sexta-feira, 26 de maio de 2017

Banco do Brasil autoriza análise para reabrir agências em Missão Velha e Jardim

A direção nacional do Banco do Brasil, em Brasília, autorizou nessa quinta-feira (25), a análise para a reabertura das agências de Missão Velha e Jardim. A informação é do diretor de relações institucionais, Wilson Santiago, e foi comunicada ao ex-vereador e suplente de deputado federal Normando Sóracles.

Segundo o diretor, a agência deve abrir inicialmente, apenas para transações que não necessitem de movimentação com dinheiro em espécie; isso, por que o cofre forte da agência foi totalmente destruído no último assalto.

Para a retomada da normalidade das transações financeiras, o município terá que implantar um conselho de segurança pública. O conselho deverá ser composto por membros da iniciativa privada, entidades representativas e do município. A implantação será orientada pelo Bando e homologado pela Polícia Federal que, também, deverá acompanhar a atuação do conselho.

O suplente Normando, observa que o diretor não falou em data para a reabertura, mas que o banco já iniciou os tramites legais como licitações para reconstruir os prédios destruídos. Ele observa, ainda, que os municípios devem se adiantar na organização do conselho.

A decisão é resultado de articulação de Normando feita junto ao presidente do Congresso, senador Eunício Oliveira (PMDB), no início da semana, em Brasília. Entre os pedido solicitados por Normando estão, ainda, a liberação de verbas para construção de quadras cobertas, poços profundos, pavimentação de vias, além da reabertura das agências bancárias.

Normando articulou os benefícios para os municípios de Missão Velha, Milagres, Jardim, Mauriti e Abaiara.

quarta-feira, 24 de maio de 2017


Brasília. Manifestação termina com guerra campal e exercito é chamado

Muito tumulto e quebra-quebra no protesto contra as reformas do governo Michel Temer (PMDB), nessa quarta-feira (24), em Brasília. Os manifestantes pediam, além do fim das reformas, a saída do peemedebista da presidência e eleições diretas.

Durante a manifestação, prédios dos ministérios da Fazenda e da Agricultura foram alvo de bombas e vidraças foram quebradas. Os ministérios foram evacuados, por segurança. O protesto duraram cerca de três horas na Praça dos Três Poderes e na Esplanada dos Ministérios.

O batalhão de Choque da Polícia Militar, usou bombas de efeito moral e gás lacrimogêneo, além de spray de pimenta, contra os manifestantes que, por sua vez montaram barricada para enfrentar a polícia. As últimas informações falavam em quatro pessoas foram detidas.

Intervenção

No Supremo Tribunal Federal (STF), a sessão do pleno foi suspensa quando foi veiculada a informação de que o presidente Michel Temer havia convocado as Forças Armadas por uma semana, decretando, praticamente, um Decreto de Estado de Sítio.

O ministro Marco Aurélio Mello, chegou a dizer que esperava que fosse mentira. Horas depois, o chefe das Forças Armadas, general Eduardo da Costa Villas Bôas, disse que a polícia do Distrito Federal tinha condições de garantir a lei e a ordem. 

Cerca de 100 mil manifestantes ocuparam a Esplanada dos Ministérios e, na sua maioria, a manifestação foi pacifica.

Audiência. Crato debate ExpoCrato

A Câmara de Vereadores do Crato debateram na terça-feira (23), a realização da Exposição do Crato (Expocrato) neste ano de 2017. Empresários e a sociedade civil, além de representante da Assembleia Legislativa, debateram prática de preços, opções de bebidas e a reforma do Parque de Exposições Pedro Felício Cavalcante.

O presidente da Câmara, vereador Florisval Coriolano (PRTB), destacou a quebra do monopólio para a venda de bebidas, mas reconhece que é preciso avançar na discussão para diminuir os valores de aluguel das barracas e entradas dos shows.

Para o representante do Núcleo Gestor da ExpoCrato, Dr. Leitão Moura, o debate fortaleceu Exposição. Ele reconheceu que existem dificuldades e carências, mas que é a partir das discussões que o evento pode avançar.

A polêmica ficou a cargo da realização do evento na terceira semana de julho. Houve protestos e alguns criadores chegaram a recusar em participar da Expocrato, caso permanecesse a data. Os vereadores apresentaram solicitações, voltadas à diminuição dos preços de ingressos dos shows e de produtos e serviços vendidos no Parque.

Eleições 2018. A encruzilhada de Guilherme Landim

O ex-prefeito de Brejo Santo, Guilherme Landim (PDT) terá a oportunidade de mostrar toda a sua habilidade política na eleição do próximo ano. Pertencente a base do Governo Camilo Santana, o ex-prefeito terá o apoio do peemedebista Diego Feitosa, em Missão Velha, e articula uma possível dobradinha com o deputado federal Domingos Neto, líder do PSD, de Domingos Filho, inimigo político do Governo petista.

Mesmo pressionado pela base, Guilherme tem se saído bem. Na última semana, Guilherme apareceu ao lado Fernando Santana, também, pré-candidato em 2018. Nas palavras de Fernando, os dois estão bem relacionados e com a maturidade de quem sabe da responsabilidade com a região do Cariri. Domingos Neto quer estar em, pelo menos, quatro dos seis colégios eleitorais garantidos por Guilherme.

Enquanto isso...

Outra encruzilhada política vivem os prefeitos Afonso Sampaio, de Nova Olinda, e Evanderto Almeida, de Assaré. Apesar de fazerem parte da base do governador Camilo Santana, os gestores estão em um partido da oposição e correm o risco de ficar em palanques opostos ao Governo.

Afonso e Evanderto são filiados ao PSD de Domingos Filho e têm até o fim do ano para resolver a encruzilhada política. Os gestores dizem esperar uma orientação do Governo, mas, Camilo Santana se prepara para mandar um recado direto: cada um deve escolher seu lado o mais breve possível.

Reforço. Normando ajuda na articulação de prefeitos do Cariri

Os prefeitos de Milagres, Missão Velha, Mauriti e Abaiara, agradecem o mais recente reforço na articulação por recursos em Brasília. O ex-candidato a prefeito e ex-vereador de Juazeiro do Norte, Normando Sóracles (PSDB), aproveitou a viajem a capital federal para solicitar recursos para os municípios, junto ao presidente do Congresso, senador Eunício Oliveira.

Dos quatro gestores, três fazem parte da base do governador Camilo Santana, portanto interlocução com o Governo Federal. Quadras Poliesportivas, pavimentação de vias, perfuração de poços e reaberturas de agencia bancária, foram algumas das solicitações.

Normando deve ser candidato no próximo ano, mas garante que a articulação é para favorecer a população e não para comprometer os prefeitos com sua pretensão. Os gestores agradecem a atitude.

terça-feira, 23 de maio de 2017


Brasília. PF prende dois ex-governadores por desvio

A Polícia Federal (PF), sob o comando da operação Lava Jato, amanheceu está terça-feira (23), em Brasília, para prender os ex-governadores Agnelo Queiroz (PT), José Roberto Arruda (PR) e o ex-vice-governador Tadeu Filippelli (PMDB). Assessor do Palácio do Planalto, Filipelli é um dos principais operadores de Michel Temer.

Além dos ex-governadores, a PF teve como alvo outros agentes públicos e ex-agentes públicos, construtoras e operadores de propinas que atuaram ao longo de três gestões do Governo do Distrito Federal. A operação investiga um esquema de propinas na construção do estádio Mané Garrincha. A organização criminosa é suspeita de desviar até R$ 900 milhões.

Missão Velha. Prefeito e Sindicato sem diálogo

Em Missão Velha, está cada vez mais difícil a situação do prefeito Diego Feitosa (PMDB), frente aos servidores do município. Depois de parcelar em vários meses os salários de novembro de dezembro de 2016, o prefeito ainda não sentou com os servidores para apresentar uma proposta de reajuste salarial para este ano.

Representantes do Sindicato dos Servidores, reclamam da falta de diálogo e não descartam a possibilidade de greve geral. Os sindicalistas dizem que desde janeiro deste ano, data base para maioria das categorias, o gestor não atende aos ofícios e nenhuma proposta é apresentada.

Extinção. TCM, a luta continua

Depois de festejar e ter que voltar atrás, os prefeitos da região do Cariri reagiram com cautela à informação de nova tentativa de extinção do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM).

Apesar da delação da JBS à operação Lava Jato, envolvendo o presidente Michel Temer e mais 1.890 políticos brasileiros, a nova Proposta de Emenda à Constituição (PEC) do deputado estadual Heitor Ferrer (PSB), manteve a atenção dos gestores caririenses.

A primeira tentativa do deputado, aprovada pela Assembleia legislativa, acabou suspensa por liminar concedida pela presidenta do Supremo Tribunal Federal, ministra Carmem Lúcia.

Sabedores que o órgão pode ter direcionamentos políticos, os prefeitos revolveram esperar por uma definição antes de festeja ou lamentar a extinção do órgão. Vale a pena esperar!

Prefeitos. Marcha à Brasília foi despolitizada

A 20ª Marcha dos Prefeitos à Brasília foi encerrada no dia 18 sem nenhum debate político na pauta. Apesar da Capital Federal estar envolta por uma grave crise, os gestores municipais não ultrapassaram o limite da barganha por mais os prazos para pagamentos de dívidas e liberação de recursos.

A lei foi: dinheiro tudo e política nada. Além do vazio deixado pela discussão política, os novos prefeitos ficaram marcados por outra crítica, eles aproveitaram os dois dias vagos na agenda para fazer turismo na cidade com seus assessores e secretários. Foram mais 7 mil gestores que viajaram as custas dos cofres públicos.

Teve prefeito solicitando audiência com líderes políticos apenas para tirar foto. O curioso é que a marcha teve como tema “O Brasil em Reformas”. Já tem gestor esperando a próxima marcha para passear novamente.

quinta-feira, 18 de maio de 2017


Araripe. Prefeito e vice são cassados por crime eleitoral

A Justiça Eleitoral de Araripe cassou, na quarta-feira (17), os mandatos do prefeito Giovane Guedes (PR) e do seu vice, Francisco Sales. Para a decisão o juiz Herick Bezerra Tavares (68ª Zona Eleitoral), acatou denúncia de abuso de poder econômico e político durante o processo eleitoral de 2016.

Segundo a denúncia, o prefeito contratou 589 servidores sem concurso ou seleção público, além de 43 veículos, entre os meses de janeiro e junho, o que é vedado pela lei. Os contratos foram rescindidos logo após a eleição, o que, para a justiça, se configurou como uso da máquina pública para favorecimento eleitoral.

Ao Ministério Público Eleitoral, autor da denúncia, a defesa do prefeito afirmou que as contratações ocorreram de forma excepcional e com interesse público, afim de garantir a continuidade dos serviços. As contratações estariam assegurados pelo Decreto de Emergência em vigor no município.

Após a decisão, o prefeito cassado disse que já esperava a decisão é que sua assessoria jurídica já prepara ação contestando a decisão, junto ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE), em Fortaleza. Caso seja mantida a decisão, Giovane e o vice ficarão inelegíveis por oito anos.

INSS. Peritos ganham R$ 60 reais para cada benefício negado

Uma das pautas favoritas do Governo Michel Temer é a Previdência Social. Além da polêmica reforma, o governo institucionalizou uma ação cruel para barrar os benefícios de quem é acometido por problemas de saúde e precisam da assistência da Previdência.

A determinação do Governo é que seja pago, aos peritos do INSS, R$ 60 reais por cada benefício negado. A decisão foi publicado no Diário Oficial da União com a justificativa de diminuir o grande número de solicitações por benefícios.

Na agência do INSS de Juazeiro do Norte, a medica tem sido tratada como absurda e tem sido foco de protestos internos. No Crato, há denúncias de que nem casos como câncer tem sido aceitos para benefício por doença.

Decisão. Como fica o País com a queda de Temer

Em caso de queda do presidente Michel Temer, o presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia (DEM), deveria assumir a Presidência. Mas sua situação, também, é insustentável por estar sendo denunciado pela operação Lava Jato.

Com o impedimento de Rodrigo Maia, o nome seria do presidente do Senado, Eunício Oliveira, que também é investigado. Os dois impedimentos, abre espaço para que a presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Carmem Lúcia assuma a Presidência para convocar novas eleições, em até 30 dias.

Apesar das muitas manifestações pelo país pedirem eleições diretas, a Constituição de 1988 aponta para uma eleição indireta feita pelo Congresso. Entre os parlamentares da oposição há um movimento para que se mude a constituição instituindo, no caso, eleições diretas.

Crise. Ceará aparece na lista da JBS com 10 deputados federais e 20 estaduais

Segundo informações do Jornalista Donizete Arruda, na coluna Brasília-Ceará, da Rádio Plus FM, no Ceará, a crise deve 10 deputados federais e 20 estaduais. Segundo o jornalista, alguns desses nomes devem ser considerados inocentes.

Informações apontam que deputados federais como Gorete Pereira, Ronaldo Martins e Antônio Balhmann; o deputado estadual e presidente da Assembleia, Zezinho Albuquerque; além dos irmãos Cid Gomes, ex-governador do Estado, e Ivo Gomes, prefeito de Sobral, estão na lista. Eles receberam doações da JBS para suas campanhas.

Caos. Delação da JBS pode derrubar República brasileira

O empresário Joesley Batista e seu irmão Wesley Batista, proprietários da JBS, fizeram uma denúncia explosiva ao ministro do STF (Superior Tribunal Federal) Edson Fachin, relator da Lava Jato. Os empresários apresentaram gravações de Michel Temer dando aval para comprar o silêncio de Eduardo Cunha, ex-presidente da Câmara e deputado cassado.

O senador Aécio Neves (PSDB-MG), também, foi gravado pedindo R$ 2 milhões a Joesley. O dinheiro foi entregue a um primo do presidente do PSDB, numa cena devidamente filmada pela Polícia Federal, segundo denúncia feita pela Rede Globo na noite dessa quinta-feira (17).

Após a notícia, vários grupos de parlamentares que integram o núcleo duro da base aliada pediram a renúncia de Michel Temer. Apesar de se dizer inocente a situação de Temer é insustentável, com provas irrefutáveis e que podem leva-lo à cadeia. Juristas da OAB qualificaram Temer como criminoso.

Nesta quinta-feira (18), a Polícia Federal (PF) amanheceu nas casas e gabinetes dos senadores Aécio Neves e Zezé Perella. Aécio foi afastado da presidência do PSDB e do mandato de senador. A PF cumpriu mandato de busca e apreensão na casa do deputado federal Rocha Loures (PMDB-PR), considerado o homem da mala do Temer, e que perdeu o mandato.

Ainda nesta manhã, PF cumpriu manda no gabinete do procurador da República Ângelo Goulart Vilela, por repasse irregular de documentos sigilosos. A PF foi ao TSE em busca de provas contra Ângelo, que estava sendo indicado para a Procuradoria Geral da República (PGR).

A PF prendeu a irmã de Aécio Neves, Andréa Neves. Ela pediu a propina de R$ 2 milhões em nome do irmão. A expectativa é que o Pleno do STF analise pedido de prisão de Aécio Neves. O pedido foi feito pelo procurador-geral Rodrigo Janot. Ao todo a JBS denunciou 1.890 políticos de todo o Brasil.

quarta-feira, 17 de maio de 2017


Articulação. PDT de Juazeiro quer expulsar vereadores

Nem a presença das maiores lideranças do PDT estadual, durante Encontro Regional no Cariri, dia 13, foi capaz de amenizar a crise que se instalou na sigla nos últimos dias. Motivados pelo argumento da infidelidade, Gilmar Bender e Roberto Sampaio, estão travando uma luta para expulsar os vereadores Marcio Joias e Auricelia Bezerra.

O estopim da crise teria sido uma sondagem feita aos vereadores sobre o apoio às pré-candidaturas de Bender a federal, e Roberto a estadual. Os vereadores disseram esperar por uma conversa com o prefeito para definir os votos. A posição dos vereadores acabou agravando a tesão que já se estendia desde o início da gestão Arnon, quando Auricelia aceitou o cargo de vice-líder do prefeito na Câmara.
Rita candidata
Bem longe da crise que assola o PDT de Juazeiro do Norte, a vereadora Rita Monteiro, foi anunciada como pré-candidata a deputada estadual do partido. Rita recebeu a indicação do próprio presidente estadual do PDT, deputado federal André Figueiredo, durante o Encontro Regional do partido no Cariri. A vereadora ainda não confirmou se vai para a disputa.

video
Vídeo do momento em que a sessão foi suspensa por falta de quórum



Mauriti. Presidenta da Câmara boicota sessão para fugir de protesto

A presidenta da Câmara de Mauriti, vereadora Fernanda Martins (PSDB), boicotou a sessão da Câmara nessa terça-feira (16), para evitar os protestos de vereadores petistas e da população. Dos 13 vereadores, apenas três compareceram à sessão que foi cancelada por falta de quórum.

A presidente da Câmara era o alvo da manifestação, motivado por uma postagem contra o ex-presidente Lula e seus apoiadores. A presidente usou as redes sociais para criticar duramente o ex-presidente Lula e seus eleitores.

Segundo a vereadora, enquanto o ex-presidente chegava para depor no processo da operação Laja Jato, seus correligionários “latiam” alegando inexistência de provas. Fernanda é filha do ex-prefeito Marcio Martins e faz parte da base do prefeito Mano Morais que apoia o ex-presidente Lula.

Cariri 2018. Moésio Loiola vai disputar cadeira para Assembleia

Depois de cumprir seu papel de evitar a volta do ex-prefeito Paulo Ney ao poder em Campos Sales, o atual prefeito Moésio Loiola deve concorrer a uma cadeira na Assembleia Legislativa em 2018. Depois de ser eleito e reeleito, Moésio quer encerrar a carreira política como deputado estadual.

Para o Governo do Estado, base a qual ele faz parte, a candidatura de Moésio pode resolver um problema na região Oeste do Cariri. Apesar das muitas tentativas, nenhuma liderança desponta como viável a ocupar uma cadeira no Legislativo estadual.

Nomes como o deputado Sineval Roque e o ex-prefeito de Salitre Agenor Ribeiro, estão desgastados; e outros como Antônio Filho, ex-prefeito de Antonina do Norte, não dá sinais de avanço na pré-candidatura. Caso seja eleito, Moésio passará o comando do município para o seu vice, Valdir Júnior.

Antonina do Norte. Vereador faz oposição além mandato

O vereador de Antonina do Norte, Santino Barbosa (PR), mostrou que apesar da legislatura ter mudado, ele continua oposição ao ex-prefeito Antônio Filho (PDT). Recentemente, o vereador cobrou os balancetes das prestações de contas da ex-gestão, referentes aos três últimos meses de 2016.

Santino ameaça levar o caso ao Ministério Público propondo ação de improbidade administrativa. Na Câmara, o vereador acusou Antônio Filho de ocultar informações importantes à fiscalização. O ex-prefeito se defende alegando que a posição do vereador e motivada por questões que ultrapassam a política.

Segundo Antônio Filho, os balancetes foram entregues à Câmara e podem ser encontradas no resumo das contas. A tensão promete, já que, a base do prefeito Evandro Arrais promete sair em defesa de Antônio Filho.

Opinião. Bondade de Temer trará prejuízo de R$ 23 bilhões

O presidente Michel Temer anunciou o alivio da dívida de grandes corporações, inadimplentes com o fisco. O Programa de Regularização Tributária (PRT), conhecido como novo Refis, reduz em até 90% multas e juros, de grandes devedores. Os 10% poderão ser pagos em até 180 meses. O Refis vai provocar uma perda de arrecadação de R$ 23 bilhões ao país.

A verdade é que no jogo do “vale tudo”, Michel Temer perdeu o controle que nunca teve. Ele foi enquadrado por sua própria base que aproveita o momento de turbulência para beneficiar grandes corporações em detrimento dos benefícios aos mais fracos; aqueles que passam fome.

No Congresso, durante a articulação desses pacotes de bondades é normal a prática de chantagem e ameaças. Nesse jogo, barganha é besteira, quando, quem está na cadeira de presidente tem apenas 4% de aprovação e está pressionado pelo eminente risco de sair do poder como maior fiasco da história.

Penalizar o mais fraco em benefício do grande pode levar a sétima economia do mundo a cometer um verdadeiro genocídio com o seu povo. Não estamos falando de simples prejuízo financeiro, estamos tratando de falta de políticas públicas, penalizadas pela falta dos recursos de sobram nos cofres dos grandes frutos da corrupção.

Imposto é para ser pago. Mas, no Brasil, é comum a classe empresarial esperar pelos famosos refis para burlar essa obrigação. O certo é penalizar o devedor, incluindo seu nome na dívida ativa com cobrança judicial e bloqueio de bens.

Abrir mão de R$ 23 bilhões, atrelado a um discurso de recessão e da implementação de um grande pacote de maldades com reformas como a da Previdência e Trabalhista é assumir sua verdadeira prioridade; a da elite que ainda nos impõe uma república de bananas.

Fazer Refis para quem pode pagar é oficializar a corrupção endêmica que atrasa o Brasil.

terça-feira, 16 de maio de 2017


Turismo e Fé. Fernando resgata projeto da estátua de Santo Antônio para Barbalha

O secretário-adjunto do Gabinete do Governador, Fernando Santana, articula, junto ao governador Camilo Santana, um monumento em homenagem a Santo Antônio, padroeiro da cidade. Segundo Fernando, a homenagem é um projeto do próprio governador desde a campanha de 2016.

Apesar de Fernando ter encampado a ideia recentemente, ele garante que iniciativa de construir o monumento foi do próprio Camilo. Na avaliação de Fernando, o monumento vai valorizar o município com geração de emprego e renda com o fomento do turismo religioso.

O local escolhido para construção é motivo de estudos e deve ser revelado em breve pelo governador Camilo Santana.

Mauriti. Câmara se prepara para protesto contra a presidente Fernanda

A presidente da Câmara de Mauriti, vereadora Fernanda Martins (PSDB), deve ser alvo de uma manifestação organizada pelos vereadores e população. A motivação foi uma postagem contra o ex-presidente Lula e seus apoiadores.

A presidente usou as redes sociais para criticar duramente o ex-presidente Lula e seus eleitores. Segundo a vereadora, enquanto o ex-presidente chegava para depor no processo da operação Laja Jato, seus correligionários “latiam” alegando inexistência de provas.

Fernanda, que é filha do ex-prefeito Marcio Martins, causou revolta entre os apoiadores do prefeito Mano Morais, que defende Lula. Fernanda faz parte da base de Mano e sua postagem foi tratada como desrespeitosa e vergonhosa. Apesar de Fernanda ter retira a ofensa, permanece o desgaste.
“Se fosse parlamentar, votaria a favor das reformas da Previdência e Trabalhista.”
15 de maio. Marina Silva (Rede) em entrevista ao Broadcast Político. Marina foi ministra do Meio Ambiente e candidata a presidência em 2010 e 2014.



Juazeiro. Dura batalha para Arnon na Câmara

Enquanto estava licenciado por motivo de saúde, o prefeito de Juazeiro do Norte, Arnon Bezerra (PTB), transferiu o cargo para o vice Giovanni Sampaio e teve a oportunidade de avaliar sua relação com o Poder Legislativo. Dos 21 vereadores, apenas quatro (Marcio Joias, Auricelia Bezerra, Preto Macedo e o presidente Gledson Bezerra) compõem sua base. Os outros 17 se declaram oposição ao prefeito.

O mais grave: sob a liderança de Darlan Lobo e Capitão Vieira a oposição ameaça a implantar cinco CPIs. E a disposição tanto de Darlan quanto de Capitão Vieira é de afastar Arnon, que está no cargo há apenas quatro meses e 15 dias. A pergunta é: qual seria o real motivo de tanta revolta?

Tarefa pesada para Giovanni

Diante das muitas ameaças de CPIs e de racha na base do prefeito Arnon Bezerra, agrava pela intervenção do seu irmão Luiz Ivan, entrou em campo o vice-prefeito Giovanni Sampaio para resolver a crise e acalmar a tensão entre os poderes Executivo e Legislativo.

Na sessão do dia 11, a Administração Arnon chegou a esperar uma CPI para investigar o repasse à empresa Proex, que faz a coleta do lixo no Município. A ameaça foi estancada com a intervenção do interino Giovanni, que assumiu a articulação política e adiou a instalação da CPI.

(Com informações da Coluna Rebate, Jornal do Cariri)

segunda-feira, 15 de maio de 2017


Retorno. Giovanni devolve administração para Arnon

O vice-prefeito de Juazeiro do Norte, Giovanni Sampaio (PSD) recepcionou o prefeito Arnon Bezerra (PTB), na tarde desta segunda-feira (15) no Aeroporto Orlando Bezerra. Arnon retornou de Fortaleza, após 12 dias, onde passou por tratamento de saúde. Ainda no Aeroporto, Arnon foi recebido por familiares e amigos.

Arnon destacou a recepção calorosa que teve ao chegar em Juazeiro do Norte, se dizendo emocionado com os amigos vieram lhe recepcionar. “Isso me dá força e cada vez mais reafirma o nosso compromisso de trabalhar e servir bem, dentro das nossas limitações e do que for possível,“ disse Arnon.

O prefeito retomou as atividades administrativas e logo em seguida se reuniu com o secretariado. Nesta terça-feira, volta a audiência com o governador Camilo Santana. Na pauta serão tratados projetos como a reforma do Estádio Romeirão, além da recuperação e estruturação do Parque Ecológico das Timbaúbas e Parque de Eventos Padre Cícero.

Encontro. Guilherme confirma liderança no PDT

O ex-prefeito de Brejo Santo, Guilherme Landim, saiu do Encontro Regional do PDT, realizado no Cariri, como a grande liderança do partido na região. Guilherme foi o escolhido para falar em nome dos ex-prefeitos e dos pré-candidatos a deputados estaduais. Foi elogiado pelo legado deixado na educação do município.

Com a posição de maior liderança da região ligada ao PDT, o ex-prefeito supera nomes como o ex-candidato a prefeito de Juazeiro do Norte, Gilmar Bender, e o deputado estadual Sineval Roque.

A confirmação de Guilherme no Cariri leste, fecha aproxima o Governo da definição dos nomes que serão prioridades nas eleições do próximo ano. Guilherme dividirá a disputa com Moésio Loiola, no Cariri oeste, além de Fernando Santana, Manoel Santana, Rafael Branco e Giovanni Sampaio, ambos do Crajubar.
Mano surpreende
Com relação ao Encontro do PDT no Cariri, quem, também, saiu fortalecido foi o prefeito de Mauriti, Mano Morais. Ele falou em nome dos gestores da região, fazendo uma avaliação positiva do partido para as eleições do próximo ano. Mano é considerado como possível definidor da eleição no Cariri.


Liderança. Prefeitos apagados no Encontro do PDT

Ao contrário do ex-prefeito de Brejo Santo, Guilherme Landim, o atual prefeito de Caririaçu, Edmilson Leite (PDT), teve seu momento de apagão. Durante o Encontro Regional do seu partido, Edmilson passou despercebido. Pior que Edmilson só os prefeitos de Penaforte, Agábio Sampaio; de Iguatu, Ednaldo Lavor; e de Milagres, Lielson landim.

O silêncio de Edmilson, Agábio e Lielson, foi justificada pela ligação política com Guilherme, que deve disputar a eleição do próximo ano e, por isso, necessitaria de mais espaços.

Algo parecido se aplica a Ednaldo, que foi apagado pelas presenças do ex-deputado estadual Marcelo Sobreira e da deputada Mirian Sobreira. O casal tem a responsabilidade política pela eleição de Ednaldo. Resta saber se depois da eleição a posição de apagão político continuará entre os prefeitos do PDT.
Contra a seca
Para os prefeitos de Campos Sales, Salitre e Araripe, o alivio no combate à seca veio com o anuncio do governador Camilo Santana da liberação de novos poços profundos. A medida é para garantir o abastecimento de água no Cariri e deve custar aos cofres do Estado o valor de R$ 3 milhões.


Nova Olinda. Secretário de Saúde numa gelada

O secretário de Saúde de Nova Olinda, Pedro Neto Sousa, entrou em uma verdadeira gelada com o Ministério Público do Estado (MP). O secretário foi preso no dia 9, a pedido do promotor Daniel Ferreira de Lira, sob a acusação de peculato e apropriação indébita.

A equipe do MP e da Polícia Civil encontrou um aparelho de ar-condicionado, com tombamento da Prefeitura, em sua residência. O aparelho está em seu poder desde 2013, ainda, na gestão do ex-prefeito Ronaldo Sampaio, já falecido.

Segundo o secretário, o aparelho foi instalado a mando do ex-prefeito que constantemente usava o ambiente para tirar sonecas. A questão debatida na Câmara e no meio da população é se o atual prefeito Afonso Sampaio, deu continuidade ao costume do antecessor, já que, o aparelho continuava no local.

Outras peripécias de Pedro Neto

Mas, o que estava ruim, ficou ainda pior para o secretário Pedro Neto. Ao ser procurado em sua casa para cumprimento da ordem de prisão, a polícia foi avisada que o mesmo se encontrava em Assaré, dando expediente em repartição pública.

Além de Nova Olinda, onde é, também, agente administrativo, Pedro Neto acumula cargos em Assaré e Altaneira. Apesar dos muitos empregos públicos o secretário se recusou a devolver o aparelho pertencente a Prefeitura. O MP e a Polícia Civil apreenderam, junto com o secretário, um notebook e documentos oficiais da Prefeitura que estavam em seu poder. Tudo para perícia.

Pedro Neto é alvo de vários inquéritos e duas ações por improbidade. Ele deve responder por desvio e dano ao erário público. As peripécias do secretário não foram comentadas pelo prefeito Afonso Sampaio.

quarta-feira, 10 de maio de 2017


Frente a frente. Lula depõe à Sergio Moro em Curitiba

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi ouvido, nessa quarta-feira (10), em depoimento ao juiz federal Sergio Moro, responsável pela Operação Lava Jato, que investiga pagamento de propina em obras da Petrobras.

Lula é acusado de receber propina da empreiteira OAS por benefícios na Petrobras. O ex-presidente chegou acompanhado pelos senadores Gleisi Hoffmann (PT-RS) e Lindbergh Farias (PT-RJ) e andou entre os apoiadores segurando uma bandeira do Brasil.

O depoimento começou às 14 horas na sede da Justiça Federal, em Curitiba, e durou cerca de 5 horas. O juiz Sérgio Moro proibiu a entrada de pessoas não autorizadas o prédio da Justiça Federal e que não estivessem ligadas à audiência.

Durante o interrogatório, Lula negou as acusações e disse estar sendo vítima da maior caçada jurídica da história do País. Segundo Lula, está sendo julgado por um “power point” e por uma tese eminentemente política.

Em sua fala, Lula também disse ter orgulho da Petrobras e da empresa extraordinária em que ela se tornou após a descoberta do pré-sal. Após 5 horas de depoimento, o ex-presidente Lula subiu ao palco para discursar para mais de 50 mil pessoas.

Ao todo, mais de 700 ônibus, de vários rincões do País, se deslocaram a Curitiba. Sobre o julgamento, Lula ironizou a força-tarefa da Lava Jato. "Hoje eu achei que iriam me mostrar uma escritura. E nada, nada, nada!", afirmou Lula. Durante sua fala, Lula disse que não tinha tamanho para tamanha solidariedade.
Arnon recuperado
Depois de passar por uma situação de emergência, causada por um engasgo, o prefeito de Juazeiro do Norte, Arnon Bezerra (PTB), voltou as suas atividades. Nesta quarta-feira (10), Arnon foi recebido no Palácio da Abolição, pelo secretário adjunto do Gabinete do Governador, Fernando Santana, para tratar assuntos de interesse de Juazeiro. Arnon estava acompanhado pelo irmão e secretário de Meio Ambiente de Juazeiro, Luiz Ivan Bezerra.


Audiência. Dr. Santana provoca debate sobre situação dos hospitais de Barbalha

Atendendo a requerimento do deputado estadual Manoel Santana (PT), a Comissão de Seguridade Social e Saúde da Assembleia Legislativa, anunciou a realização de Audiência Pública para discutir a situação dos Hospitais de Barbalha. O evento acontecerá no próximo sábado, dia 13, a partir das 9h, no Cine Teatro do município.

Durante a audiência será debatida a situação dos hospitais São Vicente de Paulo e Santo Antônio. A discussão deve reunir representantes dos 41 municípios atendidos pelas unidades. O deputado Dr. Santana usou a tribuna da Assembleia para fazer pronunciamento sobre o problema no último dia 3.

Durante o pronunciamento, Dr. Santana destacou a reunião que teve com a vereadora de Juazeiro do Norte, Rita Monteiro (PDT). Na avaliação do deputado, os hospitais estão em crise, porque vêm realizado atendimento além da cota contratada pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Jardim. Fim da greve e aumento na folha

Em Jardim, chegou ao fim uma greve que já durava três meses. Apenas os servidores da Educação não estavam no movimento. Segundo a direção do Sindicato dos Servidores do Município, o prefeito Aniziário Costa (PCdoB), atendeu as reivindicações propostas pelas categorias.

Ainda em Jardim, apesar de reclamar da folha de pagamento, o prefeito Aniziário anunciou uma seleção pública para contratação de novos servidores. As contratações serão para o Centro de Referência e Assistência Social para os cargos de advogados, assistentes sociais, psicólogos e educadores sociais. Os salários chegam a R$ 1,8 mil.

Mauriti. Gestão Mano Morais agradando

Depois de quatro meses de gestão, o prefeito de Mauriti, Mano Morais (PDT), parece estar agradando a maioria da população e a maior parte da classe política local. Na última semana, Mano assumiu a reformulação no setor de iluminação pública. O setor é tarefa dos municípios desde 2010, instituído pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

No município o setor estava sem manutenção a contento. Antes o prefeito anunciou uma série de ações como reativação do Centro de Convivência para a terceira idade, corridas de rua para incentivo ao esporte, reforma do espaço da Feira do Gado, além de parceria com instituições como o SESC.

Para a assessoria do prefeito, as ações estavam paralisadas e, agora, estão sendo priorizadas. O trabalho tem sido elogiado na Câmara Municipal.