sexta-feira, 24 de novembro de 2017

Sem rumo. Capitão Wagner é pré-candidato a tudo

A possibilidade de aliança entre o líder da oposição no Ceará, senador Eunício Oliveira (PMDB), e o governador Camilo Santana (PT), parece estar deixando as demais lideranças sem direção. Em resposta ao programa Ceará News, da Rádio Plus FM, o deputado estadual Capitão Wagner (PR), disse que é pré-candidato ao Governo do Estado, ao Senado e a deputado federal.

Além da indefinição sobre o que disputar, Capitão Wagner tem se envolvido em polêmicas. Sobre a possível candidatura da sua esposa a deputada federal, Capitão Wagner desistiu da ideia. Outros problemas são o rompimento com o colega deputado federal Cabo Sabino (PR) e a procura por um novo partido. Segundo informações ele estaria descontente com a direção do PR.

Em uma avaliação breve, podemos dizer que Capitão Wagner está sem rumo político, sem partido e sem aliados. A seu favor Wagner tem a boa aceitação da população e uma excelente colocação nas pesquisas internas.

Articulação. Gorete Pereira trama contra Roberto Pessoa e Lúcio Alcântara

A deputada federal Gorete Pereira articula com a presidência nacional do PR retirar o comando do partido no Ceará das mãos de Roberto Pessoa e Lúcio Alcântara. Segundo o jornalista Donizete Arruda, na coluna conexão Brasília- Ceará, Gorete quer o apoio da legenda à reeleição do governador Camilo Santana (PT). Roberto Pessoa e lúcio seriam contrários a decisão. Na oposição, a deputada já é tratada como traidora.

Prefeito Zé Maria e Fernando Santana fortalecidos

Passada a turbulência dos atendimentos hospitalares do Crato, a população dos 12 municípios envolvidos no caso, fazem a mesma avaliação: o prefeito de Farias Brito, Zé Maria, foi o grande responsável pela virada de jogo. Quem não acreditava na força do prefeito em nível estadual, como a oposição na Câmara de Vereadores do município, acabou cedendo aos apelos elogiosos da população.

Nas ruas de Farias Brito, é unanime a conclusão de que o prefeito deu uma demonstração de força ao articular os outros gestores para reivindicar. Zé Maria contou com a força do secretário adjunto do Gabinete do Governo, Fernando Santana, que recebeu a solicitação e levou o caso ao governador Camilo.

Os dois saíram do episódio fortalecidos e no município já se fala em uma possível parceria para as eleições de 2018. É esperar!

Ausência de liderança em Assaré

A oposição de Assaré vive um momento inusitado. Motivada pelo desgaste prematuro do prefeito Evanderto Almeida, o grupo responsável pela crítica à atual gestão está em plena ascensão. Mas, apesar do bom momento, o grupo enfrenta um problema crucial: não tem um nome que possa agregar todos em torno de um projeto único de poder.

A necessidade de uma nova liderança começa a preocupar em relação à sucessão de 2020. Entre os nomes avaliados, está o ex-prefeito Oliveira, que acabou não agregando boas opiniões. Outro avaliado foi o, também, ex-prefeito Samuel Freire, que sequer entrou em debate.

A avaliação é que Oliveira teve seu tempo e o momento pede novas ideias. Já Samuel, foi criticado pela ausência de ideias. Um empresário da cidade, com grande atuação política, chegou a ser sondado, mas acabou dizendo não. Ou seja, sem nome, a saga da oposição continua.

quinta-feira, 23 de novembro de 2017



Senado. Eunício comanda derruba de veto que dá folego de R$ 15 bilhões as prefeituras

Sob articulação do seu presidente, Eunício Oliveira (PMDB), o Senado derrubou o veto (30/2017) do presidente Michel Temer (PMDB), que impedia o chamado “encontro de dívidas” dos municípios com a União. A derrubada do veto, relativo a débitos dos municípios com a Previdência, vai garantir um alívio de R$ 15 bilhões para as prefeituras. Segundo Eunício, chegou a ligar para o presidente pedindo que falasse com o seu líder na Casa avisando da decisão de derrubar o veto.

A lei, originária da Medida Provisória 778, vetada por Temer permite uma nova renegociação de dívidas previdenciárias de estados e prefeituras junto ao INSS. Segundo estimativa da Confederação Nacional dos Municípios, com a nova legislação e a revisão do valor devido ao INSS, haveria uma redução de cerca de R$ 30 bilhões de um passivo total estimado em R$ 75 bilhões. Desses R$ 30 bilhões, R$ 15 bilhões viriam do encontro de contas.

Roma. Camilo é recebido pelo Papa

O governador cearense Camilo Santana (PT) esteve em Roma nessa quarta-feira (22), onde se encontrou com o Papa Francisco, no Vaticano. Segundo informações, na conversa rápida, Camilo pediu pela beatificação de Padre Cícero. O governador entregou uma estátua do Padre Cícero e pediu as bênçãos para o Estado. Camilo estava acompanhado da primeira-dama, Onélia Leite Santana.

Apesar das críticas, Bolsonaro é cidadão cratense

Debaixo de críticas e protestos da população e uma votação estranha, o presidenciável e deputado federal Jair Bolsonaro teve aprovado título de cidadão cratense. O projeto do vereador Bebete Anastácio teve apenas 7 votos favoráveis. Dois vereadores foram contra e outros 8 parlamentares abandonaram a sessão antes da votação.

A ausência em massa causou desconforto, mas a sessão continuou com quórum e a matéria teve aprovação da maioria. Para justificar o projeto, o vereador Bebete disse que o deputado federal tem pautado projetos que beneficiam a classe dos policiais. Apesar da justificativa, o título continua sendo questionado nas redes sociais.

Pressão popular sobre a Câmara de Juazeiro

Depois do recuo nas tensões internas, a Câmara de Juazeiro do Norte deve voltar suas atenções para articulações externas. Nas últimas semanas, um grupo de advogados, empresários e outros profissionais liberais iniciaram um abaixo assinado propondo a diminuição dos salários dos parlamentares juazeirenses.

A sugestão é que os rendimentos caiam dos atuais R$ 10 mil para R$ 5 mil. A iniciativa, de cunho popular, pretende ganhar força de Projeto de Lei a ser encaminhada na Casa Legislativa. O grupo não tem bandeira partidária e ganha mais adeptos a cada dia.

Locais como Praça Padre Cícero, Centro de Apoio aos Romeiros e Vapt Vupt já foram visitados com grande aceitação. Na Câmara, parte dos vereadores já foi avisada sobre a iniciativa, mas a maioria está descrente com o sucesso desse movimento.

(Coluna Rebate, Jornal do Cariri).

terça-feira, 21 de novembro de 2017


Denúncia. Dr. Santana classifica decisão do MP como perseguição política

O deputado estadual Manoel Santana Neto (PT) reagiu com veemência a divulgação da Ação Civil Pública do Ministério Público do Estado (MPCE), que o acusa de improbidade administrativa. Para Dr. Santana a ação é descabida e fruto de perseguição política. Os promotores Silderlândio do Nascimento e Igor Pereira pedem a suspenção dos diretos políticos por 8 anos.

Manoel Santana foi prefeito de Juazeiro do Norte entre os anos de 2009 e 2012 e teria, segundo os procuradores, doado irregularmente vários imóveis do município, causando prejuízo aos cofres públicos de aproximadamente R$ 9 milhões.

Para Dr. Santana, o ato do MP foi irresponsável. Ele ressaltou que suas contas de gestão foram aprovadas pela Câmara de Vereadores e pelo extinto Tribunal de Contas dos Municípios (TCM). "Há tempos o MP quer desestabilizar minhas candidaturas e desse vez não é diferente", disse Dr. Santana.

O deputado desafiou os promotores a provar qualquer benefício obtido como prefeito. Disse que todo seu patrimônio é o mesmo de antes de entrar na Prefeitura. “Tenho um carro, casa e conta-salário. Tudo construído com o meu trabalho de médico há 30 anos na Região do Cariri", finalizou.

Segundo o Inquérito Civil Público instaurado na 7ª Promotoria de Justiça de Juazeiro do Norte, o ex-prefeito autorizou 24 doações de imóveis públicos para várias entidades privadas, além de concretizar uma permuta irregular de bem do Município por bem de particular.

Crise. Câmara de Juazeiro ameaça pedir separação da Diocese

A Câmara de Juazeiro do Norte deve ser palco das discussões sobre a possível ação judicial, de autoria da Diocese do Crato, que solicita a reintegração de posse das terras deixadas pelo padre Cícero Romão Batista a Nossa Senhora das Dores, que foram negociadas nas últimas décadas em Juazeiro.

Ainda na legislatura passada, um requerimento do vereador Tarso Magno (PRP) solicitou a instalação de uma diocese em Juazeiro, mediante o desligamento do Município da diocese cratense. Segundo o vereador, o pedido foi motivado pelos sucessivos escândalos que envolveram o bispo da época, dom Fernando Panico, e deve ser reeditado, caso a Diocese insista na briga por terras.

O presidente da Câmara, Gledson Bezerra, disse não acreditar na ação da Diocese, por se tratar de questões já resolvidas e que mexem profundamente com a vida dos juazeirenses, mas garantiu que, se efetivada e envolver áreas pertencentes ao poder público, irá à Procuradoria da Casa questionar a ação.

A Diocese do Crato foi procurada para comentar o assunto, mas não recebeu a reportagem do Jornal do Cariri.

(Matéria completa no Jornal do Cariri).

Aliança. Prefeitos liberados para aderir

A aliança entre o governador Camilo Santana e o senador Eunício Oliveira está causando imensa satisfação entre os prefeitos do Cariri. A maioria deles estava temerosa com relação ao apoio a um dos lados. Com o acordo firmado publicamente, a expectativa é de liberação de recursos para os municípios com promessa de amenização da crise econômica em 2018.

Na base do Governo Camilo, os deputados estaduais comunicaram aos prefeitos caririenses que o palanque deve ser unificado e as declarações de apoios estão liberadas. Prefeitos ligados a Camilo agendam viagens a Brasília para conversar com o senador Eunício, atrás de fechar parcerias.

Sem perder tempo, nessa terça-feira (21), 11 prefeitos do Ceará se reuniram com o Eunício Oliveira. Esteve presente, o presidente da Confederação Nacional dos Municípios (CNM), Paulo Ziulkoski. Na pauta, as perspectivas das cidades cearenses.

Do Cariri, estiveram presentes os prefeitos Alizandra (Potengi), Diego Feitosa (Missão Velha) e Afonso Sampaio (Nova Olinda).

(Com informações da Coluna Chapada, Jornal do Cariri, e site Ceará News 7).

Eunício ameaça romper com Temer se forem proibidas novas Faculdades de Medicina

O senador Eunício Oliveira (PMDB) ameaçou romper com o governo do presidente Michel Temer (PMDB), em caso de proibição de novos cursos de medicina para o Ceará. A assessoria do Palácio do Planalto anunciou a publicação do decreto até o fim do ano.

Com a decreto estriam proibidos a implantação de novos cursos de medicina pelos próximos cinco anos. No Ceará a medida atingiria cerca de sete novos cursos, incluindo a Faculdade de Medicina do Crato, no Cariri.

Segundo informações do jornalista Donizete Arruda, na coluna Brasília Ceará, da Rádio Plus FM, em reunião com Temer, no Palácio do Jaburu, o senador Eunício disse que não aceitaria a proibição dos cursos no Ceará, nem que, para isso, tivesse que romper com o Governo Federal.

Ainda, segundo Donizete, após a ameaça o presidente Michel Temer teria se comprometido em reconsidera a medida, pelo menos, no casos do Ceará.

Cid e Izolda homenageados em Santana do Cariri

A Câmara de Santana do Cariri presta homenagens ao ex-governador Cid Gomes, a vice-governadora Izolda Cela e ao secretário de Educação do Estado, Idilvan Alencar. Os três receberão nessa quarta-feira, dia 22, a medalha Padre Cristiano Coelho e o título de cidadãos santanenses.

A sessão solene, foi proposta pelo vereador Arclebio Dias (PDT) e teve a aprovação de todos os parlamentares da Casa. A solenidade promete ser bem movimentada politicamente. Com as muitas ações positivas, o vereador Arclebio tem se credenciado para ser o nome do Governo na sucessão de 2020.

segunda-feira, 20 de novembro de 2017


Cabo Sabino deve comandar palanque de Bolsonaro no Ceará

O deputado federal Cabo Sabino (PR) deve ser o articulador do palanque do presidenciável e, também, deputado federal Jair Bolsonaro (PP-RJ), nas eleições de 2018. Cabo Sabino disse que está articulando uma de Bolsonaro no Ceará para os próximos meses.

Sabino anunciou, ainda, uma possível saída do PR para compor, ao lado Bolsonaro uma nova sigla chamada “Patriotas”. O deputado cearense disse que foi o primeiro no estado a declarar apoio a Bolsonaro e pretende continuar defendendo seu projeto junto ao povo cearense.

Sobre seu futuro político, Cabo Sabino disse que deve concorrer a reeleição de deputado federal. Nos últimos meses chegou a circular especulações de que ele seria candidato a deputado estadual. 

Administração. Mauriti de volta a vida

O prefeito de Mauriti, Mano Morais (PDT) esteve em Fortaleza no dia 14 para assinar convênios com o Governo do Estado e articular emendas parlamentares. A ação pode, até, parecer uma rotina da gestão pública, mas em Mauriti é mais que isso; é uma conquista sonhada em quase um ano.

O município estava impedido de fazer convênios e receber verbas voluntárias desde a gestão do ex-prefeito Evanildo Simão (PT). Foram mais de 12 meses de inadimplência, motivada por dívidas herdadas pela gestão petista. O grande volume de descontos diretos no Fundo de Participação dos Municípios (FPM) para pagamentos de atrasados estavam inviabilizando a gestão.

De volta a vida, a Prefeitura deve receber novos equipamentos para o CEO, novas ambulâncias e veículos para a saúde. Tudo de convênios e emendas parlamentares.

Funasa. Articulação de Eunício vai liberar mais recursos para o Cariri

Os municípios caririenses de Aurora, Barbalha, Crato, Farias Brito, Nova Olinda, Porteiras, Potengi e Salitre, comemoram mais uma liberação de recursos articulada pelo senador Eunício Oliveira. No Ceará, serão ao todo 32 municípios beneficiados com R$ 49 milhões, liberados Fundação Nacional de Saúde, a Funasa.

Os municípios receberão projetos de abastecimento de água, melhorias sanitárias, construção de novas moradias em substituição a casas de taipa, além de projetos de saneamento rural. Nos municípios caririenses a notícia foi recebida com alívio. Os gestores pretendem fechar o ano com obras em andamento.

sábado, 18 de novembro de 2017


Possibilidade. Eunício admite aliança com Camilo em 2018

Depois de muitas especulações a aliança entre o governador Camilo Santana (PT) e senador Eunício Oliveira (PMDB), parece mais próxima. Durante evento de lançamento do programa “Juntos por Fortaleza”, Eunício admitiu a possibilidade de estar ao lado de Camilo nas eleições de 2018.

Para Eunício, a aliança é administrativa em prol do Ceará. “Se essa aliança se estender para um outro tipo de processo desde que não seja para beneficiar eleição de A ou de B e, sim, para que o Ceará possa continuar avançando e se desenvolvendo, ela é possível”, disse Eunício.

O evento aconteceu no Palácio da Abolição na manhã dessa sexta-feira (17) e contou com a presença do prefeito de Fortaleza Roberto Claudio (PDT). O programa deve viabilizar para a capital mais R$ 2 bilhões para obras de infraestrutura.

A vice-governador Izolda Cela e o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Zezinho Albuquerque, representaram os irmãos Cid e Ciro Gomes.

Abaiara. Atual gestão partindo para o ataque

O chefe de Gabinete do prefeito Afonso Tavares, em Abaiara, Alexandre Assunção, partiu, literalmente para o ataque durante sessão da Câmara de Vereadores no dia oito deste mês. Alexandre foi convidado para responder a várias acusações feitas em sessões anteriores por vereadores de oposição.

Durante o uso da tribuna, o chefe de gabinete, alegou que as denúncias não tinham consistência por falta de provas e apresentou números referentes a gestão do ex-prefeito Chico Sampaio. Segundo Alexandre a ex-gedtão deixou mais de R$ 7 milhões em dívidas com a Receita Federal, Caixa Econômica e Enel/Coelce.

Um dos vereadores de oposição e responsável pelo convite, Regilânio Tavares Martins, é ex-secretário de finanças da gestão Chico Sampaio. Parece que tiro da oposição acabou saindo pela culatra.

Parceria positiva em Aurora

Uma parceria entre a Prefeitura de Aurora e a associação beneficente “Movimento Nacional para Salvar Vidas”, tem repercutido positivamente entre a população. Representantes da associação formalizaram a doação de material de escritório, hospitalar, medicamentos, cadeiras de rodas, entre outros equipamentos ao Hospital Inez Andreazza.

Em solenidade realizada no hospital do município, o prefeito Júnior Macedo (PR) agradeceu a doação e colocou a gestão a disposição da entidade, que deve acompanhar as ações da unidade de saúde. A articulação para a parceria foi do próprio prefeito que, também, é médico.

O gestor se mostrou preocupado com a situação da saúde que sofre com a diminuição dos recursos. Para a população, politicamente, o prefeito acordou!

sexta-feira, 17 de novembro de 2017


André senador, naufrágio anunciado

A pré-candidatura do deputado federal André Figueiredo ao Senado parece estar mais distante. Questionado pelo PT, que não abre mão da segunda vaga na chapa do Governo, o presidente regional do PDT está sem defesa. Depois de muito tempo sem qualquer manifestação favorável, André recebeu a adesão do secretário de Trabalho e Desenvolvimento Social, Josbertini Clementino.

Entre os aliados, o anuncio do apoio mais prejudicou que ajudou. Josbertini não tem liderança política e, hoje, não consegue, sequer, manter sua pré-candidatura a deputado estadual. Ele estaria sendo orientado pelo Abolição a desistir da disputa para apoiar o secretário adjunto do Gabinete, Fernando Santana.

Além disso, o próprio Josbertini colocou a possibilidade de André não disputar a vaga. “Se for o caso do André não ser candidato ao Senado, irei trabalhar pela sua reeleição de deputado federal,” afirmou Josbertini ao blog Flávio Pinto News.

Decreto de Temer acaba com sonho da Faculdade de Medicina do Crato

O presidente Michel Temer vai decretar uma moratória para impedir a abertura de novos cursos de medicina no país. A informação é da jornalista Mônica Bergamo, colunista do Jornal O Estado de S. Paulo. Segundo a jornalista, o prazo da proibição será de cinco anos.

No Ceará, os cinco cursos (Itapipoca, Crateús, Quixadá, Russas e Iguatu) anunciados recentemente devem ser cancelados.  Outro que prejudicado com o decreto é o município do Crato que tem processo em tramite no Ministério da Educação (MEC) para a instalação da Faculdade de Medicina.

O ministro da Educação, Mendonça Filho (DEM-PE), confirmou a informação. Segundo ele, o decreto para a adoção da medida já está na mesa do peemedebista e deve ser assinado até o fim do ano. Ainda, segundo o ministro, a medida atende a um clamor dos profissionais de medicina para que se suspenda a abertura de novos cursos.

O ministro disse que apenas dois editais em andamento para a abertura de novos cursos, lançados ainda no governo de Dilma Rousseff, serão concluídos. Mendonça não falou de que municípios pertencem esses editais.

Especulação. Encontro entre Camilo, Roberto Cláudio e Eunício sugere aliança

Um encontro entre o prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PDT), o governador Camilo Santana (PT) e o senador Eunício Oliveira (PMDB) está gerando uma série de especulações sobre a provável aliança entre PT e PMDB no Ceará. Os três apresentam nessa sexta-feira (17), no Palácio do Abolição, o “Projeto Juntos por Fortaleza”.

O projeto prevê ações como urbanização de lagoas, reforma de áreas de lazer e esporte; obras de mobilidade, drenagem e abastecimento de água. Segundo informações serão liberados R$ 2 bilhão para o pacote das obras a serem realizadas na capital.

Bolsa atleta no Ceará

O governador Camilo Santana assinou nessa quinta-feira (16) o termo de compromisso do programa Ceará Atleta. Com o programa 841 esportistas de 52 municípios, serão contemplados com bolsas. Durante a solenidade, Camilo anunciou que, ainda este mês, estarão abertas inscrições para que mais 926 atletas sejam atendidos pelo programa num segundo momento. O auxílio vai de R$ 100 a R$ 260, em três níveis de bolsa, para atletas e paratletas.

quinta-feira, 16 de novembro de 2017


Mostra Sesc. Festa na crise, gerando promessas

Para amenizar os efeitos de grande crise econômica, nada melhor que uma festa gratuita com a valorização da cultura local. Esse o sentimento da população dos mais de 20 municípios caririenses contemplados com a programação da 19ª Mostra Sesc de Culturas do Cariri.

As apresentações artísticas e culturais movimentaram a economia na crise. Neste ano, a mostra trouxe caravanas artísticas de todos os estados brasileiros, transformando o Cariri em um verdadeiro caldeirão cultural.

Apesar da grande repercussão por todo o Brasil, nas comunidades prevalece o sentimento de ausência do poder público com relação a infraestrutura necessária. Durante o evento, os prefeitos aproveitaram para fazer novas promessas. Esperamos que sejam cumpridas.

Salitre. Calamidade motiva demissão de 300 servidores

O prefeito de Salitre, Rondilson Ribeiro (PT), determinou a demissão de 300 servidores temporários do município. A demissão causou desconforto e revolta entre os demitidos. O prefeito garante que a decisão é para obedecer a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).

Apesar da explicação técnica, Rondilson acabou assumindo que o município passa por uma situação de calamidade financeira e que as demissões devem gerar uma economia entre R$ 380 mil e R$ 400 mil aos cofres públicos.

Na Câmara os vereadores de oposição já questionam o andamento dos serviços que eram prestados pelos temporários. Em caso de ter a necessidade das contratações, o prefeito poderá ser denunciado por uso da máquina pública de forma indevida.
Melhorando a estrutura
Seguindo o exemplo dos presidentes das Câmaras de Crato e Juazeiro, o presidente da Câmara de Barbalha, vereador Vevé Siqueira, anunciou o melhoramento do Legislativo. Vevé iniciou o trabalho de recuperação da estrutura física do prédio da Câmara pelo sistema de som. O debate da Casa promete ficar mais audível.


Disputa. PSDB sem acordo

Parece mais distante a possibilidade de acordo entre as lideranças do PSDB para a presidência nacional da sigla. O acordo costurado pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (FHC), foi literalmente implodido pelo prefeito de Manaus, Arthur Virgílio.

Em entrevista ao Jornal Valor Econômico, o prefeito disse ser contra o acordo por que coloca o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, a frente do partido e em vantagem na disputa das prévias para o Palácio do Planalto. Virgílio é pré-candidato à Presidência da República e deve disputar a indicação tucana com Alckmin.

Para desaprovar o acordo, Virgílio usou o mesmo argumento de Aécio Neves para destituir Tasso Jereissati da presidência interina do partido, o da isonomia. A discussão fortaleceu o nome de Tasso na disputa interna pelo comando nacional do PSDB.

quarta-feira, 15 de novembro de 2017


Diocese quer anular venda das terras que pertenciam ao Padre Cícero

A Diocese do Crato, sob a administração de dom Gilberto Pastana, deve ingressar com ações judiciais solicitando a reintegração de posse das terras doadas pelo padre Cícero Romão Batista a Nossa Senhora das Dores. As terras, localizadas em Juazeiro do Norte, foram negociadas nas últimas décadas, sem o aval do bispo da época.

A decisão coloca em xeque a autoridade do Monsenhor Murilo de Sá Barreto, em negociar as áreas, e abre uma crise financeira na maior cidade do Cariri. Serão questionados terrenos que, hoje, abrigam empreendimentos como Assai Atacadista, Maxxi Atacado, Atacadão, Detran e vários empreendimentos como concessionárias de veículos.

Bairros como o Frei Damião e prédios de apartamentos também devem ser atingidos pela ação. A motivação estaria ligada à falência da Diocese na gestão do bispo dom Fernando Panico.

(Matéria completa no Jornal do Cariri)

Articulação. Josbertini recepciona Eunício no Cariri

O secretário de Desenvolvimento do Estado, Josbertini Clementino, causou surpresa a toda a base aliada do Governo no Cariri, ao jantar com o senador Eunício Oliveira, em Lavras da Mangabeira, na sexta-feira (10).

Após o jantar, Josbertini acompanhou a comitiva do presidente do Senado até o Parque de Vaquejada em Lavras. Os dois chegaram a conversar separadamente, mas não falaram sobre a pauta. Especulações de pessoas próximas ao senador dizem que Josbertini teria assumido o voto em Eunício nas eleições de 2018.

Na base, as críticas não param de chegar ao governador Camilo. Josbertini é mais uma liderança ligada a Camilo a se aproximar de Eunício. Já declararam voto em Eunício, nomes como o empresário Rafael Branco e o prefeito de Juazeiro do Norte, Arnon Bezerra.

(Com informações da Coluna Rebate, Jornal do Cariri)

PT cratense discute saída, mas decide permanecer na gestão Zé Ailton

A base do prefeito Zé Ailton Brasil, no Crato, foi pega de surpresa pelo anúncio de petistas ligados aos vereadores Amadeu de Freitas e Pedro Lobo, de que o partido discutiu o desembarque do partido do Governo Municipal. Apesar da boa convivência e a ocupação de, pelo menos, duas secretárias e vários cargos de confiança, membros do Diretório e da Executiva estão descontentes com a condução da administração Zé Ailton.

No sábado, dia 11, os vereadores Pedro Lobo e Amadeu de Freitas ouviram os argumentos e a avaliação da direção. Segundo Pedro Lobo, a decisão do Diretório seria seguida pelo seu mandato. Já Amadeu foi mais cauteloso ao avaliar que tudo deve ser muito bem discutido para não prejudicar o projeto feito conjuntamente.

A reunião acabou com uma nota de avaliação a ser entregue ao prefeito. Apesar da decisão levar a permanência, ainda, existem muitos descontentes. Outra reunião de avaliação será marcada para o início do próximo ano.

Altaneira. Comissão do precatório sem informação

Em Altaneira, os servidores da educação continuam sem perspectiva do pagamento dos precatórios do antigo Fundef. O detalhe é que, mesmo com a recusa do prefeito Dariomar Soares (PT), foi formada uma comissão com representantes dos professores, do Sindicato dos Servidores e da Prefeitura para relacionar os possíveis beneficiados.

A Comissão acabou descobrindo outro problema para pagar os beneficiários. Depois de 11 meses de trabalho, o relatório não contempla todos os professores. O motivo é a falta de informações nos arquivos da Prefeitura. A comissão abriu prazo para contestações e pedidos de inclusão, entre os dias 13 e 27 deste mês.

(Com informações e foto do Blog de Altaneira).

terça-feira, 14 de novembro de 2017


TCE perdendo espaço

A saga na busca por substituir o Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) não tem sido nada fácil para o Tribunal de Contas do Estado (TCE). As gestões municipais estão insatisfeitas, por isso crescem as críticas à atuação do órgão. Além das desconfianças, agora, o TCE enfrenta a concorrência de outras entidades sem norral para fazer levantamentos ou investigações administrativas.

Recentemente, a Aprece relacionou 83 prefeituras que estariam descumprindo, nesse segundo quadrimestre de 2017, a Lei de Responsabilidade Fiscal, ao exceder o limite de gastos com pessoal. No Cariri, entre os 32, apenas os municípios de Barro, Farias Brito e Aurora foram relacionados. Os três prefeitos não negam a situação de dificuldade, mas garantem que não são os únicos. Nesse caso, faltaria transparência ou competência ao TCE?

Salitre. Prefeito Rondilson fazendo o que dá

O prefeito de Salitre, Rondilson Ribeiro (PT), parece ter adotado a teoria do “fazendo o dá”, diante da crise econômica nos municípios. O problema é que o gestor está sendo acusado de falta de critérios acerca das prioridades. Um dia depois de reclamar da dificuldade na implementação de políticas de geração de emprego e renda, o gestor anunciou a entrega de dois portais, construídos nas entradas da cidade.

Apesar dos desafios relacionados ao saneamento básico, déficit no número de postos de saúde e escolas, o gestor recorreu ao senador José Pimentel para melhorar a entrada da cidade. A obra vai custar cerca de R$ 500 mil, destinados por emenda parlamentar. Na Câmara de Vereadores, a oposição se prepara para questionar o valor orçado. Em caso de silêncio ao Parlamento, o prefeito deverá responder ao Ministério Público.

Resposta. Gleisi nega negociação com PMDB

Ao cumprir agenda em Fortaleza, nessa segunda-feira (13), a presidente nacional do PT, senadora Gleisi Hoffman, negou que o partido esteja negociando com o PMDB para a eleição do próximo ano. Segundo Gleisi o PT não tem nenhuma discussão aberta nesse sentido.

A senadora disse que o partido está procurando alinhamento com partidos da centro-esquerda. Gleisi aproveitou para rebater declarações de Ciro Gomes (PDT), que falou da dificuldade de união das esquerdas com o PT, em âmbito nacional, pela proximidade “com golpistas”.

Para Gleisi, nos estados, todo mundo acaba tendo relacionamento com partidos variados. Ele citou que o PDT também tem relação com o PMDB no governo de Alagoas e participou até pouco tempo com o governo do Rio Grande do Sul.

segunda-feira, 13 de novembro de 2017


Previsão. Metade das Prefeituras sem pagar 13º salário

Parece que o ano de 2017 não deixará saudades para as gestões cearenses. Este primeiro ano das gestões municipais está sendo marcado por imensas dificuldades financeiras. A maioria dessas dificuldades foram deixadas como herança pelos antecessores.

São pontuais os casos de salários em dia e previsão de pagamento de 13º salário. A Associação dos Municípios do Ceará (Aprece), revelou que mais da metade dos municípios devem atrasar o pagamento do benefício.

A esperança dos prefeitos está na marcha à Brasília que acontece nos dias 21 e 22 deste mês. A ideia é fazer pressão para recuperar perdas nos repasses por parte do Governo Federal. Depois de um ano, nenhuma gestão apresentou um plano consistente de arrecadação própria. Ou seja, tudo continua como antes!

Santana do Cariri. Mais uma derrota de Daniele na justiça

A prefeita de Santana do Cariri, Daniele Machado, amargou mais uma derrota no judiciário. Depois de dois afastamentos, apesar de responder no mandato, agora a gestora teve um contrato cancelado pelo juiz Christiano Silva Sibaldo de Assunção.

A decisão liminar, publicada no dia 9, cancelou o contrato entre a Prefeitura e a empresa “R. Oliveira Comércio e Serviços Educacionais” por possíveis irregularidades na aquisição de livros para o projeto Colcha de Leituras.

Segundo levantamento, o valor do contrato, que ultrapassa os R$ 370 mil, poderia ser executado por R$ 90 mil, com uma economia de R$ 288 mil aos cofres públicos. Para a justiça “há fortes indícios de que houve superfaturamento”.

A prefeita tem 40 dias para se justificar. É bom convencer para não responder por improbidade ou desvio de dinheiro público.

Operação Bombeiro. FHC trabalha consenso no PSDB

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso parece disposto a resolver a crise que se instalou no PSDB com a disputa para a presidência nacional da sigla. FHC vai tentar convencer o senador Tasso Jereissati, durante estada nos Estados Unidos, para retirar sua candidatura em apoio ao governador paulista Geraldo Alckmin, como consenso a presidência. A ideia é evitar a disputa entre Tasso e o governador de Goiás, Marcone Perillo.

Durante convenção do partido no fim de semana em São Paulo, Alckmin assumiu o papel de pacificador e admitiu a possibilidade de disputar o comando da legenda. A convenção está marcado para o próximo dia 09 de dezembro. Na última sexta-feira (10) FHC chegou a declarar apoio à candidatura de Tasso à presidência do PSDB.

sexta-feira, 10 de novembro de 2017


Cariri. Cid faz pressão por apoio a Ciro

O ex-governador Cid Gomes esteve no Cariri nessa quinta-feira (09), quando contatou prefeitos e lideranças políticas. Cid tinha em mãos pesquisa que mostram a baixa aceitação do presidenciável Ciro Gomes, seu irmão. Segundo informações, a visita aos aliados, teve como objetivo pressionar pelo crescimento do nome de Ciro.

Segundo informações do “site Ceará News 7”, Ciro estaria com apenas 9% das intenções de voto, enquanto Lula superaria os 60% das intensões. Ciro estaria atrás de outros candidatos como Jair Bolsonaro e Marina Silva. Com base na informação, Cid teria cobrado empenho dos aliados para mudar o quadro vexatório.

Na segunda-feira, dia 13 próximo, está marcada uma reunião dos aliados do Cariri em Fortaleza. A informação é que o próprio Ciro Gomes deve conduzir a reunião.
"O PSDB desses caras não é o meu. E não é o do Fernando Henrique, do Mário Covas, do José Richa, do Franco Montoro".
Senador Tasso Jereissati, em entrevista após ser destituído da presidência interina do PSDB, pelo presidente licenciado Aécio Neves.

quinta-feira, 9 de novembro de 2017


Crise. Aécio destitui Tasso do comando do PSDB

A crise interna do PSDB tente a aumentar. Nesta quinta-feira (09), o senador Aécio Neves destituiu o senador Tasso Jereissati da presidência interina do partido. A decisão aconteceu após reunião com ministros do partido no governo Michel Temer (PMDB).

Aécio, que estava licenciado da presidência da sigla, alegou defesa da “isonomia” na disputa pela presidência, como motivador do ato. A eleição interna acontece em dezembro deste ano. Apesar do argumento da isonomia, no partido, Aécio é reconhecido como apoiador do governador de Goiás, Marconi Perillo, na corrida pela presidência da legenda.

Aécio é o principal articulador pela manutenção do PSDB na base de apoio ao presidente Michel Temer e se afastou da presidência do partido após ser gravado pedindo R$ 2 milhões em propina a Joesley Batista.

Sucessão. Luizianne diz que PT não abre mão de vaga ao Senado

A deputado federal petista, Luizianne Lins, inflou a polêmica sobre a composição da chapa majoritária no Ceará. Segundo a deputada, o partido não vai abrir mão de uma das vagas para o Senado. A decisão teria sido ratificada pela Executiva Nacional do partido.

Sobre a decisão do chefe da Casa Civil do Governo do Estado, Nelson Martins (PT), em se retirar da disputa, Luizianne, garantiu que faltará nomes para a disputa. A petista relacionou os nomes do atual senador José Pimentel, o deputado federal José Guimarães e, até, ela mesma.

A afirmação deve abrir uma crise na base do Governo Camilo Santana (PT). Para os aliados o PT teria que se contentar com a cabeça da chapa e deixar o Senado para os outros partidos da base. O PT nacional entende diferente.

terça-feira, 7 de novembro de 2017


Cariri. Hospital São Raimundo volta atendimento a prefeituras

Depois de acordo com o Governo do Estado, o Hospital São Raimundo, em Crato, voltou os atendimentos aos pacientes de cerca de 12 Prefeituras do Cariri, inclusive Farias Brito. A motivação para a interrupção dos serviços foi a falta do repasse de R$ 800 mil a unidade.

Após a polêmica da interrupção do atendimento, o secretário adjunto do Gabinete, Fernando Santana, articulou a liberação de R$ 8 milhões pagamentos pendentes em vários hospitais do Cariri. Com a liberação, as cirurgias voltaram ao normal desde o dia 1º de novembro.

Segundo o diretor do Hospital São Raimundo, Valério Faheina, será criado um mutirão visando atender a fila de espera.

Aurora. Estudantes sem transporte e revoltados recorrem ao MP

Os estudantes do ensino superior de Aurora estão revoltados com a omissão do município em relação ao descaso da empresa responsável pelo transporte universitário. Segundo relatos, a empresa mantém veículos sucateados, que constantemente estão sem condição de uso. Pelo menos, uma vez por semana os alunos são obrigados a faltar as aulas em consequência das quebras.

Os estudantes pedem que a administração municipal exija o cumprimento do contrato. Para os alunos a empresa Belirardo Ferreira Silva – ME, vencedora da licitação, descumpre várias cláusulas do contrato com o Município. Itens como veículos em perfeito estado de conservação e com as licenças e taxas em dia, são raridade.

Ainda, segundo relatos, durante a viajem o ônibus estaria trafegando por estradas paralelas para fugir da fiscalização. Além disso, o contrato diz que a empresa terá descontado do seu valor previsto os dias em que não fizer a viajem, o que, segundo os alunos não acontece. A empresa recebe R$ 60 mil mensais para a prestação do serviço, mas o caso já foi denunciado ao Ministério Público do Estado.