terça-feira, 19 de junho de 2018

Com articulação de André e Guimarães, Câmara quer acabar com a Lava Jato

Nove deputados federais do Ceará assinaram requerimento para a abertura de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar possível manipulação nas delações premiadas, pelo Ministério Público Federal. Os deputados federais André Figueiredo (PDT) e José Guimarães (PT), estão entre os principais articuladores para a instalação da CPI.

Segundo o requerimento da CPI “é necessário investigar a possibilidade de manipulação das colaborações premiadas, o que indica fraude nos procedimentos e a possibilidade do envolvimento de agentes públicos. Esse é o objeto determinado”.

Em tese, o objetivo da comissão seria “investigar as denúncias de irregularidades feitas contra Antônio Figueiredo Basto e outros, inclusive envolvendo escritórios de advocacia, ocorridas no âmbito de alguns processos de delação”.

Assinaram o requerimento, além de André e Guimarães, os deputados José Airton (PT), Luizianne Lins (PT), Odorico Monteiro (PSB), Chico Lopes (PCdoB), Macedão (PP) e Aníbal Gomes (DEM). O deputado Raimundo Gomes de Matos (PSDB) pediu a retirada da sua assinatura do requerimento.

Em Jati, Neta Diniz desafia MP e continua mandando

Depois da devassa feita pela operação Abelha Rainha em Jati, culminando com o afastamento da prefeita Neta Diniz (PSD), a vice-prefeita Francisca Ferreira, conhecida como Mundinha, assumiu o comando da Prefeitura. Logo depois da posse, que aconteceu no dia 15, a prefeita afastada se reuniu com a vice. Quer permanecer dando as ordens na gestão, começando pela manutenção de todo o secretariado e dos cargos de confiança.

Com a posição contrária de Mundinha, Neta teria ameaçado: volto em breve vou cobrar a conta. Mundinha cedeu e tudo ficará como antes. Com a proibição de se aproximar da Prefeitura, Neta realizou uma reunião em sua casa com os secretários e vereadores aliados. Num desafio ao Ministério Público, Neta disse que vai continuar dando as cartas e garantiu que volta em, no máximo, 10 dias.

Numa tentativa desesperada por apoio político, Neta procurou o senador Eunício Oliveira (MDB), durante sua estada em Brejo Santo. Recebeu um sonoro “não” da assessoria. Eunício não quer saber de defender casos de corrupção. Neta é investigada, ainda, por enriquecimento ilícito, favorecimento pessoal em contratos fraudulentos. Alguém quer defender?

Falta de interesse para a Copa

As crises econômica, política e ética que assolam o Brasil parecem estar afetando o ânimo dos brasileiros pelo esporte mais popular do país: o futebol. Segundo pesquisa divulgada no dia 12, 40% da população demonstra falta de interesse pela Copa do Mundo, ponto alto do esporte.

Antes da Copa do Brasil de 2014, o interesse ultrapassava os 70%. Coincidência ou não, o país passava por um de seus melhores momentos. Hoje, a dúvida é se o desinteresse está relacionado à política ou ao resultado da copa passada, com a derrota por 7x1 para a Alemanha.

O levantamento foi realizado pela empresa “Nielsen Sports”, que estabeleceu um ranking com 30 países que se diz interessado em futebol. Se a queda estiver relacionada às decepções políticas, no Cariri, a tendência é que o percentual aumente ainda mais. Recentemente, tivemos uma prefeita afastada e outro denunciado.

sábado, 16 de junho de 2018

Aviso aos amigos leitores que as notas e matérias, em breve, estarão sendo postadas apenas no novo blog “madsonvagner.com.br”.

Ao lado de Guilherme, Eunício anuncia novos investimentos para o Cariri

O ex-prefeito de Brejo Santo e pré-candidato a deputado estadual, Guilherme Landim (PDT), continua mostrando toda sua capacidade de articulação em favor dos gestores aliados ao seu projeto político. Nessa sexta-feira, 15, Guilherme recebeu em Brejo Santo o senador Eunício Oliveira, presidente do Congresso, quando foram assinadas uma série de ordens de serviço para os municípios de Brejo Santo, Mauriti, Milagres, Missão Velha, Barro, Jati, Porteiras, Penaforte, Caririaçu e Cedro.

Os valores destinados as obras variam de R$ 2 a R$ 4 milhões. Além dos municípios articulados por Guilherme, Eunício recebeu ainda os prefeitos de Santana do Cariri, Pedro Henrique (MDB), e de Barbalha, Argemiro Sampaio (PSDB). Principal liderança do Cariri Oriental, dias antes, Guilherme havia anunciado outros investimento articulados junto ao Governo do Estado.

sexta-feira, 15 de junho de 2018


Ação popular pede afastamento do prefeito de Granjeiro

A população de Granjeiro parece disposta a ajudar o Ministério Público nas investigações e formalização de denúncias contra o prefeito João Gregório (PSD). Uma ação popular com pedido de urgência, pede o afastamento do prefeito. A ação, protocolada dia último 12, na comarca de Caririaçu, aponta uma série irregularidades como nepotismo e fraude em licitações.

Pelo menos, seis contratos do município, têm pedido de suspensão da licitação. A maior suspeita de irregularidade recai sobre o contrato de locação de veículos, no valor de R$ R$ 406 mil. Há uma suspeita de que a empresa “Podium Empreendimentos”, vencedora da licitação, pertence ao prefeito.

Segundo a denúncia, parte dos veículos oferecidos para o serviço junto as secretarias de Administração, Desenvolvimento Econômico, Saúde; Educação e Obras, além do gabinete do prefeito, pertenciam ao próprio prefeito e a primeira-dama, Fabiana Ferreira.

Os veículos foram transferidos para a empresa dias antes do fechamento do contrato. Além do afastamento do prefeito, a ação pede o ressarcimento dos valores pagos. Os fatos já estariam sendo investigados pelo Polícia Federal.


Sucessão. Gilmar Bender se rende a cúpula do PDT

Depois de contribuir com a campanha do MDB em Santana do Cariri, o empresário Gilmar Bender foi cobrado por sua fidelidade pelo PDT. O presidente André Figueiredo exigiu que os de casa deem o exemplo. Após a bronca, Bender assumiu as pré-candidaturas de André para deputado federal, Cid para senador e Ciro Gomes para presidente, além, claro, de apoiar à reeleição de Camilo.

A única dúvida na chapa de Bender é a vaga de deputado estadual: perdura a dúvida entre Roberto Sampaio e Rafael Branco. Com a cabeça voltada para as eleições municipais de 2020, Bender quer colocar seus candidatos entre os mais votados de Juazeiro.

(Coluna Rebate, Jornal do Cariri).

Em Crato, Samuel Araripe vai de PT e PDT

Militante histórico do PSDB, o ex-prefeito do Crato, Samuel Araripe, parece estar buscando novos horizontes. Apesar de ainda estar filiado ao partido de Tasso Jereissati, o ex-prefeito anunciou voto em dois candidatos de fora do ninho tucano. Samuel vai pedir votos Guilherme Landim e Fernando Santana.

Samuel faz companhia ao ex-deputado federal Manoel Salviano que, também, está filiado ao PSDB e deve apoiar o petista Fernando Santana para a Assembleia Legislativa. A estranha relação entre tucanos e petistas parece ganhar corpo entre as lideranças do Cariri.

(Com informações da Coluna Rebate, Jornal do Cariri).

Dr. Santana de volta a Assembleia Legislativa

O suplente de deputado estadual Manoel Santana (PT) está de volta à Assembleia Legislativa. Terá mais 120 dias para atuar no lugar do deputado Robério Monteiro e garante: será candidato à reeleição. Dr. Santana ainda tenta reverter a desaprovação da prestação referentes a um convênio, quando era prefeito de Juazeiro do Norte.

Se resolver esse impasse jurídico, sua situação eleitoral é confortável, pois lidera as pesquisas de intenção de votos, seguido de Raimundão e Giovanni Sampaio. Juntos, os três teriam, hoje, a maioria dos votos de Juazeiro. Entre os nomes de fora de Juazeiro, o que mais cresce é o de Fernando Santana.

(Com informações da Coluna Rebate, Jornal do Cariri).
Aviso aos amigos leitores que as notas e matérias deste blog, em breve, estarão sendo postadas apenas no endereço “madsonvagner.com.br”.

Em Jati, MP comanda operação que afasta prefeita e secretários

Uma ação do Ministério Público do Ceará (MPCE) com apoio da Polícia Civil, nessa quinta-feira, 14, cumpriu mandados judiciais determinando o afastamento da prefeita de Jati, Neta Diniz (PSD), e mais três secretários. Os mandatos, expedidos pela desembargadora Francisca Adelineide Viana, fazem parte da segunda fase da operação “Abelha Rainha”, que investiga irregularidades na desapropriação de dois imóveis pelo Poder Executivo municipal.

Junto com Neta foram afastados o secretário de Finanças, Antônio Nogueira Neto (marido da prefeita), e os procuradores José Sérgio Dantas Lopes e Janaína Bandeira Pereira Lopes. Durante a ação, houve o sequestro de um imóvel de propriedade da prefeita Neta, localizado em Fortaleza, e o cumprimento de oito mandados de busca e apreensão na residência e escritório dos procuradores, em escritórios de empresas de consultoria e residências localizados em Jaguaribe e Fortaleza.

A operação Abelha Rainha investiga irregularidades na desapropriação de dois imóveis pela gestão da prefeita Neta. Nas áreas seriam construídos um estádio de futebol e uma academia de saúde. O Ministério Público investigada ainda, suspeita de enriquecimento ilícito e favorecimento com dinheiro público nas desapropriações, já que os terrenos pertenciam a prefeita e seu marido, além de outros contratos firmados com prestadores de serviço e fornecedores do Município.

A primeira fase da operação Abelha Rainha ocorreu em julho de 2017, quando foram cumpridos mandados de busca e apreensão nas residências de Neta Diniz em Jati e Fortaleza, na Prefeitura e na casa do secretário de Educação do Município, Josival Nogueira Vidal, que é tio de Antônio Nogueira Neto, secretário de Finanças e marido da prefeita.

quinta-feira, 14 de junho de 2018



Sucessão. Luizianne ameaça disputar prévias ao Governo em resposta ao PDT

A tensão entre PT e PDT para sucessão eleitoral deste ano aumenta a cada dia. Na terça-feira, 12, o presidente do PDT no Ceará, deputado federal André Figueiredo, avaliou a ausência de Camilo no evento de lançamento da pré-candidatura de Lula ao Planalto como uma decisão pessoal. Apesar da cautela de André, outros pedetistas avaliaram como uma clara demonstração de apoio a pré-candidatura de Ciro Gomes à Presidência.

Um dia após as declarações, na quarta-feira, 13, a deputada federal Luizianne Lins (PT) voltou a admitir que pode colocar seu nome para convenção estadual do partido que define o candidato ao Governo. A condição para a unanimidade em torno de Camilo é o voto dele em Lula. “O Camilo é filiado ao PT e, por maiores que sejam seus vínculos com a família Ferreira Gomes, não se admite que ele não apoie a candidatura de Lula à presidência,” disse.

Luizianne lembrou ainda que há uma orientação da Executiva Nacional do PT, da qual faz parte, definindo como a prioridade nas eleições deste ano a candidatura de Lula. Sobre a tensão, quem permanece calado é o deputado federal José Guimarães que, com Luizianne, controla os diretórios de Fortaleza e do Estado.