvida do promotor em relação as capacidade do candidato.

Alcymar Monteiro depois de desistir da candidatura em Juazeiro aparece em campanha no Recife


Matéria do NE10, do Recife, veiculada ontem (17), mostra o candidato à prefeitura Geraldo Julio (PSB) com artistas locais. Segundo a jornalista Milenna Gomes, o candidato promoveu um jantar a fim de se aproximar dos recifenses que vivem de cultura. Compareceram vários artistas das mais diferentes áreas, entre eles o ex-candidato a prefeito de Juazeiro do Norte, Alcymar Monteiro (PDT).

O jantar foi promovido aos artistas locais e teve como objetivo atrair tanto os artistas, quanto os eleitores ligados a eles. O evento aconteceu no terraço do Paço Alfândega, área central do Recife, e contou com a presença do governador Eduardo Campos (PSB).

Apesar de ser radicado e ter residência fixa no Recife, tanto que compareceu ao jantar como artista local, Alcymar Monteiro tentou emplacar uma candidatura a prefeito em Juazeiro. A aventura terminou, ainda, nos primeiros dias de julho quando ele desistiu da candidatura. O cantor estava isolado e entendeu que sua candidatura não teria viabilidade eleitoral.

De volta ao lar

Na verdade, o cantor Alcymar Monteiro cometeu um erro de avaliação ao insistir numa candidatura em Juazeiro. Primeiro, porque ele não morra aqui. É verdade que ainda existem muitos prefeitos, principalmente, de municípios pequenos que não morram onde foram eleitos e cumprem mandatos. Mas, em cidades como Juazeiro, isso é mais difícil de acontecer. Elas são grandes e têm um discernimento político que não aceita esse tipo de atitude.

É importante deixar claro que não se questiona o amor e a admiração de Alcymar por Juazeiro; o que se questiona é a falta de atuação política. Não se pode querer governar uma cidade a qual não se tem vivencia; a qual não se acompanha dia a dia. Isso pode até acontecer, mas os casos de sucesso são poucos.

Agora outra avaliação errada, também, foi feita pelo PDT estadual. Tomaram o partido de um político conhecido e respeitado como Dr. Lucildo Leite e o entregaram a Alcymar. Hoje, o partido está sem liderança e sem perspectiva de crescimento. Todo o trabalho que vinha sendo feito, foi por água a baixo. A lição é que política não se faz com aventura, se faz com propostas consistentes e com lideranças comprometidas.

Certo mesmo, é que no triangulo Crajubar, o PDT só tem consistência em Barbalha, já que, no Crato o partido esta dividido entre a ex-deputada Fabíola Alencar, que se articula com Sineval Roque, e o presidente do Sindicato dos Servidores Municipais, Júnior Matos, que se articula com o prefeito Samuel Araripe. Então é interessante que o PDT repense algumas das suas políticas internas e arrume a casa.

Agendas Candidatos - 18.07


Demontieux Fernandes – Juazeiro
Hoje, o candidato do PSOL dedica o dia para audiências na Justiça Eleitoral para ratificar as candidaturas a vereador da coligação.

Manoel Santana – Juazeiro
Ao meio almoço com o empresário Demi da Fissura. Às 15h reunião com o presidente do TRT, acerca da instalação, em Juazeiro, do Fórum Trabalhista do Cariri. À noite (19h), reunião na Rua Coronel Fernandes, 250, no bairro Pirajá.

Raimundo Macedo – Juazeiro
À tarde, a partir das 17h30 Faz carreata com concentração na Rua Rui Barbosa, n° 87, seguida de caminhada a partir da Rua Paraíba.

Marcos Cunha – Crato
Pela manhã atende no consultório. À tarde, visita faz a comerciantes e faz corpo a corpo no bairro Seminário. À noite (19h) faz reunião na casa da liderança Zé Francisco, também no Seminário.

Os outros candidatos não enviaram agenda para divulgação. (As agendas podem ser enviadas para o e-mail: madson.vagner@gmail.com).

Curtas


AGENDA DIFERENTE: Na agenda de campanha do candidato a prefeito de Fortaleza pelo PPL, André Ramos, está nesta quarta-feira, um compromisso, no mínimo diferente. Ele incluiu o seguinte tópico: 18h – André Ramos irá assistir aos filmes da Mostra Cearense de Cinema, que está acontecendo na Vila das Artes.

PESQUISA: O Jornal O POVO vai divulgar neste domingo, pesquisa sobre a disputa pela Prefeitura de Fortaleza. O Datafolha responde pela pesquisa, que já foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) na última segunda-feira. Será a primeira pesquisa envolvendo os 10 candidatos à sucessão na capital.

MUDANÇA: A coordenação-geral da campanha do ex-deputado federal Moroni Torgan (DEM) a prefeito de Fortaleza tem novo nome. Sai Robinson de Castro, entra o policial federal aposentado Azevedo Vieira. Azevedo faz parte do seleto grupo de amigos de Moroni desde os tempos da PF.

terça-feira, 17 de julho de 2012

Crato deverá ter a eleição mais cara do Cariri


O município do Crato deverá ter a eleição mais cara da região do Cariri. A informação é do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e se baseia na declaração dos candidatos sobre o teto financeiro a ser gasto durante a campanha eleitoral. Juntos os quatro candidatos podem gastar R$ 7,3 milhões.

O Crato supera municípios como Juazeiro do Norte, onde os candidatos assumiram um gasto de, no máximo, R$ 4,1 milhão e Barbalha, onde os custos de campanha não devem alcançar R$ 2,7 milhão.

A maior previsão de gastos de campanha foi declarada pelo candidato do PMDB, Ronaldo Gomes de Matos com R$ 2,5 milhões. Em seguida vem Cícero França (PV) com R$ 2 milhões; Sineval Roque (PSB) com R$ 1,5 milhão e como a campanha mais barata vem o candidato do PT, Marcos Cunha, com R$ 1,3 milhão.

Além da campanha mais cara, o município do Crato tem, segundo o mesmo TSE, os candidatos com os maiores patrimônios. Os quatro chegam a possuir juntos bens moveis e imóveis que ultrapassam os R$ 6,9 milhões.

Sineval Roque lidera a lista dos mais ricos com R$ 4.847.194,09. Em seguida vem Ronaldo Matos com R$ 1.395.690,95, Marcos Cunha com R$ 491.417,52 e Cícero França com R$ 180.308,13.

O Crato tem 195 candidatos a vereadores que concorrem a 19 vagas.

Sendo redundante

Na verdade, mesmo sendo redundante é importante dizer que isso é previsão de teto. Não quer dizer que a eleição vai ter esse custo. Agora se pararmos para analisar friamente, veremos que dos quatro candidatos, dois são empresários bem sucedidos e dois profissionais liberais bem destacados em suas profissões. Então não há muita surpresa nesses números. Para ser sincero, até esperava mais.

Mas é claro que falo de bens, já que, caso aconteça, uma eleição no Crato custar mais que em Juazeiro é estranho. Ou, os candidatos do Juazeiro erraram para menos, ou os candidatos do Crato erraram para mais. Isso, sem esquecer que o Crato tem um candidato a mais. Juazeiro tem quase o dobro da população e de eleitores em relação ao Crato. E proporcionalmente deveria gastar mais.

Por outro lado, os quatro candidatos do Crato, estão no mesmo patamar. Têm expectativas muito parecidas. Diferente de Juazeiro, onde o candidato do PSOL, Demontieux Fernandes resumiu seus gastos em, no máximo, R$ 100 mil e Barbalha, onde, o também, candidato do PSOL, Antônio Hildegardis estipulou seus gastos em R$ 40 mil. Ou seja, os candidatos do PSOL estão com orçamentos muito abaixo dos praticados pelos outros candidatos. E isso, de certa forma, causa um desnivelamento no valor final.

Certo mesmo é que a eleição do Crato começa a se desenhar como uma eleição com quatro candidaturas fortes politicamente e dispostas a gastar; pelo menos na previsão.

Agendas candidatos - 17.07


Demontieux Fernandes – Juazeiro
Hoje (17), às 16h30, na Rua Leão XIII, com São Pedro, ao lado do Mercado Senhora Santana, a “FRENTE DE ESQUERDA SOCIALISTA” (PSOL/PSTU), realiza sua primeira atividade política. Será o lançamento das candidaturas a prefeito e vereadores. Será abordado a Importância do projeto da Frente na atual conjuntura política da cidade de Juazeiro do Norte.

Ronaldo Matos e Raimundo Filho – Crato
Pela manhã o candidato do PMDB faz reunião com a equipe do programa de governo. À tarde continua reuniões internas com equipes de trabalho.

Os outros candidatos não enviaram agenda para divulgação. (As agendas podem ser enviadas para o e-mail: madson.vagner@gmail.com).

Curtas


CUSTO ALTO: Os 192 candidatos que disputam as prefeituras das 26 capitais brasileiras podem gastar juntos até R$ 1,254 bilhão nas campanhas eleitorais deste ano. A cifra foi levantada com base nos dados entregues pelos candidatos à Justiça Eleitoral. Pela lei, gastar recursos além do valor máximo pode resultar em multa. Uma resolução do TSE permite a ampliação do limite durante a campanha "mediante solicitação justificada" com a autorização da Justiça Eleitoral.

IMPUGNAÇÃO: O Tribunal Regional Eleitoral (TRE-CE) registrou contestações a candidaturas de 29 candidatos a vereador em Fortaleza. Todas as ações de impugnação de registro de candidatura ainda serão julgadas. Em todo o Ceará, o Sistema de Acompanhamento de Documentos e Processos do TRE registrou 1.291 pedidos de impugnação em relação a candidatos a vereador e a prefeito. Muita gente ainda pode ficar fora do pleito deste ano.

INELEGÍVEL: O candidato do PT a prefeitura de Quixadá, Ilário Marques, foi considerado na tarde de ontem (16), pela justiça eleitoral, inelegível para disputar a Prefeitura daquela cidade, em outubro próximo. A justiça eleitoral atendeu ao pedido do Ministério Público. Ilário já foi prefeito do Município por três mandatos.

NÚMEROS: O TSE registrou até ontem, segunda-feira (16), 464.701 candidaturas para os três cargos. Informou também que no dia 7 de outubro, 138.492.811 eleitores em 5.569 municípios irão às urnas. Nas cidades com mais de 200 mil eleitores e com mais de dois candidatos a prefeito, há a possibilidade de segundo turno. Nesse caso, a nova votação está marcada para o dia 28 de outubro com os dois candidatos mais votados em primeiro turno. No Cariri, nenhum município terá segundo turno.

Deputado Eudes Xavier será processado por acusações contra o candidato do PSB


O Partido Socialista Brasileiro (PSB) de Fortaleza informou ontem (16) que entrará com ação judicial em âmbito criminal, cível e eleitoral, contra o deputado federal Eudes Xavier (PT).

Durante a inauguração do comitê de campanha de Elmano Freitas, candidato petista a prefeitura da capital, na última sexta-feira (13), o deputado questionou a origem do dinheiro usado na campanha do candidato do PSB, Roberto Cláudio. “Mal começou a eleição e é um monte de carro de som circulando pela cidade. De onde é que vem esse dinheiro, se não é dos consignados ou das falcatruas que a Casa Civil vem fazendo?” disse Eudes.

Sobre o processo, o deputado petista disse que irá se defender judicialmente. Ele destacou a pobreza do Estado do Ceará e afirmou: “Quando tem abuso de poder econômico numa campanha eleitoral, a gente tem de pensar como isso acontece,” ponderou o petista.

Questionado sobre o assunto, Roberto Cláudio, disse que a "baixaria do lado de lá" começou mais cedo que o esperado.

Sem controle

O que a situação nos passa é a imagem de um grupo totalmente sem controle. A prefeita com certeza vai ter muito trabalho para segurar os seus agregados; isso se quiser contar com o apoio do PSB num possível segundo turno. Claro, se Elmano passar e Roberto Cláudio ficar. Mas, tudo pode acontecer.

Agora, o que não dá é para, numa eleição com 10 candidatos, eleger tão cedo um alvo em potencial. Até parece coisa pessoal. Digo isso, porque quem tem o mínimo de conhecimento estratégico e político, jamais sai ao ataque sabendo que poderá precisar desse mesmo alvo, mais tarde.

Além do mais, o importante para a população é saber o que se vai fazer para melhorar suas vidas. A dúvida sobre a origem do dinheiro gasto nas campanhas, chega a ser relativa. Os recursos de campanha, tanto no Brasil, quanto em vários países do mundo, são arrecadas por meio de doações.

E nesse universo, doações de empresas são comuns, inclusive, nas campanhas do PT. E, não dá para acreditar que essas empresas doam por consciência ideológica e não vão querer nada em troca. Ou seja, é o sujo falando do mal lavado.

Certo mesmo, dessa situação é que PSB e PT em Fortaleza ficam cada vez mais distantes e, é bom considerar, também, a possibilidade de “morrerem” os dois pelo caminho do duro calvário da campanha eleitoral.

segunda-feira, 16 de julho de 2012

Samuel Araripe: “A festa da campanha ainda não começou”


O prefeito do Crato, Samuel Araripe (PSDB), concedeu entrevista ao site Miséria, jornalista Madson Vagner, onde falou sobre sua administração, o que tratou com o governador no último encontro e, principalmente, eleições municipais.

O prefeito disse não acreditar na pesquisa Ibope e que todos têm chances, mas que seu candidato vai ganhar as eleições. Samuel disse que o quadro com vários candidatos não favorece a nenhum candidato em especial, sim a todos.

O prefeito avaliou a atual conjuntura e disse que ajudará, seja qual for o eleito, se for solicitado. Mas que, também, fará uma oposição qualificada. Samuel reafirmou sua candidatura a estadual e disse esperar uma campanha de debates.

Veja a entrevista na integra:

Madson Vagner – Para não restar dúvidas, qual o teor da audiência com o governador na semana passada?

Samuel Araripe – Não se conversou sobre política. O que foi discutido foi a inauguração das praças e projetos de interesse do povo do Crato aos quais sei que não dá mais tempo de realizar nessa gestão, mas eu preciso trabalhar até o dia 31 de dezembro de 2012. Então eu não vou me acomodar por conta do período eleitoral.

Madson Vagner – O distanciamento do prefeito Samuel com o governador Cid Gomes pode estar sendo sanado?

Samuel Araripe – Não é segredo que eu sigo e faço parte do grupo do Dr. Tarso Jereissati, então há um distanciamento político. Agora, também, sempre houve a aproximação administrativa. Trabalhamos em conjunto em vários projetos como o Ginásio da URCA, o Centro de Convenções, entre outros. Ele é o governador de todos os cearenses e eu o prefeito de todos os cratenses.

Madson Vagner – Como o senhor vê a campanha deste ano?

Samuel Araripe – A festa da campanha não começou. Mas, esse é o melhor momento para o gestor mostrar o que fez e os outros candidatos mostrarem o que querem fazer para que a população avalie quem é quem. Agora, pode ter certeza, quem tiver rabo de palha; quem tiver coisas pendentes, após o registro da candidatura vai tornar público. Mas, o que eu espero é uma campanha de altíssimo nível. Não vou me preocupar com adversários.

Madson Vagner – Mas, se o senhor for provocado?

Samuel Araripe – A melhor coisa do mundo é ser provocado, porque vou ter a oportunidade de fazer debate. Por isso, estou convidando qualquer um para um debate com tema livre, mas, já sei que eles não vão. Eu quero discutir propostas. Não adianta dizer que vamos tirar a candidatura, ela vai para a rua.

Madson Vagner – O senhor sempre disse que a oposição dividida daria maior chance para seu candidato, no entanto, seu candidato está em último, segundo pesquisa Ibope. O senhor continua com a mesma avaliação?

Samuel Araripe – Em primeiro, lugar não concordo com essa história que muitos candidatos é favorece o candidato do prefeito. Em 2004, éramos seis candidatos; eu era vice-prefeito e derrotei o prefeito. Ou seja, muitos candidatos é favorece a todos. Quem errar menos, quem falar a verdade, quem não baixar o nível é quem vai ganhar. Com relação as pesquisas, o Ibope em 2004, cinco dias antes da eleição, disse que Walter tinha 41% e eu 19%. Eu ganhei a eleição.

Madson Vagner – Então o senhor não acredita em pesquisa?

Samuel Araripe – O que eu quero dizer é que eu também tenho pesquisa. E que o crescimento do Cícero em 40 dias, partiu de 3% para 19%. Não vou me reportar aos outros, mas posso assegurar que dois caíram e dois subiram. Aliás, aquele que apareceu com aquele número, se fosse um pouquinho mais experiente e se a pesquisa fosse verdadeira, não mostrava nem para a mulher dele. Não tem amador nessa história. Eu acho que ele deu um tiro no próprio pé. Em breve virá mais pesquisa divulgada e se ele cair qualquer ponto que seja é preocupante.

Madson Vagner – Então qual a sua avaliação de momento?

Samuel Araripe – Pela primeira vez os três governos têm candidatos. O governo municipal tem candidato, assim como o estadual e o federal. Nós sabemos o peso dessas três candidaturas. Fotografia do Lula e da Dilma na candidatura do PT, pesa; fotografia do Ciro e do Cid na candidatura do PSB, pesa; e a nossa candidatura também pesa. Hoje eu diria que não tem eleição ganha e quem cantar vitória não entende de futebol, porque esse jogo vai ser definido aos 45 do segundo tempo. Isso, se não houver prorrogação.

Madson Vagner – Qual sua estratégia para essa campanha?

Samuel Araripe – Mostrar que não é fácil administrar. Para se ter uma ideia, para cada milhão de investimento para o Crato, a prefeitura tem que ter 10% de contrapartida de arrecadação própria. Então não é só dizer que vai resolver, é mostrar como. Eu sou tabelião e sou bom de arquivo. E estou fazendo isso com tudo que esses candidatos estão dizendo. A coisa é grave. Tem gente voando em céu de brigadeiro. Eu tenho tudo, inclusive, os discursos. Mas há tempo e hora.

Madson Vagner – Em dezembro de 2012, o senhor deixa de ser prefeito. Vai ser candidato a deputado estadual?

Samuel Araripe – Vou! Meu sonho era ser deputado federal. Disputei duas vezes, mas o destino não me quis lá. Nas duas que disputei fiquei na primeira suplência. Virei prefeito, mas sei como é uma campanha de deputado federal. É muito difícil. Por isso, vou a estadual. Mas, é claro, só irei se o povo do Crato entender que eu ainda posso colaborar.

Madson Vagner – A candidatura a estadual acontece independente de quem esteja na prefeitura?

Samuel Araripe – Independe. Não vou depender de mandato de prefeito do Crato. Vou depender do eleitor do Crato. Eu sou mais técnico que político, por isso, trabalho com pesquisa. Hoje, por exemplo, estou tranquilo com meu candidato porque também tenho pesquisa. Além do meu candidato, eu sei onde estou mal e sei onde estou bem. Hoje em dia se engana quem quer. Todos sabem do seu potencial.

Madson Vagner – Seu candidato é do PV. Existe a possibilidade do prefeito Samuel sair do PSDB?

Samuel Araripe – Não! Na verdade ele foi escolhido pelo grupo. Na pré-campanha tinham quatro candidatos, entre eles, dois do PSDB. E, se dependesse de amizade, eu indicaria o professor Érico, do PSDB. Ele foi o coordenador de todas as campanhas que eu fiz e é meu amigo. Mas, o grupo decidiu por Cícero.

Madson Vagner – Pela sua experiência, Independente do candidato que entrar, se pedisse a sua ajuda, o senhor ajudaria?

Samuel Araripe – A pessoa que ganha e precisar do meu apoio terá. O que está acima de tudo isso é a população do Crato. E eu sei que quem se sentar lá terá muitos problemas para resolver. A coisa é gravíssima. Prefeito, hoje, é contrato de altíssimo risco. A lei de responsabilidade fiscal é terrível. São mais 300 prefeitos presos no Brasil.

Madson Vagner – Na sua avaliação isenta; percentualmente, quais as chances reias do seu candidato?

Samuel Araripe – Com relação às possibilidades do meu candidato, ele vai ser o futuro prefeito do Crato e não tenho a menor dúvida. Ele está preparado e a gente tem muitos amigos.

Madson Vagner – Para finalizar, o que o senhor espera da campanha?

Samuel Araripe – Quero propor uma campanha de debates nas escolas, universidade e meios de comunicação. O candidato tem que mostrar a cara. Tenha cuidado com o candidato bonzinho. Esse negócio de sorriso nos lábios e tapinha nas costas, não significa dizer que ele é bom gestor.

(Foto: Agencia Miséria/Normando Soracles)

Agenda de candidatos - 16.07


Ronaldo Matos – Crato
Na manhã de hoje, o candidato do PMDB fez corpo a corpo na Feira do Crato. À tarde, Ronaldo Matos e Raimundo Filho, estarão reunidos com a Produtora e equipe de Marketing. À noite começam as gravações de programa eleitoral.

Os outros candidatos não enviaram agenda para divulgação. (As agendas podem ser enviadas para o e-mail: madson.vagner@gmail.com).

Curtas


CRISE NA BASE: Com a confirmação da quebra do “blocão” PSB-PMDB-PT na AL, os petistas fizeram do candidato Roberto Cláudio preferencial alvo de ataques em suas reuniões. Até agora os ataques estão apenas a portas fechadas, mas coisa promete ir a público.

NOVA OPOSIÇÃO: O governador Eduardo Campos, presidente nacional do PSB, e Gilberto Kassab, presidente do PSD, armam um bloco capaz de eleger o presidente da Câmara. Mas, isso é apenas o começo. O mesmo bloco estaria organizando o maior partido do País. Será a união PSB e PSD, que se chamaria de PSB (Partido Social Brasileiro). A mudança é de socialista para social.

VAI E VOLTA: Durante o fim de semana o Ministério Público impugnou a candidatura a reeleição do prefeito do Cedro, João Viana. E quem voltou foi o prefeito de Jucás, José Elano de Oliveira Facundo. Ele foi afastado por suspeita de fraude administrativa e desvio de dinheiro público. A farra de liminares o trouxe de volta.