sábado, 30 de janeiro de 2016

Articulação do senador Eunício Oliveira inicia mudança no quadro político do Cariri

O senador Eunício Oliveira, presidente do PMDB no Ceará, cumpriu agenda política na região do Cariri nos dias 28 e 29, quinta e sexta-feira, respectivamente. Durante a visita, Eunício fez algumas articulações que devem dar nova configuração aos quadros da oposição ao Governo do Estado na região.

Entre os contatos feitos pelo senador, estão o prefeito de Araripe, Giovane Guedes (PT), o ex-prefeito de Campos Sales Paulo Ney e a vice-prefeita de Cedro, Érica Clementino. Em Araripe a articulação é para que o prefeito Giovane Guedes deixe o PT e se filie ao PMDB, o que, deve acontecer nos próximos dias. Giovane Guedes vem desenvolvendo uma boa relação com o PMDB desde a eleição passada, quando apoiou o senador para o Governo do Estado.

Em Campos Sales, Eunício debateu a adesão do grupo de Paulo Ney ao PMDB. Paulo Ney e seu filho, Cristian Martins, faziam parte da base do governo Camilo Santana. Em Cedro, o PMDB deve anunciar a candidatura de Érica Clementino à prefeitura contra o grupo do atual prefeito Francisco Nilson (PSB).

Durante a visita do senador Eunício ao Cariri, a atenção ficou voltada para os prefeitos do PMDB no Cariri, onde sua campanha foi derrotada. Na lista estão os prefeitos Raimundo Macedo (Juazeiro do Norte), Hellosman Sampaio (Milagres), Adailton Macedo (Aurora) e João Marcos (Caririaçu).

Somados a outra apoiadora, a prefeita de Santana do Cariri, Danieli Machado (PSL), e ao Crato, do prefeito Ronaldo Mattos, ex-PMDB, Eunício sofreu uma derrota de pouco mais de 72 mil votos. Das cidades governadas pelo PMDB no Cariri, apenas em Juazeiro do Norte, o senador fez contatos.

Eunício se reuniu na sexta-feira com o empresário Altemar Antunes, conhecido como Sassá Fitas. O empresário é recém filiado ao partido e o teor da conversa não foi revelado. A expectativa é que Sassá esteja presente na chapa do PMDB juazeirense para a eleição deste ano.

sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

Ministro André Figueiredo empossa novo Diretório do PDT em Barbalha

O ministro das Comunicações e presidente estadual do PDT, André Figueiredo, empossou na noite dessa quinta-feira (28) o novo diretório municipal do partido em Barbalha. A solenidade aconteceu na Câmara Municipal e contou com a participação de várias lideranças políticas do Cariri e do Estado.

A posse reconduziu a presidência o militante e fundador do partido no município, Geraldo Sinésio. Durante o discurso de posse Geraldo citou o fundador do partido, Leonel Brizola, dizendo que o PDT, hoje, está grande porque não teve medo de ser grande. Na ocasião foram assinadas novas fichas de filiação e lido os editais de convocação e posse.

Em nome do partido falou o novo secretário de organização, Roberto Ruy. O secretário relembrou a trajetória política de sua família e observou os desafios políticos que a nova direção terá pela frente. Roberto destacou as muitas lideranças nos quadros do partido e, também, se colocou a disposição para disputa deste ano.

Representando o governador Camilo Santana, o secretário adjunto do Gabinete, Fernando Santana, destacou a força do PDT de Barbalha com as novas adesões. Para Fernando, PT e PDT devem marchar juntos no pleito deste ano e garantiu que o nome deve sair, após longa conversa entre as duas siglas.

O discurso de honra ficou a cargo do ex-prefeito João Hilário. Durante sua fala, João apresentou as qualidades do município de Barbalha ao ministro André Figueiredo. O ex-prefeito destacou seu retorno ao partido e disse que o partido vive seu melhor momento político na cidade. Segundo João Hilário, o PDT se destaca por não fazer barganha.

O ex-prefeito disse, ainda, que está voltando à sigla para somar e que, em Barbalha, o partido não fecha questão e pode, inclusive, compor a chapa com uma candidatura a vice-prefeito. Durante seu mandato a frente do executivo barbalhense, na década de 90, João Hilário foi filiado ao PDT.

Os discursos foram fechados com a fala do ministro André Figueiredo. O ministro iniciou fazendo uma análise sobre a crise política que passa o país. André qualificou a articulação dos partidos que compõem a oposição, para derrubar a presidenta Dilma Rousseff, como tentativa de golpe. Disse que o PDT não é um partido achacador e por isso defende a legitimidade da eleição.

Sobre a nova direção do partido em Barbalha, André reafirmou sua confiança nos nomes que, segundo ele, já demonstraram lealdade as diretrizes do partido. André destacou que o PDT barbalhense estava honrado com as novas adesões e que estaria na linha de frente das discussões políticas no município.

Durante o evento o ministro recebeu uma comenda, entregue pela nova direção do partido. Entre outras, estiveram presentes lideranças como a ex-deputada Fabíola Alencar (Crato) e o pré-candidato a prefeito de Juazeiro do Norte, Gilmar Bender.

Estiveram presentes, ainda, a prefeita de Jardim Analeda Luz; o ex-prefeito de Caririaçu, Edmilson Leite; a vice-prefeita de Barbalha Betilde Sampaio; e o secretário estadual de Trabalho e Desenvolvimento Social, Josbertine Clementino. Todos recém filiados ao partido.

quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

MPF investigará esquema de corrupção na merenda escolar de Caucaia

O escândalo da merenda escolar que agita São Paulo, com o desvio de milhões de reais, o envolvimento de cinco deputados estaduais e suspeita de fraudes em 20 municípios, ameaça desembarcar no Ceará. O Ministério Público Federal e Estadual investigam que empresas associadas ao mesmo esquema estariam atuando no Ceará para vencerem concorrências através da dispensa de licitação.

No Ceará um dos alvos dessa apuração é a cidade de Caucaia. A secretária de educação do município, Antônia Cláudia de Paula Lima, recentemente empossada no cargo, está renovando o registro de uma ata de preços da merenda escolar com uma empresa de São Paulo. A legislação exige a realização de licitação pública. A secretária estaria atuando sem o aval do prefeito Washington Gois.

A suspeita estaria ocorrendo em mais municípios do Estado. Para a investigação, os procuradores do MPF e os promotores do MPE contam com a colaboração decisiva do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM). A força tarefa quer barrar as supostas irregularidades e exigir que todas as prefeituras cumpram a lei na hora de comprar a merenda escolar.

(Com informações do blog do Roberto Moreira – site Diário do Nordeste).

terça-feira, 26 de janeiro de 2016

Escassez de nomes no grupo da prefeita de Jardim

O grupo político do ex-prefeito de Jardim, Fernando Luz, já começa a se preocupar com a escassez de nomes para a disputa pré-eleitoral desde ano. Até o momento ninguém foi apresentado para concorrer à sucessão da prefeita Analeda Luz.

A atual prefeita é esposa de Fernando e, apesar de exercer o primeiro mandato não poderá ser candidata a reeleição. Analeda é impedida pela legislação eleitoral pelo grau de parentesco com o ex-prefeito. Sem nomes na sua base mais próxima, Fernando admite recorrer aos aliados.

A possibilidade, deixa cheio de esperanças o ex-candidato a prefeito petista Júnior Coutinho e sua irmã, a vereadora Donizete Coutinho. O problema é que os petistas contam com a recusa da maioria dos aliados mais antigos e da própria prefeita. A dupla não inspira confiança ao clã dos Luz.

Enquanto isso...

... Além da preocupação com a falta de nomes de confiança e com viabilidade eleitoral, a prefeita de Jardim Analeda Luz, tem outra dor de cabeça. Ela tem enfrentado sucessivos protestos de servidores que reclamam atraso de salários. A situação já foi denunciada à justiça e a administração pode ter receitas bloqueadas.

Prefeito de Barro sem diálogo com grevistas

Sem dialogo com as categorias dos Agentes de Saúde e de Endemias, em greve há dias, o prefeito de Barro, Neneca Tavares, respondeu as reivindicações dos servidores por meio da imprensa. O responsável pela resposta foi o site “okariri.com”.

A resposta ao site veio depois de uma manifestação dos grevistas em frente à Prefeitura. Na ocasião, os servidores não foram recebidos pelo prefeito ou seu representante. Para o comando do movimento grevista, a atitude do prefeito é um desrespeito com as categorias que souberam do posicionamento por meio da imprensa.

Os grevistas reivindicam retorno de incentivos, 14º salário e melhoria dos equipamentos EPIs. Segundo o prefeito, os incentivos foram extintos com a adoção do piso nacional, o 14º nem pensar e os equipamentos devem melhorar em 60 dias. A greve continua!

Janeiro difícil para o prefeito de Lavras

O prefeito de Lavras da Mangabeira, o médico Dr. Tavinho, do PRB, teve um mês de janeiro, realmente, difícil. Inabilidade política e suspeita de má gestão, parecem não abandonar o prefeito. Nos primeiros dias de 2016, a falta de habilidade continuou fazendo estragos. O prefeito foi surpreendido com a saída do vereador João Hélio (Pros) da sua base aliada.

O vereador disse não concorda com a forma de trabalho e acusou o prefeito de não valorizar seus aliados. Agora a base aliada se resume a três dos 13 vereadores. Ainda em janeiro, a Controladoria Geral da União (CGU) anunciou investigação de uso irregular de R$ 43,3 milhões por municípios do Ceará.

Lavras é um dos municípios acusados de usar indevidamente recursos de convênios federais em 2015. A CGU quer o ressarcimento do dinheiro. A situação prefeito Dr. Tavinho está difícil.

Enquanto isso...

... Além de Lavras, outro município caririense investigado por má gestão de recursos federais é Araripe. A gestão do prefeito interino Damião de Senhor é alvo das investigações, por meio de tomadas de contas analisadas pela CGU. Os recursos são dos ministérios do Turismo, Esporte, Desenvolvimento Agrário, Cidades e Saúde.

Prefeito de Assaré articula R$ 1,5 mi em obras

Decidido a convencer os aliados de que seu governo é bem articulado, o prefeito de Assaré, Samuel Freire, continua sua peregrinação em Brasília. Acompanhado pelo secretário adjunto do Gabinete do Governador, Fernando Santana, o prefeito tem circulado os Ministérios em busca de verbas para o município.

Samuel é bem recebido em gabinetes como do deputado federal José Guimarães. Com a assessoria e a influencia do líder do Governo Dilma, o prefeito conseguiu valores para a pavimentação da estrada que dá acesso ao sítio Volta e uma Unidade Básica de Saúde (UBS) no sítio Aratama.

Ao todo o município deve receber R$ 1,5 milhão dos Ministérios da Saúde e do Turismo. De olho no investimento, os vereadores da oposição prometem fiscalizar a aplicação. Nas palavras do prefeito, esse é o papel da Câmara.

Prefeitos prestigiados por Camilo no Cariri

Todas as agendas do governador Camilo Santana no interior é sempre a mesma rotina. Rodeado de prefeitos, ele ouve pedidos e lamentações. Mas, no Cariri existem casos de privilégios. Os prefeitos Antônio Filho (Antonina do Norte), Dr. Gudy (Granjeiro) e Girleuda Matias (Tarrafas), são casos destacados de amizade. Desde que Camilo assumiu o Governo, o trio sempre está presente nas visitas ao Cariri.

Nesta última agenda não foi diferente. A diferença é que desta vez os três confidenciaram a mesma preocupação. Os prefeitos temem mais um ano de recursos mínimos e grandes responsabilidades. Pediram mais verbas para se fortalecer no ano eleitoral. Girleuda e Gudy capricharam nos pedidos, afinal são candidatos a reeleição. Já Antônio Filho quer apenas terminar bem seu governo e eleger o sucessor. Camilo prometeu ajudar!

quarta-feira, 20 de janeiro de 2016

Camilo veta verbas do Estado para Carnaval

O governador Camilo Santana (PT), decretou a vedação de verbas públicas para a realização de festas de Carnaval deste ano. O decreto do Governo do Estado foi publicado no Diário Oficial dessa quarta-feira (20). A decisão foi elogiada por deputados estaduais. Esse é o segundo ano consecutivo que o Estado adota a medida.

O Governo do Estado solicita, no decreto, que os recursos sejam destinados para áreas prioritárias. A única exceção ao bloqueio são as verbas do Sistema Estadual da Cultura (Siec) que são direcionadas para a programação carnavalesca nos municípios e para as agremiações.

A repercussão positiva motivou pronunciamentos dos deputados estaduais durante a sessão da Assembleia Legislativa. O deputado Sérgio Aguiar (Pros), avaliou a decisão como positiva. Ele defendeu que os recursos sejam destinados, prioritariamente, para a saúde e o combate aos efeitos da estiagem no Ceará.

Entretanto, Sérgio Aguiar avalia que isso pode ter um impacto econômico negativo nos municípios que recebem foliões nesta época do ano. “O Carnaval atrai muitos turistas nacionais e internacionais, principalmente nas regiões litorâneas", lembra o parlamentar.

A deputada Rachel Marques (PT), também, defendeu que a prioridade seja atender as emergências ocasionadas pela estiagem. Para Carlos Matos (PSDB), o Estado está enfrentando um momento difícil devido à falta de chuva e a situação da saúde e, por isso, o dinheiro será bem vindo.

O deputado Capitão Wagner (PR), também, disse concordar com suspensão dos repasses para o Carnaval. Para o deputado Renato Roseno (Psol), a função do Estado é orientar as despesas públicas para áreas prioritárias, como a saúde pública.

terça-feira, 19 de janeiro de 2016

Cortes afetam serviços públicos em Barbalha

A política de cortes implementada pelo prefeito de Barbalha, José Leite Gonçalves Cruz (Zé Leite – PT), está comprometendo setores e serviços prestados pelo município. As ruas estão mais sujas e a distribuição da carne aos frigoríficos está acontecendo sem higiene. A denúncia é do vereador Rildo Teles (PSL) que chama atenção para as demissões em massa e a rescisão de contratos importantes.

Segundo o vereador a carne está chegando aos frigoríficos sem qualquer higiene, transportada no caminhão do chefe do Matadouro, Aldenio Alencar. O caminhão é de carroceria de madeira e a carne é colocada sobre lonas. Durante a distribuição está sendo avisado que, em breve, o transporte será feito em reboque puxado pelo trator do município.

No caso da limpeza do município, a coleta do lixo ficou comprometida com a demissão de 20 garis. Foi mantido apenas o contrato do caminhão compactador. Segundo moradores houve diminuição nos dias de coleta, o que, acumula lixo e entulhos nas ruas. Segundo informações da assessoria de imprensa do prefeito Zé Leite, as demissões e rescisões acontecem para contenção de despesas.

O vereador Rildo condenou o comprometimento dos serviços e a falta de higiene no transporte da carne. Rildo observa que por mais dificuldades que o município tenha, não pode haver comprometimento da qualidade dos serviços. “As pessoas pagam pelo abate e o transporte da carne. Elas precisam ter a garantia de uma higiene por parte do Município,” disse Rildo.

Além dos serviços de transporte de carne e limpeza urbana, outros setores, também, sofreram com a política de cortes. Cerca de 25 veículos agregados tiveram seus contratos rescindidos; servidores temporários e estagiários das Secretarias de Saúde e Educação foram mandados embora. Não há informações precisas sobre o número de demitidos.

Mudanças no secretariado

Junto ao comprometimento dos serviços, o prefeito Zé Leite, promoveu um rodízio no secretariado da administração. A secretária Poliana Coimbra Cruz, responsável por parte das rescisões e demissões, agora responde pela Secretaria de Trabalho e Desenvolvimento Social. Poliana respondia há mais três meses pela Secretaria de Obras e era titular do Meio Ambiente.

A Secretaria de Meio Ambiente passa a ser agregada a Secretaria do Desenvolvimento Agrário, sob a responsabilidade do secretário José Elismar de Vasconcelos. Na Secretaria de Obras, assumiu o secretário Tales Edácio, vindo da Secretaria de Administração.

Para os vereadores de oposição, as mudanças visam abafar as medidas que comprometem os serviços públicos. Segundo a assessoria do prefeito Zé Leite, as mudanças nas Secretarias visam apenas dar novo fôlego administrativo para o governo. O prefeito estaria satisfeito com sua equipe e, por isso, não houve mudança de nomes nos quadros da administração.

Sobre as demissões e rescisões, a assessoria do prefeito cita que a diminuição nos repasses e na arrecadação com principais motivadores da política. Ainda, segundo a assessoria, a medida visa manter os salários dos servidores e as contas da Prefeitura em dia e, logo a situação seja estabilizada, as contratações serão efetivadas novamente.

Taxa de energia

O prefeito Zé Leite tem sido criticado, ainda, pela decisão de cobrar taxa de energia dos permissionários do mercado público, sem critério de consumo. A informação é que a cobrança será aleatória. O vereador Rildo teme uma diferenciação da cobrança entre aliados e opositores do governo Zé Leite. “Não temos como mensurar quem gasta pouco ou mais, sem a instalação de um medidor,” disse Rildo.

TCM não quer dinheiro público no Carnaval

O presidente do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), conselheiro Francisco Aguiar, deu o ultimato às administrações que pretendem promover festejos de Carnaval com dinheiro público. Segundo Aguiar, serão investigados todos os processos, principalmente, os que fizeram dispensas de licitação.

O presidente avalia que as dificuldades financeiras que passam as Prefeituras, são motivadores para a economia dos gastos. A orientação é que as administrações priorizem, entre outros, o pagamento de despesas com pessoal, saúde, educação, serviços públicos essenciais e despesas relevantes.

Para quem vai insistir na realização, o TCM orienta publicação de todos os atos no Portal da Transparência. No Cariri, várias Prefeituras já anunciaram a festa; mas, até agora, ninguém falou em usar dinheiro público.

Ministro André Figueiredo no Cariri

O ministro das Comunicações, André Figueiredo, do PDT, cumprirá extensa agenda política na região do Cariri entre os dias 28 e 30 deste mês de janeiro. André fará reuniões e encontros de articulação com pré-candidatos a prefeitos, vereadores e outras lideranças.

Entre as cidades, previamente, agendas estão Caririaçu, Antonina do Norte e Juazeiro do Norte. Em Juazeiro e Caririaçu, André articula o fortalecimento das pré-candidaturas do partido, que têm a frente o empresário Gilmar Bender e o ex-prefeito Edmilson Leite, respectivamente.

André deve fechar sua passagem pelo Cariri na cidade de Antonina, onde será recebido pelo prefeito Antônio Filho. O ministro articula a consolidação do prefeito como a principal liderança do partido no Cariri Oeste. Em Antonina, o ministro deve receber uma comenda.

Administrações do Cariri na mira da OAB

Não bastasse as Câmaras Municipais, o Ministério Público e a Polícia Federal, agora, a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), também, resolveu investigar as administrações municipais. O anúncio foi feito pelo presidente da Ordem no Ceará, Marcelo Mota, como parte da “15º Marcha Contra a Corrupção e Pela Vida”.

A devassa, como está sendo chamada a ação, deve ocorrer em parceria com entidades dos movimentos sociais. Os resultados da investigação devem ser apresentados em Audiência Pública, realizada em Juazeiro do Norte, além de serem encaminhados ao MP.

O curioso é que apenas municípios do Cariri foram relacionados para a ação. Estão na mira da OAB os municípios de Antonina do Norte, Nova Olinda, Assaré, Altaneira, Crato e Juazeiro do Norte. É uma preocupação a mais para os prefeitos.

Teste da devassa em Altaneira

O município de Altaneira foi o primeiro a receber a Marcha Contra Corrupção. O evento realizado no 15 deste mês, na Câmara Municipal, foi um fracasso. A Casa estava vazia e nenhum parlamentar foi recepcionar os visitantes.

Para os poucos que compareceram ao evento, a falta de credibilidade da Câmara contribuiu para o esvaziamento. Já a ausência dos vereados foi entendida como má vontade de investigar. A própria presidente da Casa, Lélia de Oliveira, está sendo acusada de corrupção.

Tensão religiosa em Caririaçu

As missas de curas e libertação, promovidas e celebradas pelo Padre Monteiro, realmente, estão dando o que falar no Cariri. Depois de ser alvo do Bispo do Crato, Dom Fernando Panico, e sofrer assédio dos políticos de Juazeiro do Norte, o padre acabou virando polêmica em Caririaçu.

Durante uma missa, o Padre Cláudio, vigário local, criticou os fieis que descem para Juazeiro do Norte às terças-feiras para assistirem as pregações do Padre Monteiro. Padre Cláudio avaliou, ainda, que a missa realizada na sexta-feira, dia 15, no estádio O Moraisão, era apenas uma missa normal, não a missa do Padre Monteiro.

Nas redes sociais a atitude do Padre Cláudio foi repudiada por fieis católicos. A disputa interna parece estar aumentando na Igreja do Cariri. E pela atitude crítica do vigário de Caririaçu, Padre Monteiro está incomodando.

Enquanto isso em Mauriti, Aurora e Farias Brito...

... O prefeito de Mauriti, Evanildo Simão, descartou qualquer racha no PT local. Evanildo desmente especulações de que o ex-prefeito Isaac Júnior estaria deixando a sigla para ingressar no PDT e disputar a Prefeitura. Segundo Evanildo, tudo não passa de especulação. Ele garantiu que a situação é tranquila entre os dois.

... Em Aurora, o prefeito Adailton Macedo admitiu a disputa pré-eleitoral entre, pelo menos, três nomes pertencentes a sua base política. Adailton disse que o critério será pesquisa de opinião e poder articulação. Os nomes mais fortes na disputa são Júnior de Zeca e o presidente da Câmara, vereador Chico Henrique.

... A oposição de Farias Brito, deve se reunir mais uma vez no dia 23 deste mês. O encontro será promovido pela direção do PSB local e contará com representações do PMDB, PSDB, PT, PRP e PEN. A proposta do encontro é discutir a situação administrativa atual e colher ideias para um novo projeto de governo para o município.

quinta-feira, 14 de janeiro de 2016

PT que divide em Juazeiro, defende voto em Arnon

Longe de ser unanimidade no PT juazeirense, o ex-prefeito Manoel Santana deve enfrentar, internamente, mais um debate. O grupo de oposição ao seu nome vai puxar a discussão em defesa da união com a base de apoio ao Governo do Estado.

Reconhecem que o nome de Santana é o melhor do partido, mas acreditam que ele não agrega para a eleição. A turma do contra vai defender, entre outros, o nome do deputado federal Arnon Bezerra, do PTB. A defesa passa pela indicação de um vice petista para chapa.

Arnon não descarta a possibilidade, mas continua defendendo o nome do irmão, o atual vice-prefeito Luiz Ivan. Ele avalia que será melhor para Juazeiro que fique em Brasília. Se a oposição a Santana não concordar com a mudança, terá como alternativa o pré-candidato do PDT, Gilmar Bender.

Chuva de pré-candidatos no jantar com Roberto Pessoa

Na noite da quinta-feira, dia 7, comandada por Roberto Pessoa, no Giradouro, em Juazeiro do Norte, o destaque ficou para o grande número de pré-candidatos a prefeitos. De Juazeiro, os ex-deputados Manoel Salviano, pelo PSDB, e Vasques Landim, pelo PR, reafirmaram suas pretensões. O vereador Tarso Magno acredita que o caminho do PR na terra do Padre Cícero é seguir a base de oposição ao Governo do Estado. Tarso, ainda, é o presidente da sigla.

Na corrida barbalhense, a enfermeira Nizete Sampaio, do PR, reafirmou sua posição de pré-candidata. Rommel foi mais cauteloso e disse que prefere esperar a pesquisa. Continua apostando no surgimento de uma nova liderança e sonha com uma renovação. Os vereadores Rildo Teles e André Feitosa, também, acreditam que a pesquisa é o melhor critério para a escolha.

Pré-candidato em Barbalha que saiu pela culatra

A indefinição no grupo do prefeito Zé Leite, em Barbalha, tem produzido verdadeiras pérolas na política local. Após sete anos no poder e nenhuma liderança formada, o prefeito, enfrenta uma verdadeira enxurrada de nomes pretendendo a indicação, tanto a prefeito, quanto a vice.

Recentemente, o secretário adjunto da procuradoria geral do Município, Roberto Ruy, anunciou que dentro do prazo legal deixaria o cargo para se desincompatibilizar. Roberto Ruy sonhava com a indicação de vice, segundo informações, com o aval do ex-prefeito e radialista João Hilário, principal aliado de Zé Leite.

O subprocurador acabou ouvindo de Zé Leite que seria melhor sair logo. Não pediu, mas foi exonerado da procuradoria e, de quebra, viu ficar mais longe sua pretensão. Roberto teria dito que esse é o tratamento dado por Zé Leite aos seus aliados. Ficou visivelmente chateado.

Rommel Feijó articula apoios em Barbalha

O ex-deputado federal e ex-prefeito de Barbalha, Rommel Feijó, tem repetido, sistematicamente, que não pretende ser candidato a prefeito de Barbalha. Apesar do discurso, Rommel está empenhado em fortalecer o grupo de oposição ao prefeito Zé Leite.

Rommel tem articulado apoios e agregado lideranças da cidade em torno do discurso de mudança. O último a sentar com Rommel foi o advogado Erivam Cruz. Na conversa, uma alternativa para administrar Barbalha. Erivam é tio do deputado federal Arnon Bezerra e, reconhecidamente, uma das grandes lideranças no município.

Erivam não esboçou qualquer definição, mas confidenciou a amigos próximos que gostou da conversa. Rommel tem feito seu papel de líder.

PCdoB lança pré-candidato a prefeito no Crato

Depois de lançar a pré-candidatura do médico Lucildo Leite, em Juazeiro do Norte, agora o PCdoB, garantiu a legenda para o professor Cacá Araújo que pretende o cargo de prefeito do Crato.

Militante do teatro caririense, Cacá é conhecido pelo trabalho que desenvolve a frente da “Guerrilha do Ato Dramático” e da Festa do Judas cratense. Foi aliado da atual administração, mas rompeu e, agora, fecha com o discurso da oposição. Dentro da Frente Popular do Crato, coaduna com os discursos de adversários da presidenta Dilma Rousseff.

Recentemente, Cacá foi eleito presidente do PCdoB cratense, mas apesar do comando no partido, enfrenta a dúvida de outras lideranças, quanto à viabilidade da sua candidatura e a permanência na disputa até as convenções partidárias.

Discurso estranho na Frente do Crato

Para justificar o lançamento do nome de Cacá Araújo para a disputa deste ano, os comunistas cratenses, dizem que todos os partidos da Frente Popular do Crato devem lançar nomes nos próximos dias. Mas, em recente entrevista, um provável nome do PDT, André Barreto, disse que irá a disputa somente após um amplo debate com os outros partidos da Frente.

Em nenhum momento André falou em lançamentos em série como estratégia da Frente. Pela posição de André, a decisão do PCdoB parece não ter sido combinada com os outros partidos aliados do Governo.

Disse me disse no Crajubar

Inevitável o rompimento entre Arnon e Raimundão. Tudo teve início, ainda, na eleição passada. Os dois ficaram de lados opostos, divididos entre Camilo e Eunício.

Durante a campanha de 2014, Raimundão prometeu pedir voto para Arnon, mas não cumpriu. Agora Arnon vai dar o troco em Raimundão.

Os vereadores de Juazeiro do Norte, Darlan Lôbo, Rita Monteiro e Tarso Magno, iniciaram uma investigação contra a rainha dos buracos, a Cagece.

A primeira reunião e visita da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) aconteceu nessa segunda-feira, dia 11. Os parlamentares prometem firmeza e isenção.

Os internautas de Barbalha escolheram, através de uma enquete, os vereadores mais atuantes do município. O vereador André Feitosa foi o vencedor.

Os vereadores Bosco Vidal, Aurino Preu, Rildo Teles e Flávio Cruz, também foram lembrados pelos internautas de barbalhenses.

Convencido que o caminho da indicação em Barbalha é a pesquisa, o vereador Rildo Teles tem ido à luta. Ele tem visitado várias comunidades falando da pretensão.

Uma das visitas de Rildo Teles, foi ao ex-presidente da Câmara Municipal, Raimundo Barreto. O ex-vereador disse que o nome de Rildo agrega nas comunidades.

Gestão Samuel: Relatório aponta divida de R$ 1 milhão da PreviCrato

O Jornal do Cariri teve acesso a uma série de documentos sobre a falta de repasse previdenciário, junto a PreviCrato (Fundo Municipal de Previdência Social dos Servidores de Crato). Os documentos estão anexados a um relatório de esclarecimento que aponta irregularidades nos repasses, taxas de administração e nos acordos de parcelamento.

Os documentos apontam que as irregularidades foram cometidas na gestão do ex-prefeito Samuel Araripe (PSDB), entre os meses de novembro e dezembro de 2012. Segundo o relatório a administração do ex-prefeito deixou de repassar nos dois meses o montante de R$ 848.952,72. A ex-gestão cometeu, ainda, erros nos valores informados para firmar acordo de parcelamento.

A informação de valores inferiores a realidade dos repasses não efetuados, segundo o relatório, foi percebida pelo Ministério da Previdência Social (MPAS). Com a identificação do erro, o acordo de parcelamento com a CadPrev (Sistema de Informações dos Regimes Públicos de Previdência Social), foi homologado pela atual gestão do prefeito Ronaldo Mattos (PSC).

Com o novo acordo, o valor foi parcelado em 36 meses e deve ser pago pela atual gestão. O relatório da PreviCrato, observa que o fato pode ser tratado como crime contra a Previdência Social, denominado de “Apropriação Indébita Previdenciária”, com previsão de multa e pena de 2 a 5 anos de reclusão.

A outra irregularidade apontada pelo relatório foi com relação aos gastos excessivos da taxa administrativa. Segundo o documento, o valor dos gastos chega a R$ 265.683,61 e o parcelamento foi autorizado pela Câmara Municipal, mediante Lei Municipal (nº 3.075/2014).

Apesar de não se tratarem de debite decorrente de contribuições previdenciárias, os gastos excessivos feitos pela PreviCrato, na gestão do ex-prefeito Samuel Araripe, foram objeto de notificação do MPAS. Os gastos excessivos foram parcelados em 23 meses, também, pela atual administração.

Somados, a falta de repasses e os gastos excessivos, ultrapassam chegam a R$ 1.114.616,33. Sobre o caso, a atual gestão da PreviCrato, ressaltou apenas que todas irregularidades previdenciárias assumidas pela atual gestão, foram cometidas antes de 2013, portanto, pertencentes a antiga administração.

Contatado pela nossa reportagem, o ex-prefeito Samuel Araripe, garantiu não ter deixado qualquer divida junto a PreviCrato. Segundo ele, o dinheiro para fazer o repasse da Previdência ficou em caixa, depositado no Banco do Brasil. O recurso, segundo o ex-prefeito, seria oriundo da última parcela do FPM (Fundo de Participação dos Municípios) de 2012, creditado em 31 de dezembro. Samuel credita as denúncias à perseguição política.

O atual prefeito Ronaldo Mattos, disse desconhecer o dinheiro deixado em caixa pelo ex-prefeito Samuel e ressaltou que todas as comprovações das irregularidades estão embasadas em documentos reconhecidos pelo Ministério da Previdência.

quinta-feira, 7 de janeiro de 2016

Camilo mantém esperança de união em Juazeiro

O governador Camilo Santana, ainda, mantém a esperança de uma chapa que reúna toda sua base em Juazeiro do Norte. A possibilidade foi conversada durante viagem para Barreira, no interior do estado. Na viagem para inaugurações, Camilo estava acompanhado por secretários e o presidente da Assembleia, deputado Zezinho Albuquerque.

Durante o vôo o governador revelou saber de uma articulação em Brasília para diminuir o prazo para mudança de domicílio eleitoral. Bancadas como a do PMDB, PT e PSDB estariam defendendo a redução de um ano para seis meses. A proposta será analisada pelo Tribunal Superior Eleitoral.

Caso o TSE adote a medida, Camilo assumiu que continuará acreditando em Fernando Santana para fazer a união em Juazeiro. O governador não escondeu o arrependimento de não transferir Fernando para a terra do Padre Cícero.

Dificuldades para Raimundão

A nova possibilidade no jogo eleitoral deste ano deve dificultar a vida do prefeito Raimundo Macedo para a reeleição. A melhor chance de Raimundão é a base do governo dividida. Com o novo prazo para a mudança de domicílio e a efetivação da pré-candidatura de Fernando Santana, outros pré-candidatos como Giovanni Sampaio, Manoel Santana e Luiz Ivan, podem se render ao pedido do Governador.

Além destes, Camilo já iniciou conversa com Normando Soracles. Quer tirá-lo da base do PMDB e do raio de alcance de Raimundão. O próprio Fernando foi incumbido de fazer a articulação.

No grupo, o mais difícil seria convencer Gilmar Bender. Irredutível em fazer a disputa para prefeito, Gilmar conta com o apoio irrestrito do presidente do PDT, ministro André Figueiredo. A conversa promete ser longa e difícil, mas Camilo diz não abrir mão de Bender no palanque do Governo.

Servidores de Jardim pedem bloqueio das contas da Prefeitura

A diretoria do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Jardim acionou sua assessoria jurídica para ingressar com o pedido de liminar, solicitando o bloqueio das contas da Prefeitura Municipal. O sindicato quer a retenção dos recursos oriundos do ICMS e FPM, para pagamento do 13º salários dos profissionais da saúde.

Para a presidente do Sindicato, Francirleia Mendes Filgueiras, o bloqueio acontece pela necessidade de garantir a dignidade dos servidores e para evitar o agravamento da situação vexatória. Segundo a presidente, a privação dos recursos compromete o sustento das famílias.

A presidente ressalta, ainda, que o município recebe regulamente as cotas relativas ao FPM e ICMS, além dos recursos do Fundo Nacional de Saúde sendo injustificado o atraso. “É evidente que o atraso nos salários decorre, simplesmente, da vontade do gestor público”, disse a presidente Francirleia.

Os dirigentes do Sindicato afirmam ter buscado o diálogo com a gestão para evitar o atraso no pagamento, mas não teve retorno. Segundo a entidade, houve falta de organização por parte da Secretaria de Saúde, principalmente, com verbas federais do Programa de Saúde da Família (PSF).

A assessoria jurídica do Sindicato informa que tomará medidas contra o ato considerado abusivo.

quarta-feira, 6 de janeiro de 2016

Hospital Regional do Cariri desmente corte de energia por falta de pagamento

Apesar de fontes internas do Hospital Regional do Cariri (HRC), em Juazeiro do Norte, garantir que a energia do equipamento foi interrompida por falta de pagamento, a direção soltou nota desmentindo a informação. O débito estaria calculado em R$ 2 milhões e sem o recebimento do serviço a Coelce (Companhia Energética do Ceará) teria autorizado o corte no fornecimento.

Com a interrupção, os geradores foram acionados e o corte não comprometeu os serviços. Durante a manhã dessa quarta-feira (06), a informação foi repercutida pela imprensa local que não teve acesso as direções do HRC e da Coelce. A reportagem do Ceará News 7, tentou contato com os responsáveis, mas, também não foi recebida.

Na tarde da quarta-feira, a energia foi restabelecida e os geradores desligados. Com o restabelecimento da energia a assessoria de imprensa do HRC soltou nota em que esclarece que a interrupção foi ocasionada por manutenção programada a mais de 30 dias. Segundo a nota, o Hospital está funcionando normalmente.

Veja a nota na integra:

"O Hospital Regional do Cariri informa que na manhã desta quarta-feira, 6 de janeiro, foi realizado o serviço de manutenção em alguns equipamentos. Informamos ainda, que a manutenção faz parte de um serviço programado há um mês. O Hospital Regional do Cariri funciona normalmente".

Atenciosamente, Raquel Oliveira

Vereadores não cumprem promessa em Barbalha

Os vereadores interessados em esclarecer o caso do mensalão barbalhense, parecem estar diminuindo. Apesar da garantia – tanto da oposição, quanto a situação – de que o caso seria investigado, nada foi a feito. Havia a promessa de pedido para sessão extraordinária e a montagem de uma Comissão Processante.

A ideia era enviar convite para ouvir o denunciante; mas, até agora, nenhum pedido foi enviado à mesa diretora da Câmara. Por sua vez, o presidente da Casa, Daniel Cordeiro, também, não tomou a iniciativa. Daniel havia se declarado a favor da investigação.

Os vereadores contrários a investigação contam vitória apoiados por Zé Leite. O prefeito enviou mensageiro para convencer os vereadores de que a investigação é desnecessária. Até agora, prevaleceu a vontade do prefeito e o caso está abafado.

Pesquisa pode definir candidatos em Barbalha

O vereador de Barbalha, Rildo Teles, acabou abrindo o jogo sobre o acordo entre os pré-candidatos a prefeito do município. Rildo disse que o candidato do grupo liderado pelo ex-prefeito Rommel Feijó, será definido por uma pesquisa de opinião. Quem estiver melhor, junto a população, será o candidato.

Além de ter aceitado a proposta, entre os amigos mais próximos, Rommel garante que seu nome não estará no questionário que passará pelo crivo da população. Rommel diz preferir a ascensão de uma nova liderança. No páreo estão Rildo e Argemiro, além de Expedido Júnior e Nizete Sampaio.

A novidade é que a situação, também, poderá definir seu nome por meio de pesquisa. A provável saída de Fernando da disputa em Barbalha abre espaço para nomes como Betilde Sampaio, Daniel Cordeiro e Magno Coelho. Claro, nos dois lados há quem defenda a indicação pura e simples.

A disputa no PT cratense

Depois de várias reuniões da frente de oposição, representando o PT cratense, o vereador Amadeu de Freitas foi, literalmente, proibido de falar pelo partido. A proibição veio do presidente da sigla, Pedro Lobo, que assumiu a tarefa política. Pedro observou que Amadeu pode participar dos encontros como vereador e falar pelo seu mandato.

A disputa entre os dois, que iniciou na campanha para a presidência do partido, deve aumentar neste ano. Pedro Lobo estuda a possibilidade de ser candidato a vereador. Na eleição passada, o presidente foi convencido a compor a chapa como vice e acabou lançando o irmão, Tota Lobo. Perdeu para Amadeu por apenas 21 votos.

Diante da expectativa de que o PT permanecerá apenas com uma vaga na Câmara, a candidatura de Pedro Lobo é uma ameaça a continuação do mandato de Amadeu. Como bom democrata, Amadeu deve aceitar com tranquilidade a disputa.

terça-feira, 5 de janeiro de 2016

STF mantém prisão de Zé de Amélia Júnior

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Ricardo Lewandowski, negou pedido de liminar de revogação de sua prisão preventiva do ex-presidente da Câmara de Juazeiro do Norte, José Duarte Pereira Júnior (Zé de Amélia Júnior). A decisão aconteceu durante plantão do recesso do Pleno do STF.

Zé de Amélia Júnior foi denunciado pela suposta prática de crimes contra as finanças públicas, falsidade ideológica, associação criminosa, peculato e lavagem de dinheiro, entre outros. Segundo a decisão do ministro, proferida no Habeas Corpus, não estão presentes os requisitos para a concessão de liminar.

Além da prisão, o ex-presidente teve quebrado os sigilos bancário e fiscal, a indisponibilidade de bens e a suspensão do exercício do cargo, até o fim da instrução criminal. As quebras e o pedido de prisão foram determinados pelo juiz da 2ª Vara Criminal de Juazeiro do Norte. A prisão preventiva foi decretada em dezembro de 2014.

Geraldo Alves é exonerado da Secretaria de Educação de Juazeiro

O professor Geraldo Alves da Silva, secretário de Educação de Educação de Juazeiro do Norte, foi pego de surpresa com a notícia de sua exoneração do cargo. O prefeito Raimundo Macedo teria alegado a necessidade de mudanças na Secretaria. Segundo informações, Geraldo continua na Secretaria em outro cargo.

A secretária executiva Cíntia Pinheiro assume interinamente a Secretaria. Especulações apontam o resultado do Sistema Permanente de Avaliação Escolar (SPAECE), onde Juazeiro foi ranqueado em último lugar, como motivo. A exoneração aconteceu nessa segunda-feira (4), primeiro dia útil do ano.

A disputa por Padre Monteiro em Juazeiro do Norte

Pelo menos, teoricamente, política é religião não se misturam ou não devem andar juntas. Teoricamente, porque em Juazeiro do Norte, com o avanço da corrida eleitoral, a especulação de bastidores deve ser quem terá o apoio do fenômeno Padre Monteiro.

Vários pré-candidatos já começam a se aproximar do padre para oferecer ajuda para sua obra social. Padre Monteiro, além de reunir multidões às terças-feiras, no Estádio Romeirão, mantém um grande projeto social, denominado Filhos Amados do Céu.

Apesar de receber todas as ajudas que chegam como doação, assessores do padre garantem que ele não pensa em emitir opinião sobre candidaturas ou qualquer outro fato político. A ideia é preservar a obra que vem desenvolvendo junto a pessoas carentes. A posição de isenção vai decepcionar muita gente com pretensões de poder.

O disse me disse no Cariri

Cumprimentado pelo governador Camilo Santana, durante evento em Farias Brito, o vereador de Juazeiro, Normando Sóracles, agradeceu a atenção e foi aplaudido.

Normando foi tratado como grande liderança da terra do Padre Cícero e pré-candidato a prefeito. Fernando Santana teria chamado o vereador para uma conversa.

Normando é aliado do senador Eunício Oliveira e espera uma definição para seu futuro político. Eunício anunciou Raimundão como seu candidato preferencial.

Como efeito imediato, Normando tratou de anunciar que, por afinidade, o candidato preferencial de Camilo Santana em Juazeiro, deve ser Giovanni Sampaio.

No Crato, o vereador Amadeu de Freitas após a leitura do relatório da CPI da Saaec avaliou desnecessária a votação no plenário. Foi acusado de diminuir a Casa.

Independente do resultado na Câmara, Amadeu deixou claro que iria levar o relatório ao Ministério Público e TCM. Para a base nenhuma novidade ao MP e TCM.

Segundo o líder do prefeito, vereador Paulo de Tarso, as informações contidas no relatório já vieram do MP e do TCM.

Paulo de Tarso, disse que esse teria sido o motivo da rejeição do plenário ao relatório. A CPI não conseguiu produzir nada de novo no caso Saaec.

Rafael Branco foi à luta

O empresário Rafael Branco, pré-candidato a prefeito do Crato, parece ter mudado a estratégia e resolveu ir à luta. Ele organizou a maior festa de natal de 2015 no Crato e depois foi à Brasília. Na capital federal foi recebido pelo deputado federal José Guimarães e pelo Ministro das Comunicações, Andre Figueiredo.

A festa de Natal no Seminário reuniu cerca de 5 mil pessoas e a viajem à Brasília rendeu uma promessa de construção de um ginásio poliesportivo. O ministro André Figueiredo já teria garantido R$ 500 mil para a obra.

De volta ao Ceará, Rafael conseguiu com o governador Camilo Santana, o aporte do Estado para a obra. Rafael Branco não definiu onde será construído o ginásio, mas já está assediado por lideranças cratenses.